A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Carros Antigos Projetos Gringos

Este é Tantrum, um Dodge Charger 1970 restomod com fibra de carbono, um V8 de 9 litros e quase 1.700 cv!

Existem, literalmente, milhares de projetos de muscle cars restomod — carros que, além de restaurados, são modificados com componentes melhores e mais modernos — e, sendo assim, fica difícil conseguir destaque. Quanto mais separar o joio do trigo em uma cena tão povoada com automóveis de todo o planeta; alguns verdadeiramente incríveis, outros até que legais e outros, ainda, que só são mais do mesmo.

Certamente dá para dizer que o Tantrum, feito pela SpeedKore Performance Group — os mesmos caras que fizeram o Plymouth Barracuda de “Velozes e Furiosos 7” — não é mais do mesmo. Claro, gosto é uma coisa pessoal e, talvez, você não seja do tipo de curta muscle cars com inspiração pro-touring, fibra de carbono na carroceria e um V8 gigantesco, de nove litros e quase 1.700 cv graças à ajuda de dois turbocompressores. Mas não dá para dizer que ele não impressiona. Olha isso!

tantrum-dodge-charger (7)

De qualquer forma, é provável que os responsáveis pelo Tantrum não dêem a mínima para quem gosta ou não do carro. De acordo com o designer do carro, Sean Smith, o projeto foi pensado para “demonstrar a capacidade e o talento da equipe”. Bem, parece que eles conseguiram.

O Dodge Charger 1970, com seus faróis ocultos e a lanterna traseira larga, é um dos modelos mais icônicos (ainda que, bem, todo Charger daquela época seja icônico para muita gente) e, quando se trata de customizá-lo, muitos optam por um visual old school, malvadão, ou algo inspirado nas pistas. O que a SpeedKore fez foi diferente, conservando o visual geral do Charger clássico, porém adicionando elementos modernos (como faróis de LED e a lanterna traseira de um Dodge Challenger 2014) para um visual único.

tantrum-dodge-charger (2) tantrum-dodge-charger (13)

tantrum-dodge-charger (15)

Boa parte dos painéis da carroceria foi feita sob medida usando fibra de carbono — algo que fica claro ao olhar o capô e os para-lamas dianteiros, que são apenas envernizados. À medida em que se avança até a traseira do Charger, a trama do compósito dá lugar a uma camada de pintura preta impecavelmente brilhante.

tantrum-dodge-charger (4)

Todo o resto do carro é customizado de acordo com esta filosofia, misturando visual clássico e execução moderna. A grade que abriga os quatro faróis de LED foi usinada de um único bloco de alumínio. O para-choque traseiro também é de fibra de carbono, e os espelhos e maçanetas foram feitos sob medida. Não há para-choque na dianteira — em vez disso, apenas um par de faróis auxiliares e a entrada para admitir ar para o intercooler.

tantrum-dodge-charger (17)

O que nos traz ao que há debaixo do capô: um V8 de nove litros com duplo comando nos cabeçotes feito pela Mercury Marine, conhecida por fabricar motores usados em embarcações. Sobrealimentado por dois turbocompressores, o gigantesco big block entrega nada menos que 1.670 cv, que são levados até as rodas traseiras por uma caixa manual Tremec de seis marchas e um diferencial traseiro Ford. Aliás, as rodas são da HRE, feitas sob medida, de 19” na dianteira e 20” na traseira, calçadas com pneus Michelin de 315 mm de largura. Os freios são da Baer, com discos de 14”.

tantrum-dodge-charger (3) tantrum-dodge-charger (10) tantrum-dodge-charger (11)

Já viu um carro tão potente assim sem gaiola de proteção?

O interior foi totalmente modificado e, assim como o lado de fora, mistura com harmonia elementos modernos (como o volante e os revestimentos de porta feitos sob medida) e outros mais clássicos, como a alavanca de câmbio do tipo pistol grip e os mostradores no painel, que são totalmente analógicos. O console central traz os controles do sistema de injeção e alguns botões inspirados em comandos de aeronaves, mas não há tela multimídia ou nada do tipo pra te distrair da experiência de dirigir.

Ainda não foram reveladas informações a respeito do desempenho do Charger Tantrum, mas ele definitivamente é funcional e estará exposto no Grand National Roadster Show na cidade de Pomona, na Califórnia, entre os dias 29 e 31 de janeiro de 2016.

tantrum-dodge-charger (18)

SpeedKore Performance 1970 Dodge Charger "Tantrum"
SpeedKore Performance 1970 Dodge Charger “Tantrum”

tantrum-dodge-charger (9) tantrum-dodge-charger (12) tantrum-dodge-charger (5) tantrum-dodge-charger (16)

Matérias relacionadas

Bloodhound SSC: conheça o carro feito para passar de 1.600 km/h

Dalmo Hernandes

Sim, isto é mesmo um VW Santana com motor V8 Audi e tração 4×4!

Dalmo Hernandes

Circuito de Ebisu: onde os carros de drift levantam voo

Dalmo Hernandes