A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Notícias

Este esportivo chinês pode ser mais rápido que praticamente todos os supercarros em Nürburgring

Há menos de um mês, topamos com uma foto e um vídeo de um supercarro elétrico chinês ainda inédito e sem nenhum tipo de camuflagem acelerando em Nürburgring Nordschleife e nos perguntamos o que ele estava fazendo por lá.

Bem, a resposta chegou no Salão de Guangzhou, na China: ele estava simplesmente quebrando o recorde dos veículos elétricos (e de muitos supercarros seriamente rápidos) em Nordschleife. Ao menos é o que diz a marca.

A empresa é uma fabricante chinesa criada em 2004 e que, além de tentar revolucionar o mercado automotivo com seus carros elétricos, também compete na Fórmula-E da FIA — é a equipe pela qual Nelsinho Piquet pilota desde o início da categoria, em 2014. É desse background no automobilismo elétrico que nasceu o supercarro de rua, que será comercializado sob a marca NIO.

nextev-launches-worlds-fastest-ev-1

O NIO EP9, como foi batizado pela NextEV, usou seus 1.360 cv elétricos para completar os 20 km da volta ao redor do Inferno Verde em 7:05,12. Sim: sete minutos, cinco segundos e doze centésimos, segundo a NextEV. De acordo com a fabricante, o recorde foi obtido em 12 de outubro, dez dias antes de ele ser flagrado no Inferno Verde.

Caso este tempo tenha sido mesmo registrado em Nürburgring — o que nos parece plausível, considerando a potência e o desenvolvimento a cargo de Nelsinho Piquet e Oliver Turvey, pilotos da NextEV no mundial de F-E —, seu tempo de volta ficará atrás apenas do Porsche 918 Spyder, com 6:57 e do Lamborghini Aventador SV, com 6:59,730 (embora este ainda não seja um modelo produzido em série). Dias depois de Nürburgring, eles foram a Paul Ricard onde conseguiram um tempo muito próximo de um LMP2, como menciona Nelsinho Piquet no vídeo abaixo:

O recorde em Nürburgring foi o principal destaque do lançamento do modelo no Salão chinês. Lá a NextEV explicou que “NIO” será o nome de sua marca global e que EP9 é o nome de seu bombástico recordista. Segundo o CEO da NextEV, William Li, o EP9 nasceu “para superar limites e é apenas o primeiro estágio da produção de automóveis da NIO”, e também mostra o que é possível quando se fala em veículos elétricos”.

nextev-launches-worlds-fastest-ev-11

O EP9 usa quatro motores elétricos e quatro câmbios individuais — um para cada motor — resultando em um total de 1MW de potência, o que equivale a 1.360 cv. O powetrain de 777 volts produz também 150,55 mkgf instantaneamente no motor e 644,6 mkgf nas rodas de zero a 7. 500 rpm. Com toda essa exuberância mecânica o EP9 vai de zero a 100 km/h em ridículos 2,7 segundos, chega aos 200 km/h em 7,2, aos 300 em 15,9 e depois segue acelerando até os 313 km/h.

nextev-launches-worlds-fastest-ev-12

 

De acordo com a NextEV, as baterias do EP9 podem rodar até 427 km antes de precisar de uma recarga. Quando isso acontecer, bastam 45 minutos para que elas ganhem outros 427 km de autonomia. Bem, isso se você não tentar quebrar o recorde de Nürburgring.

nextev-launches-worlds-fastest-ev-13

A fabricante chinesa não divulgou o peso do esportivo, mas revelou que ele usa difusor traseiro, splitter frontal ajustável, asa traseira ativa de três posições para conseguir um tempo tão baixo em pista — além da potência megawáttica, claro. As rodas são de 19 polegadas na dianteira e 21 polegadas na traseira.

Agora resta apenas esperar pelo vídeo da volta rápida em Nürburgring. Não que a gente esteja duvidando, mas você sabe… queremos ver como ele se comporta no circuito.

Matérias relacionadas

Morreu o piloto francês Jules Bianchi, aos 25 anos

Leonardo Contesini

Jim Glickenhaus quer o recorde de Nürburgring

Leonardo Contesini

Hipercarro Mercedes-AMG usará mesmo um motor de Fórmula 1 – e terá tração integral

Leonardo Contesini