A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Achados meio perdidos Zero a 300

Este Chevrolet Impala 1969 com motor V8 e câmbio manual na coluna está à venda

Quando se menciona muscle cars, geralmente a imagem que se forma em nossa mente é a de um cupê fabricado entre meados dos anos 1960 e o início dos anos 1970, com motor V8, tração traseira e uma bela carroceria – geralmente com o famoso perfil “garrafa de coca-cola”, com a linha de cintura ascendendo na base das janelas posteriores e descendo novamente em direção à extremidade traseira. Mas… seu muscle car também pode ser um sedã, como nosso Achado meio Perdido de hoje, anunciado no GT40.

Sim, a definição clássica de muscle car é a de um cupê norte-americano com motor V8 e personalidade esportiva, mas com o tempo o termo passou a ser utilizado com licença poética para outros tipos de automóveis. Você já deve ter visto, por exemplo, o Mercedes-Benz C63 AMG da geração passada sendo chamado de “muscle car alemão” – título merecido, afinal ele era movido por um V8 naturalmente aspirado de 6,2 litros e até 517 cv, no caso da versão Black Series. Pois o nosso Achado meio Perdido de hoje é um muscle car de quatro portas – um Chevrolet Impala sedã 1969 com motor V8 e câmbio manual na coluna.

Ainda não é assinante do FlatOut? Considere fazê-lo: além de nos ajudar a manter o site e o nosso canal funcionando, você terá acesso a uma série de matérias exclusivas para assinantes – como conteúdos técnicoshistórias de carros e pilotosavaliações e muito mais!

 

FLATOUTER

Membro especial, com todos os benefícios: acesso livre a todo o conteúdo do FlatOut, participação no grupo secreto no Facebook (fique próximo de nossa equipe!), descontos em nossa loja, oficinas e lojas parceiras!

A partir de

R$20,00 / mês

ASSINANTE

Plano feito na medida para quem quer acessar livremente todo o conteúdo do FlatOut, incluindo vídeos exclusivos para assinantes e FlatOuters.*

De R$14,90

por R$9,90 / mês

*Não há convite para participar do grupo secreto do FlatOut nem há descontos em nossa loja ou em parceiros.

A visão de um Chevrolet Impala clássico na cor preta evoca maldade instantaneamente – que o digam os fãs de Sam e Dean, de Supernatural, que já está em sua 14ª temporada desde a estreia em 2005. O carro deles é um Impala 1967, ou seja, pertence à quarta geração do modelo, fabricada entre 1965 e 1970. O modelo 1967 é identificável pela dianteira baixa, com quatro faróis redondos e setas “falsas” nas extremidades da grade – as verdadeiras ficam no para-choque, que é uma peça separada. O modelo de 1968 não é muito diferente – a maior mudança é o formato do para-choque, que ficou mais parrudo e ganhou uma segunda entrada de ar embutida.

autowp.ru_chevrolet_impala_4-door_hardtop_1

autowp.ru_chevrolet_impala_ss_427_convertible_1

Já o Chevrolet Impala 1969 trouxe uma mudança mais radical na dianteira: o para-choque passou a ser uma espécie de moldura inteiriça, circundando todo o perímetro da dianteira. Grade e faróis ficam no meio, assim como a gravatinha azul da Chevrolet, que foi omitida em 1967 e, em 1968, ficava no capô. As setas permaneceram no mesmo lugar, porém não faziam parte do para-choque. Os modelos de 1967 e 1968 são os mais cultuados pelos fãs do Impala, mas sem dúvida o modelo 1969 tem seu charme.

46777687_736342460066491_4075933503026364416_n

O carro anunciado no GT40 pertence a Denis Melo, de Guarulhos/SP, e trata-se de um projeto com modificações simples e de bom gosto – sob medida para quem gosta de uma personalização leve, que não altere a essência de um clássico. O carro veio originalmente equipado com um V8 small block 327 da Chevrolet, de 5,4 litros e 238 cv, e câmbio manual de três marchas na coluna – um conjunto gloriosamente americano, diga-se. E isto foi preservado.

46786426_736342323399838_2978608941316964352_n 46821440_736342140066523_8025143171350528000_n

O carro passou por uma restauração e leves modificações para ficar confiável e trazer seu desempenho para um padrão mais moderno, mas continua sendo um clássico norte-americano com motor V8 carburado e câmbio de três marchas na coluna. O motor de cinco litros (307 pol³) está com um carburador Quadrijet e distribuidor Hei, com coletores dimensionados e sistema de escape novo. Denis está tocando o projeto há cerca de três anos, e trouxe diversas peças dos EUA.

O Impala de Denis teve a pintura refeita e o revestimento interno – bancos, carpete, teto e porta-malas – restaurado no padrão de fábrica. A maioria dos emblemas e frisos cromados também é nova. As únicas modificações estéticas no carro são a suspensão preparada, mais baixa que a original, e as rodas de 18 polegadas American Thrust, inspiradas nas clássicas Torq Thrust. Por dentro, o toque especial fica pela preservação da forrações originais das portas, com seus detalhes que imitam madeira, e um volante com aro de madeira na mesma tonalidade.

46889429_736342740066463_3694766189277347840_n 46888134_736342760066461_5839885900162531328_n

O motor do Impala está revisado, com velas, cabos, bomba d’água e mangueiras novas. Além disso, recebeu tampas de válvula usinadas que imitam o estilo do V8 big block Chevrolet 572. Os freios receberam hidrovácuo, cilindro mestre, discos e pastilhas novos. Também foi instalado um novo alternador, e o sistema de ar-condicionado do carro – original de fábrica – foi todo revisado, incluindo a instalação de um novo compressor, e está gelando perfeitamente.

img_380056_4_daad643b-cec7-409c-b906-e0d7a6031b3a

Denis afirma que o carro está com toda a documentação em dia, regularizada, e que estuda a possibilidade de uma troca. O preço do Impala está bem interessante, considerando os serviços realizados recentemente e o fato de ser uma autêntica banheira americana (no melhor sentido possível) no Brasil.

Ficou interessado? Basta clicar aqui para acessar o anúncio e pegar os contatos do proprietário.

inbanner-fim-post


“Achados Meio Perdidos” é o quadro do FlatOut! no qual selecionamos e comentamos anúncios do GT40.com.br de carros interessantes ao público gearhead, como veículos antigos, preparados, exclusivos e excêntricos. Não se trata de publieditorial. Não nos responsabilizamos pelas informações publicadas nos anúncios nem pelas negociações decorrentes – todos os detalhes devem ser apurados atenciosamente com o anunciante!

Matérias relacionadas

Um Voyage turbo de 600 cv, um Toyota Prius, um Renault Sandero RS quase novo e mais no GT40

Dalmo Hernandes

Os carros de R$ 25.000 a R$ 30.000 mais legais anunciados no GT40

Dalmo Hernandes

Swap gourmet: uma Ferrari 308 com o V12 da Testarossa – feita na concessionária do Mansell!

Dalmo Hernandes