A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture Projetos Gringos

Este BMW Z4 com motor V10 Dodge é o carro que queremos dirigir agora

No fim de agosto a BMW tirou o Z4 de linha sem muito barulho. Apesar da idade (a segunda geração, lançada em 2009, tinha sete anos de idade), o esportivo ainda agradava pelo visual, pela dinâmica e pelo desempenho – especialmente as versões de seis cilindros, com até 340 cv.

Sendo assim, vamos encarar este BMW Z4 com motor V10 Dodge como uma homenagem póstuma. Sim, um Z4 com motor V10!

BMW-Z4-with-a-Dodge-SRT-10-V10-03

O caso é que, quatro anos atrás, o projeto feito por um alemão ficou famoso na internet – afinal, quem não se anima com a ideia de um swap com motor V10? O carro ainda não estava pronto, mas já mostrava potencial. Agora, o serviço foi concluído. E parece matador!

Você deve ter reparado que não falamos “motor de Viper”. Isto porque nem todo mundo lembra, mas o motor do Dodge Viper também se chama Viper. E ele não foi usado apenas no Viper.

DodgeRAMSRT

Esta é a Dodge Ram SRT-10, picape lançada em 2004 e desenvolvida pela Performance Vehicle Operations (PVO), divisão da DaimlerChrysler responsável por seus melhores esportivos. A ideia surgiu em 1996, quando eles criaram um conceito chamado Dodge Ram VTS, e ele usava o motor V10 8.0 do Viper da época combinado com uma caixa manual de seis marchas da Borg-Warner e as rodas de 17 polegadas do Viper GTS.

FlatOut 2014-09-05 às 14.03.17

Em janeiro de 2002, uma versão atualizada da ideia foi apresentada no Salão de Nova York. Lançada em 2004, a Dodge Ram SRT-10 agora trazia uma versão de 8,3 litros do motor Viper. Apesar de ter bloco de ferro fundido em vez do bloco de alumínio usado pelo esportivo (sendo 70 kg mais pesado por isso), o V10 ainda produzia 507 cv a 5.600 rpm e 72,6 mkgf de torque a 4.200 rpm. Imagine uma picape capaz de chegar aos 100 km/h em menos de seis segundos, com máxima de 240 km/h – mesmo pesando mais de 2,5 toneladas na versão de cabine dupla. Pois é!

Entre 2004 e 2006 foram fabricadas apenas 9.527 exemplares da Ram SRT-10. E o motor de uma delas veio parar neste Z4!

BMW-Z4-with-a-Dodge-SRT-10-V10-05

Com todas as informações a respeito do carro em alemão, fica um pouco mais difícil entender o que rolou. De acordo com um tópico no fórum BMW Syndikat, o V10 veio da Dodge Ram SRT-10 de um amigo do dono do Z4. Só depois de comprar o motor foi que ele começou a procurar um carro para recebê-lo. Depois de considerar algumas possibilidades – incluindo um Mercedes-Benz Classe E cupê e o BMW Série 3 E92, o dono finalmente decidiu usar um Z4 cupê. Dá para entender: apesar de ser menor, o Z4 também é um esportivo com capô longo, traseira curta e tração nas rodas de trás. Pensando bem, é o candidato perfeito para receber um V10 Dodge.

BMW-Z4-with-a-Dodge-SRT-10-V10-09

É claro que não foi fácil. Mesmo o seis-em-linha do Z4 3.0Si, de três litros e 265 cv, é bem menor que o V10 da Ram SRT-10. Por isso, o carro recebeu diversas modificações (incluindo um verdadeiro rombo na parede corta-fogo) e reforços a fim de acomodar o novo conjunto mecânico sem prejudicar a estrutura.

BMW-Z4-with-a-Dodge-SRT-10-V10-18

O motor fica bem mais recuado no cofre do que o original e o dono diz que, com isto, a distribuição de peso permanece bastante boa: 52% na dianteira e 48% na traseira. Outras modificações incluiram a instalação de um reservatório de óleo mais achatado, porém com maior capacidade (oito litros em vez de seis); a fabricação de coletores feitos sob medida, a fim de acomodar melhor o motor no cofre e dar passagem para a coluna de direção; e a fabricação de um novo túnel de transmissão. Aliás, o câmbio é um Tremec T-56, manual de seis marchas, que era oferecido apenas na versão de cabine simples. A Ram SRT-10 de cabine dupla tinha uma caixa automática de quatro marchas.

BMW-Z4-with-a-Dodge-SRT-10-V10-02

No caso deste carro, o motor foi preparado para entregar 530 cv e 76,4 mkgf de torque. Considerando que o carro pesa pouco mais de 1.300 kg, dá para imaginar a melhoria no desempenho – afinal, estamos falando do dobro da potência.

O carro ainda recebeu uma gaiola de proteção completa, que também ajuda a manter a rigidez do carro e serve como suporte para os instrumentos e mostradores do painel. O visual ficou bem interessante, talvez até pelo aspecto “inacabado” do interior. Dá vontade de sentar nele e acelerar.

BMW-Z4-with-a-Dodge-SRT-10-V10-07

Se quiser fazer isso, saiba que o carro está à venda no eBay. O preço pedido é de € 49.500, o que dá R$ 180 mil em conversão direta. Claro, não seria possível importá-lo para usar nas ruas, mas até que o preço está interessante, não?

BMW-Z4-with-a-Dodge-SRT-10-V10-04 BMW-Z4-with-a-Dodge-SRT-10-V10-01

Matérias relacionadas

Frisos, emblemas, lanternas fumê: os detalhes mundanos que marcaram época nos carros brasileiros do passado

Dalmo Hernandes

Quando um “Rolls-Royce” chamado Jules correu no Rali Paris-Dakar para vencer uma aposta

Dalmo Hernandes

As belas Ashley, Courtney e Brittany Force: a arrancada está no sangue

Dalmo Hernandes