A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Achados meio perdidos Zero a 300

Este BMW M135i é um “sleeper” com motor preparado de 488 cv – e está à venda

Ao mesmo tempo em que proporcionou aos entusiastas um modelo mais acessível, o BMW Série 1 também trouxe de volta à marca um pouco do espírito de seus clássicos, com carros de tração traseira compactos e divertidos de guiar. E suas versões mais potentes, como o BMW M135i da geração atual (F20), estão sempre presentes nas listas de melhores BMW modernos. Pois bem: o nosso Achado meio Perdido de hoje, anunciado no GT40, é exatamente um destes. E mais: é um exemplar preparado para render quase 500 cv.

O Série 1 mais potente da geração passada, o 1M Coupé, tinha um motor seis-em-linha biturbo de três litros e 340 cv (de nome N54), acoplado a uma caixa manual de seis marchas com diferencial traseiro de deslizamento limitado. Ele foi fabricado entre 2011 e 2012. O M135i, por sua vez, foi lançado em 2012 e usava originalmente uma versão de 320 cv deste mesmo motor, com apenas um turbo (o chamado N55), acoplado a uma transmissão automática de oito marchas.

IMG_3100IMG_3098

Era o bastante para ir de zero a 100 km/h em 4,9 segundos, com máxima limitada a 250 km/h. Ele foi substituído em 2016 pelo M140i, que teve a potência elevada para 340i, como no 1M Coupe, e ganhou um facelift que deixou a dianteira mais harmônica – e com menos cara de “Angry Bird”, como a fase anterior do Série 1 ficou conhecida por causa do formato dos faróis e da grade.

Agora, com cara de Angry Bird ou não, o M135i tem um belo conjunto mecânico que, como todo bom turbinado moderno, é cheio de potencial para preparação. O Achado de hoje é uma boa demonstração disto.

IMG_3099

O proprietário do carro, Fábio Naves, de Pará de Minas/MG, conta que comprou o M135i no fim de 2016. Atualmente o carro ainda é pouco rodado, com 38.500 km marcados no hodômetro, e o estado de conservação definitivamente condiz com a idade e a quilometragem declarada.

Dito isto, a aparência bastante original do carro, o que inclui também as rodas, esconde bem o fato de o motor ter quase 500 cv – 488 cv, mais precisamente.

IMG_3104

Segundo Fábio, o carro está com a turbina do tipo twin scroll original, porém recebeu diversas outras melhorias. Entre elas estão downpipe Supersprint de 4 polegadas, filtro CAI (cold-air intake) Injen, charge pipe feito em alumínio, intercooler Wagner Tuning Evo 2, velas NGK Iridium e reprogramação eletrônica JB4 com connect kit Rev3, que permite controlar o módulo pelo smartphone via Bluetooth. Além disso, o motor recebeu um kit de injeção de água+metanol, a fim de resfriar ainda mais o ar admitido pelo motor, e teve a pressão de trabalho do turbo elevada. O pico de boost é de 1,3 bar, caindo para 1 bar ao atingir a redline (por volta das 7.000 rpm). O sistema de escape original foi substituído por um conjunto completo da Milltek.

IMG_E1736

O M135i também ganhou discos de freio perfurados novos, novas pastilhas de freio, volatante usado nos BMW M modelo 2018, retrovisores de fibra de carbono e grade dianteira pintada de preto brilhante. Os pneus traseiros são novos e, de acordo com Fábio, os pneus dianteiros têm menos de 5.000 km rodados.

IMG_E1538 IMG_3103

Ainda que o BMW M135i original não seja um carro lento, acreditamos que por ter quase 170 cv a mais em relação à potência de fábrica, este exemplar pode ser, sim, considerado um sleeper.

Se você ficou interessado, já sabe o caminho: basta clicar aqui e acessar o anúncio para pegar os contatos do proprietário.

inbanner-fim-post


“Achados Meio Perdidos” é o quadro do FlatOut! no qual selecionamos e comentamos anúncios do GT40.com.br de carros interessantes ao público gearhead, como veículos antigos, preparados, exclusivos e excêntricos. Não se trata de publieditorial. Não nos responsabilizamos pelas informações publicadas nos anúncios nem pelas negociações decorrentes – todos os detalhes devem ser apurados atenciosamente com o anunciante!

Matérias relacionadas

A Porsche não fez nenhum 911 GT3 RS com câmbio manual… mas esse cara fez!

Dalmo Hernandes

Black Widow: o primeiro Porsche 936 a participar de uma corrida. Em Nürbugring. Com o acelerador travado!

Dalmo Hernandes

Sinthesis 1970: o esportivo italiano único no mundo – projetado pelo pai do De Tomaso Pantera

Dalmo Hernandes