A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture Games Projetos Gringos

Este cara transformou um Opel Astra no cockpit para Gran Turismo mais realista que já vimos

Cockpits para simuladores são uma pauta cada vez mais frequente aqui no FlatOut, você deve ter notado. Já falamos aqui do CXC Motion Pro II, que usa motores e amortecedores para simular os movimentos de um carro na pista, e do TS8000 — este, um dinamômetro conectado a um simulador proprietário que você joga com seu carro de verdade. Não dá para ficar mais realista do que isto, dá?

Depende do que você considera “realista”, claro. Mas uma coisa é certa: na categoria do-it-yourself (que inventamos agora, aceite), é difícil superar a verdadeira obra-prima de um alemão que atende no YouTube como NBJAG. Além de (como os bons observadores já devem ter notado) ser fã fervoroso da Jaguar, ele foi criativo e habilidoso o bastante para transformar o interior de um Opel Astra de primeira geração — o nosso conhecido Astra “belga”, que tinha este apelido pois era fabricado na Bélgica, com mecânica brasileira — em um cockpit para jogar Gran Turismo 5. Admirável, para dizer o mínimo do mínimo.

cockpit5

De acordo com o que o próprio NBJAG comenta em seu canal no YouTube, tudo começou em meados de 2011 (o que se explica porque ele jogava GT5 e não GT6, pois este último só foi lançado em dezembro de 2013). Sua ideia era, simplesmente, fabricar um cockpit para garantir a experiência mais realista possível com o “real driving simulator” — vamos deixar o debate sobre a legitimidade de games como Gran Turismo Forza para outro dia, pode ser?

Apesar de ser um bom carro (você não vai acreditar no potencial para fazer curvas que ele tem!), o Opel Astra de primeira geração não é um carro caro na Alemanha. Além disso, sua ergonomia — a disposição do volante, dos pedais e comandos — é uma das melhores entre os carros da década de 1990. Estas características fizeram dele a base perfeita para o projeto de NBJAG.

Dito isso, não fica claro se ele comprou um carro inteiro ou apenas as peças de que precisava. Ele apenas revela que usou o tablier de instrumentos, o revestimento das portas, parte do teto e as colunas “A” do Astra para construir o cockpit. Tudo foi posicionado sobre uma estrutura de madeira (que, nos estágios iniciais de construção, parecia uma mesa de escritório).

cockpit10

Muita gente ficaria satisfeita só com isso aqui (a gente, inclusive)

Volante Thustmaster T500 RS, caixa de pedais e alavanca de câmbio manual com grelha (uma TH8RS, totalmente compatível com o volante) ocuparam o lugar dos componentes originais do carro e, honestamente, o acabamento é quase perfeito.

cockpit14

NBJAG diz que o maior desafio foi instalar o volante na coluna de direção do Astra sem perder o force feedback — a resistência que o volante oferece nas curvas para simular a variação de peso da direção a diferentes velocidades. Uma vez contornado este problema, ele concentrou-se em tornar o ambiente o mais parecido com o de um carro de verdade.

cockpit6

Para isto, ele construiu uma caixa de madeira ao redor do cockpit, com portas que abrem e fecham e bancos de couro — que vieram de um Jaguar, ainda que ele não especifique o modelo. O aspecto do lado de fora não é muito bonito, mas isto não importa muito para quem está lá dentro, não é?

Untitled-5 cockpit12 cockpit13

Outro grande desafio foi posicionar as três telas — uma TV de plasma de 47 polegadas no centro e duas de LCD, de 37”, nas laterais, cada uma conectada a um PS3 (haja dinheiro!) — de forma envolvente, sem distorcer a perspectiva. Foram necessários alguns meses de testes para eliminar a impressão de que as telas estavam distantes demais, a fim de simular a sensação de estar “dentro” do jogo.

cockpit11 cockpit3 cockpit4

O problema foi finalmente resolvido de maneira definitiva ao realizar modificações mais extensas no projeto. Primeiro, ele cortou metade do painel para aproximar a tela à direita e desenhou (isto mesmo, desenhou) uma coluna “A” falsa de cartolina, colando-a no monitor. A ideia era fazer parecer que a tela estava atrás da coluna, porém mais próxima do piloto. Falando assim, parece uma gambiarra adaptação técnica improvisada, mas o resultado ficou convincente.

cockpit8

No total, foram dois anos de dedicação. Em sua última atualização — que incluiu, obviamente, o upgrade para Gran Turismo 6 — NBJAG instalou um sistema de som 5.1 abaixo do painel, além de um pequeno monitor para checar o que está rolando do lado de fora do cockpit. Afinal, nada pode atrapalhar um entusiasta quando ele está jogando videogame — ou melhor, aperfeiçoando suas técnicas de pilotagem em um ambiente virtual seguro e realista.

Se você quiser fazer algo parecido, saiba que você conta com todo o nosso apoio moral. Os vídeos de NBJAG podem não ser tutoriais, mas dão uma boa ideia do que ele fez. Só não se esqueça de nos chamar para a jogatina!

Matérias relacionadas

Conheça os principais tipos de golpes e anúncios falsos de carros na internet

Leonardo Contesini

O Voyage de Leo Ceregatti é mais que parte da família: é parte de seu dono

Dalmo Hernandes

Volkswagen ID R crava 6:05,3 em Nürburgring: recorde dos elétricos e o segundo mais rápido no circuito

Leonardo Contesini