A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Achados meio perdidos

Este Fiat Uno Turbo preparado para render 190 cv pode ser seu novo hot hatch

Os anos 1990 estão mesmo em evidência — na moda, na música e até nos noticiários, a impressão é que voltamos duas décadas no tempo. Que tal entrar no clima e comprar um esportivo daquela época? Este Uno Turbo, que encontramos à venda na internet, pode ser uma boa opção caso você faça questão de levar para casa um exemplar bem cuidado e bonitão. E com direito a preparação para trazer seu desempenho ao nível dos dias atuais!

Se você lê o FlatOut, é provável que conheça a história do Uno Turbo i.e. de cabo a rabo. Em 1994, já bons dez anos depois do lançamento do Uno e de sua revolução no segmento dos carros populares, a Fiat decidiu que o transformaria em um verdadeiro pocket rocket.

uno-turbo (6)

Já havia versões esportivas do Uno antes do Turbo — SX, 1.5R, 1.6R e 1.6R MPi —, e elas já eram carros bem divertidos, aproveitando a natural disposição para curvas que o Uno tem graças ao baixo peso e à suspensão indepentende nas quatro rodas. No entanto, o motor sobrealimentado que vinha importado da Europa deu ao carro o ingrediente que faltava para uma condução verdadeiramente empolgante.

O motor de 1,4 litro da família Sevel era equipado com um turbocompressor Garrett T2 operando a 0,8 bar. Era o bastante para desenvolver 118 cv e 17,5 mkgf de torque — e chegar aos 100 km/h em 9,2 segundos, com velocidade máxima de 195 km/h. Há duas décadas, era um desempenho impressionante. Ainda mais para um Uno.

uno-turbo (3)

 

Havia, ainda, decoração esportiva para lá de exclusiva, com novos para-choques, grade exclusiva, rodas de 14 polegadas (iguais às do Tempra Turbo), asa traseira funcional, cintos de segurança vermelhos e orgulhosos emblemas que caracterizavam a versão — da qual foram fabricadas apenas 1.081 unidades entre 1994 e 1995.

Destas, muitas foram modificadas por seus donos há muito tempo — tanto que é cada vez mais difícil encontrar um exemplar original. E, quando encontrar, prepare-se para desembolsar pelo menos R$ 25 mil. Sendo assim, por que não comprar de vez um preparado?

uno-turbo (9)

Se a ideia lhe apetece, você vai mesmo querer dar uma olhada neste Uno Turbo. O carro pertence a Telmo Bruginski, que o comprou há cerca de um ano. Ele mora em Palmeira, no Paraná, e diz que o carro estava no Rio Grande do Sul. O hodômetro marca pouco mais de 84.500 km e, segundo o proprietário, estado de conservação do carro é perfeito.

A pintura é original, bem como todo o acabamento do interior — além de tapetes, sistema de som e outros elementos do interior. E, de fato, pelas fotos tudo parece muito bem conservado. O dono diz que foram trocados itens como guarnições e borrachas de vedação, a fim de acabar com qualquer ruído ou sinal de desgaste, comuns em carros com mais de 20 anos de idade.

uno-turbo (2)

Abrindo o cofre, porém, vemos que este carro é um lobo nervoso na pele de um lobo mais manso: o cabeçote foi retrabalhado; os pistões originais foram substituídos por pistões Iapel do Sevel 1.6; o sistema de injeção agora é um Pandoo, programável; e o turbocompressor original foi trocado por um Master Power. Agora, de acordo com Telmo, na regulagem atual o motor entrega 189 cv aferidos em dinamômetro. Ele diz, contudo, que com mais pressão no turbo o motor aguenta até 260 cv sem problemas. O dono preferiu não instalar a tela de programação, e nem colocar mostradores extras no painel, para não comprometer a originalidade do interior.

uno-turbo (11)

Para lidar com a força extra, o carro recebeu também freios com discos de 12” na dianteira e 10,8” na traseira, usados no Alfa Romeo 156 GTA, importados da Itália. Para acompanhar, foram instaladas também as rodas de 17 polegadas do sedã esportivo. São os únicos elementos externos não-originais do carro, no qual você pode dar uma conferida melhor no vídeo abaixo:

É claro que tudo isto tem um preço: se um Uno Turbo original em bom estado chega a custar R$ 30 mil, este exemplar preparado e minimamente modificado com muito bom gosto custa R$ 40 mil. Nos parece uma forma interessante de gastar esta grana.

Se você se interessou, pode entrar em contato com Telmo pelo telefone (42) 9942-3949 ou pelo email [email protected].


“Achados Meio Perdidos” é o quadro do FlatOut! na qual selecionamos e comentamos anúncios de carros interessantes ao público gearhead, como veículos antigos, preparados, exclusivos e excêntricos. Não se trata de publieditorial, tampouco de uma reportagem aprofundada. Não nos responsabilizamos pelas informações publicadas nos anúncios – todos os detalhes devem ser apurados com o anunciante.

 

Matérias relacionadas

Este é um dos 99 exemplares do Golf VR6 brasileiro – e ele está à venda

Dalmo Hernandes

Sonho americano: este raro Studebaker Commander Coupe impecável está à venda no Brasil

Dalmo Hernandes

Este belo Honda Civic coupe com motor B16 pode ser seu próximo carro, que tal?

Dalmo Hernandes