A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture Projetos Gringos

Este cara dirigiu seu VW Quantum por 12.000 km da China até a Áustria para o Wörthersee 2019

Quantas vezes você deixou de ir a um evento de carros bacana por causa da distância? Uma, duas, várias vezes? Posso dizer até que já aconteceu comigo. Em um país grande como o nosso, pode ser realmente complicado – e as estradas do Brasil certamente não ajudam. Sem falar na agenda cheia, mal de acomete a quase todos nós no mundo moderno. Chega a ser desanimador.

Mas… será mesmo tão difícil assim? Para um entusiasta chinês chamado Jeffery Li, aparentemente não.

Ainda não é assinante do FlatOut? Considere fazê-lo: além de nos ajudar a manter o site e o nosso canal funcionando, você terá acesso a uma série de matérias exclusivas para assinantes – como conteúdos técnicoshistórias de carros e pilotosavaliações e muito mais!

 

FLATOUTER

Membro especial, com todos os benefícios: acesso livre a todo o conteúdo do FlatOut, participação no grupo secreto no Facebook (fique próximo de nossa equipe!), descontos em nossa loja, oficinas e lojas parceiras!

A partir de

R$20,00 / mês

ASSINANTE

Plano feito na medida para quem quer acessar livremente todo o conteúdo do FlatOut, incluindo vídeos exclusivos para assinantes e FlatOuters.*

De R$14,90

por R$9,90 / mês

*Não há convite para participar do grupo secreto do FlatOut nem há descontos em nossa loja ou em parceiros.

Como você deve saber, está rolando nesta semana o GTI Treffen em Wörthersee, na Áustria – o maior encontro de Volkswagen modificados do planeta, que já está em sua 38ª edição. Os fãs do Grupo VAG aguardam ansiosamente pelo evento todos os anos, mesmo os que só vão acompanhar pela Internet. Quem pretende comparecer costuma se programar com meses de antecedência, e road trips saindo de vários países da Europa são comuns. Mas Jeffery Li levou a coisa toda a um novo nível: ao longo de 21 dias, ele dirigiu por cerca de 12.000 km da cidade de Guanghzou, na China até o lago Wörthersee, na Áustria. Seu carro? Um VW Passat B2 perua – que nós aqui conhecemos como Santana Quantum. Ou só Quantum, mesmo.

Já falamos a respeito em mais de um post – o Volkswagen Santana foi montado e vendido na China por 29 anos, de 1983 a 2012, evoluindo de forma muito parecida ao que aconteceu no Brasil. Ao longo de três décadas, foram vendidas mais de 3,2 milhões de unidades do Santana na China. Ou seja, ele é um carro tão comum por lá quanto por aqui. E, da mesma forma, não é o favorito dos entusiastas na hora de executar um project car.

O que é uma pena pois, apesar de o estilo favorito dos frequentadores do Wörthersee não ser a nossa praia, com suspensão a ar e pneus stretched, é sempre bacana ver um Santana/Quantum bem conservado. Mesmo que fôssemos fazer diferente em alguns detalhes.

O Santana de Jeffery Li tem rodas BBS RS, freios Wilwood volante BBS com raios de madeira e bancos Recaro com revestimento de couro e tecido xadrez – como em diversos Volkswagen GTI. Além disso, recebeu alguns toques especiais bem eurolook, como faróis com lentes amarelas e um bagageiro aerodinâmico no teto.

Fora isto, parece um carro íntegro, com uma pintura verde-escuro impecável. A conta de Jeffery no Instagram indica que o carro começou a ser montado em outubro de 2017. Não encontramos detalhes sobre as modificações mecânicas (se é que elas foram feitas). Mas isto é só um detalhe.

O que importa de verdade é a coragem que Jeffery teve para encarar esta jornada. Ele saiu de Guanghzou, no sul da China, há 22 dias e passou, no total, 190 horas dirigindo. O trajeto incluiu sete países, fora o ponto de partida: Mongólia, Rússia, Letônia, Lituânia, Polônia, República Tcheca e, finalmente, a Áustria.

Jeffery quis percorrer seu caminho com tranquilidade, parando sempre que podia para apreciar a paisagem, fotografar o carro e fazer alguns vídeos – afinal, havia muito o que ver em 22 dias e 12.000 km – uma média de 545 km por dia.

Por isso, ele planejou a viagem com bastante antecedência e levou consigo alguns amigos para lhe ajudar a registrar tudo. Mesmo sabendo que o Santana é um carro comum lá fora, tanto na China quanto na Europa, é curioso ver uma Quantum bem tratada, modificada, rodando do outro lado do mundo. É um carro mais fácil de encontrar em mau estado, cansado dos anos de labuta – embora existam exceções, claro.

E, naturalmente, depois de rodar em 22 dias mais do que muitos aqui rodam em um ano, o Santana de Jeffery sofreu alguns pequenos danos – riscos nas laterais, uma lasca na pintura e arranhões nas rodas. Cicatrizes de batalha, de certa forma.

Em Varsóvia, na Polônia, Jeffery teve uma das rodas trincadas por uma pedra no caminho (literalmente), mas conseguiu consertar em uma oficina da cidade e seguir viagem.

No geral, correu tudo bem, e Jeffery chegou ontem à cidade de Reifnitz, onde ocorre o GTI Treffen. Mas ele ainda não postou nenhuma foto no local do GTI Treffen, às margens do lago Wörthersee, junto dos outros carros. A esta altura, ele deve estar curtindo um merecido descanso.

View this post on Instagram

I still feel like dreaming when I realized that we arrived at Velden am Wörthersee. It’s been more than 190 hours of driving in 21 days for approximately 12000km to travel 7 countries. This trip sounded crazzzy before we started it. It was just no way that it could be done. But in the end, we just did it AS A TEAM. And of course, it would be much more difficult without those people who’s willing to give us a hand along the trip. That means so much to us! We appreciate all the supports and encouragements. Thanks 🙏. Looking forward to meet you guys and sorry for those people who sent me msg without response since I had the steering after the reunion most of the time. WE LOVE YOU! @accuair @accuair_europe @worthersee2019 @dlng.designs @dankasrz_s666 @kgoair @calven_ki @thegovernorsclub @thespeedhunters #kgo #vwpassat #passatb2 #vwquantum #bbsrs001 #bbsrs #accuair #recaro #recarolx #thegovernorsclub #fromchinatowörthersee

A post shared by Jeffery Li (@xanavi22) on

Agora, fica a inspiração: da próxima vez em que você decidir deixar aquele encontro passar por falta de tempo, ou porque é longe demais, lembre-se de Jeffery Li e sua VW Quantum. Ou seu Passat B2. Tanto faz, na verdade.

Matérias relacionadas

Esta é a oficina que coloca carros da Nascar nas ruas!

Dalmo Hernandes

Sobre o Discovery Sport, Lancia Stratos, papel e marcadores: bate-papo com o designer Massimo Frascella

Juliano Barata

Uma Ferrari 275 GTB e um Shelby Cobra 427 abandonados nos EUA: o primeiro grande barn find do ano

Dalmo Hernandes