Edição diária: 20/06/2019
FlatOut!
Image default
Notícias

Este é o novo BMW Série 1 Sedan que não teremos por aqui

Até pouco tempo atrás a linha de modelos da BMW era simples e prática. O Série 3 era o modelo compacto, o Série 5 era o modelo médio e o Série 7 era o modelo grande. A chegada dos SUVs da marca não chegou a complicar a ordem das coisas: o X3 é o SUV do Série 3 e o X5 do Série 5. Logo, se a BMW decidisse lançar um SUV grande, ele seria, naturalmente, o X7.

O negócio começou a complicar quando a BMW decidiu reorganizar as séries, deixando as séries ímpares para os sedãs e os pares para os cupês. Assim, o Série 2 é o cupê da Série 1, o Série 4 é o cupê da Série 3 e o Série 6 é o cupê da Série 5. Só que nessa história entram também os “cupês de quatro portas”, identificados na linha BMW pelo nome Gran Coupe. Apesar de terem quatro portas, eles recebem a nomenclatura dos cupês. Assim, o BMW Série 6 Gran Coupe é a versão sedã da versão cupê do sedã Série 5. O X6 é a versão cupê do SUV da Série 5, que é o sedã do Série 6.

Agora a BMW está lançando na China a versão sedã do Série 1, que não é a versão Gran Coupe da Série 2 (que na prática é um sedã do cupê). Confuso, não?

BMW-1-Series-Sedan-1

Na verdade este sedã da Série 1 é o início de uma nova pequena reviravolta na linha da BMW. Isso porque o modelo é baseado na plataforma UKL, que já é usada no Série 2 Active Tourer, no novo X1 e no atual Mini, e tem como principal característica o layout de tração dianteira. Ou seja: em alguns anos a Série 1 será totalmente composta por modelos de tração dianteira ou integral, enquanto a Série 2 manterá a tração traseira. Isso também faz do Série 1 Sedan chinês o primeiro sedã da BMW com tração dianteira.

BMW-1-Series-Sedan-4

Estas primeiras imagens foram divulgadas pelo site chinês Autohome, que também descobriu que ele será vendido nas versões 118i, equipada com um 1.5 turbo de três cilindros e 136 cv; 120i, equipada com o 2.0 turbo de 194 cv; e o 125i, que usa o mesmo 2.0 turbo porém com 231 cv. Ainda não se sabe se haverá um novo 1M ou o M140i sedã.

 

Isto também nos deixa um pouco confusos, porque, embora o modelo seja voltado apenas para o mercado chinês, não podemos descartar a possibilidade de a BMW lançá-lo no restante do mundo para rivalizar com o Mercedes-Benz CLA e com o Audi A3 Sedan, afinal a história mostra que estas três marca alemãs passaram os últimos 35 anos criando respostas aos lançamentos das rivais.

Por último um fato curioso: com 4,45 m de comprimento, 1,80 m de largura, 1,44 m de altura e 2,67 m de entre-eixos, o Série 1 Sedan é maior que o BMW Série 3 E36, que tinha 4,43 m de comprimento, 1,69 m de largura, e 1,39 m de altura. Somente o entre-eixos do quase-clássico era maior: 2,70 m. Uma versão M140i com tração integral não cairia nada mal, não?

Matérias relacionadas

Rolls-Royce Cullinan: esta é a cara do novo SUV da marca britânica

Leonardo Contesini

Esse cara pegou 30 anos de cadeia por fazer um “test drive” de 3.500 km e duas semanas em um Porsche Panamera

Dalmo Hernandes

Prefeitura de São Paulo quer alargar ruas e avenidas para criação de novos corredores de ônibus

Leonardo Contesini