Este cara está transformando um Fusca em um hot rod dos Jetsons

Dalmo Hernandes 14 dezembro, 2016 0
Este cara está transformando um Fusca em um hot rod dos Jetsons

Você certamente lembra dos Jetsons, a série animada de 1962 que mostrava o cotidiano de uma família que vivia exatamente 100 anos no futuro – ou seja, em 2062. Lembra dos carros deles, que voavam e tinham teto em forma de um canopi transparente?

Em inglês, aquilo se chama bubbletop, ou “teto bolha”. Os carros de hoje em dia ainda não voam (desconsiderando, claro, protótipos e vaporware) e não têm teto bolha – o que faz sentido, pois eles evoluíram de outra forma.

Mas há quem se inspire neles para criar projetos únicos e desafiadores do senso comum. Como o volksrod que vamos mostrar hoje.

1582949

Volksrod, para quem não sabe, é um termo usado em referência aos hot rods feitos com base no VW Fusca. Normalmente eles têm suspensão rebaixada, os para-lamas retirados e preparação no flat-four arrefecido a ar. Eles têm um estilo bem característico e, cá para nós, são carros bem interessantes:

projeto-volksrod-roadster-214141 volksrod_1

Há cerca de seis anos, um cara chamado Neil, que mora em Detroit, teve uma ideia diferente: inspirado por uma pilha de peças que haviam sobrado de outros projetos em seu quintal, ele decidiu criar um volksrod único. O teto bolha pode até lembrar os carros dos Jetsons, mas também existem outros hot rods com esta característica.

Pois bem. Neil compartilhou o andamento de seu projeto no fórum Volksrods e também no The Samba, dois dos maiores fóruns dedicados aos Volkswagen antigos que existem no mundo. E acabou ficando famoso na internet por causa dele.

14250691425070

Mas vamos falar do carro. Desde o início, a ideia era construir a carroceria do hot rod usando peças de Fusca e chapas de metal moldadas à mão, com a ajuda de uma roda inglesa.

IMGP3597

O chassi, que veio de um exemplar de 1960, foi encurtado em cerca de 30 cm, enquanto os arranjos de suspensão dianteira e traseira foram deslocados em cerca de 15 cm para cima, deixando o chassi mais perto do chão.

1425068 1425074

A carroceria foi feita usando os para-lamas do Fusca, com os braços da suspensão saindo pelos buracos dos faróis. Os para-lamas dianteiros foram feitos moldando chapas novas e ficaram bem bonitos, o que é impressionante considerando que Neil jamais havia trabalhado com uma roda inglesa antes. O capô veio de um Fusca, e só recebeu uma pequena bolha na frente para acomodar os componentes da direção.

1582947

A bolha, feita sob medida em acrílico, se levanta para dar acesso ao interior, que também foi todo feito sob medida com painel customizado, bancos de metal (que não têm encosto e são basicamente discos de metal côncavos, minimamente confortáveis) e… até agora, não muito mais que isto. Afinal, é um hot rod, e ainda não está pronto.

1582959

O motor é um flat-four 1600, e ainda não recebeu muita atenção – Neil diz que não será nada muito insano, e que a ideia é construir o carro de modo a facilitar a remoção e a instalação de diferentes motores. É um belo conceito, se pararmos para pensar.

1582951

Sobre o motor, fica uma enorme lanterna traseira com lente vermelha e um letreiro “STOP”, enquanto a dianteira traz faróis que parece pequenos foguetes, com projetores nas lâmpadas. Estes detalhes, assim como o canopi de acrílico, deram ao carro um aspecto retrofuturista, típico de alguns conceitos da década de 1950. Vem à mente o Lincoln Futura, que por sua vez inspirou outros hot rods com teto bolha antes de se transformar no Batmóvel.

O tópico foi aberto em novembro de 2015 e, de lá para cá, já acumula mais de 15 páginas com atualizações e opiniões de outros usuários. Estas são divididas: alguns dizem que o carro ficou bem interessante e que gostariam de dar ao menos uma voltinha. Outros criticam, argumentando que será uma experiência nada agradável dirigir o volksrod em um dia de sol.

1582954

A maioria, porém, admira a criatividade de Neil, e a gente está incluído nesta. Mais que um projeto de customização, seu volksrod dos Jetsons tem tudo para ser uma obra de arte automotiva quando estiver pronto.

[ Sugestão dos leitores Helton Carneiro e Gustavo ATS ]