A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Projetos Gringos

Este é Toyota Prius de corrida com um V8 de 300 cv que corre na GT300 japonesa

Mais bem sucedido automóvel híbrido vendido atualmente, o Toyota Prius não é exatamente um poço de diversão ao volante. A começar por seu conjunto mecânico: um motor 1.8 a gasolina capaz de entregar 98 cv, mais um motor elétrico de 36 cv. São 134 cv de pura… economia de combustível. Contudo, um bando de malucos japoneses decidiu que o Prius daria um belo carro de corrida. Foi assim que nasceu o cara aí em cima: um Toyota Prius com motor V8 que compete na GT300 japonesa. Sim, um Prius V8!

Quando falamos em “um bando de malucos”, na verdade nos referimos aos caras da APR Racing, equipe japonesa que foi contratada pela Toyota para criar esta deliciosa contradição sobre rodas. De acordo coma fabricante, o objetivo era “demonstrar sua liderança mundial em tecnologia híbrida” ao lado do Toyota TS030, o primeiro protótipo Le Mans com powertrain híbrido da companhia japonesa.

v8-prius (4)

Sendo assim, lá no fundo, foi basicamente uma jogada de marketing. Contudo, uma das mais legais que já vimos. O vídeo abaixo foi publicado em 2013, segundo ano em que o Prius V8 competiu na categoria GT300 da Super GT japonesa, mas foi resgatado pela Road & Track há alguns dias.

A GT300 é a categoria de base da Super GT e, como o nome diz, limita a potência dos carros a 300 cv. Ao contrário da categoria principal, a GT500, na qual correm as equipes de fábrica, a GT300 é dominada por equipes independentes que competem com carros de diversas fabricantes. Assim, o Prius V8 divide o asfalto com BMW Z4, Lamborghini Gallardo, Audi R8, Porsche 911 e Nissan GT-R.

v8-prius (3)

No caso do Prius, os 300 cv vêm de um V8 de 3,4 litros com comando duplo nos cabeçotes e quatro válvulas por cilindro — bastante semelhante ao motor do próprio TS030, diga-se. O motor é instalado em posição central-traseira e, para isto, o monobloco original do Prius foi radicalmente modificado. O motor elétrico, que normalmente é acoplado ao 1.8 a gasolina na dianteira, foi deslocado para o local onde, normalmente, o carona colocaria os pés. A transmissão é manual de seis marchas, com trocas sequenciais.

v8-prius (5)

Quase dá para esquecer que é um Prius, não? De fato, o ronco é de um verdadeiro carro de corrida, como pode ser conferido no vídeo abaixo. Aumente o volume!

Agora, de nada adiantaria um motor potente sem melhorias no resto do carro. E, bem, não é preciso olhar muito para notar que a postura do carro de corrida é bem diferente daquela dos Prius que rodam pelas ruas. Os para-lamas são bem mais largos e o perfil do carro, bem mais aerodinâmico.

v8-prius (1)

Há um splitter frontal e um difusor traseiro de fibra de carbono (ambos enormes), além de um gigantesco aerofólio, também de fibra de carbono. O interior foi depenado e recebeu uma gaiola de proteção integral, como manda o figurino, enquanto a suspensão é inboard, com braços sobrepostos na dianteira e amortecedores do tipo pushrod na traseira.

Agora, apesar de estar no mesmo nível dos demais concorrentes, o Prius ainda não conseguiu resultados expressivos na GT300. Desde sua estreia, na temporada de 2012, o Prius V8 esteve entre os três primeiros colocados em algumas corridas, mas ainda não conseguiu nenhuma vitória. Contudo, é impossível dizer que não gostaríamos de dar umas voltas com ele.

v8-prius (2)

Foto: Narita Dog Fight

Matérias relacionadas

Este VW Voyage viajou dos EUA para a Alemanha e correu em Nürburgring

Dalmo Hernandes

Bugster: conheça o Fusca com motor (e todo o resto) de Porsche Boxster!

Dalmo Hernandes

O rei africano que deixou seu reino para se tornar mecânico na Alemanha

Dalmo Hernandes
error: Direitos autorais reservados