Este Ford Focus GLX sedã com 300 cv nas rodas é um verdadeiro sleeper

Dalmo Hernandes 13 julho, 2018 0
Este Ford Focus GLX sedã com 300 cv nas rodas é um verdadeiro sleeper

A primeira geração do Ford Focus, vendida no Brasil entre 2000 e 2007, é bem vista entre os entusiastas: oferece desempenho satisfatório, acabamento caprichado e boa dinâmica para um tração-dianteira – cortesia da suspensão traseira independente do tipo multilink. Agora, geralmente os hatchbacks são escolhidos para project cars, pois são mais leves, mais ágeis nas curvas e também mais baratos na hora de comprar. Agora… se você quer algo diferente, dê uma olhada neste Focus GLX sedã com motor 2.0 turbo de 300 cv. Anunciado no GT40, ele é nosso Achado meio Perdido de hoje!

O Focus começou a ser importado da Argentina em 2000, mas há um detalhe: seus motores vinham do Reino Unido, onde há uma longa tradição em preparar motores Ford e existe uma ampla oferta de componentes de preparação. No início os motores eram o Zetec 1.8 16v de 115 cv (igual ao utilizado pela última geração do Escort) e 2.0 16v de 130 cv, ambos com comando duplo no cabeçote. Em 2004 o motor 1.8 16v foi substituído pelo RoCam de 1,6 litro com cabeçote de 8 válvulas e 105 cv (113 cv na versão flex), e no ano seguinte o motor Zetec 2.0 16v e 130 cv deu lugar ao Duratec 2.0 16v de 147 cv, também com comando duplo no cabeçote.

img_245940_4_3041ccc7-ec9c-4193-95ed-07abecb06269

No caso do nosso Achado meio Perdido de hoje, estamos falando de um Focus sedã 2006, comprado em 2009 por seu atual proprietário, Fernando Knapp. Fernando conta que desde o início realizou modificações mecânicas no carro, começando por uma preparação naturalmente aspirada e, em 2013, partindo para a sobrealimentação.

Fernando diz que o primeiro kit turbo era básico, sem intercooler e com o motor standard. Foi em 2014 que ele decidiu elevar o nível, forjando o motor e adotando uma turbina melhor, já com intercooler.

img_245928_4_3041ccc7-ec9c-4193-95ed-07abecb06269

O Duratec tem pistões forjados Supertech e bielas K1 também forjadas, além de receber prisioneiros ARP. A turbina atual é uma Garrett GT2871R, roletada,, com intercooler e um controlador Innovate SCG-1 para selecionar a pressão de trabalho – 0,8 bar ou 1,2 bar. Com a pressão mais alta e acertado para rodar com Etanol, o carro produziu 300 cv e 35 mkgf de torque nas rodas, aferidos em dinamômetro. O motor também recebeu um coletor de admissão da Cosworth.

11263140_925340690846182_7708386691755567757_n (1)

Uma das característica mais interessantes do projeto é que, apesar de entregar mais do que o dobro da potência de fábrica, o Focus sedã não recebeu alterações visuais drásticas fora as rodas maiores (com visual idêntico ao das rodas do Focus SVT) e a suspensão preparada. O interior também manteve o visual original, com todos os itens de conforto – bancos de couro, ar-condicionado, direção hidráulica e sistema de som de fábrica. Abaixo, um onboard curto do carro, gravado no ano passado, em uma disputa de arrancada com um BMW 550i da geração E60, que tem um V8 de 4,8 litros e 367 cv.

Trata-se de um carro com visual discreto e já naturalmente bom de guiar, porém com um aumento significativo de potência e que, segundo seu proprietário, foi muito bem montado, é confiável e está com a manutenção toda em dia.

img_245936_4_3041ccc7-ec9c-4193-95ed-07abecb06269img_245944_4_3041ccc7-ec9c-4193-95ed-07abecb06269

Se você ficou interessado, já sabe o que fazer: clique aqui para acessar o anúncio e pegar os contatos do proprietário, que pode esclarecer quaisquer dúvidas.

inbanner-fim-post


“Achados Meio Perdidos” é o quadro do FlatOut! no qual selecionamos e comentamos anúncios do GT40.com.br de carros interessantes ao público gearhead, como veículos antigos, preparados, exclusivos e excêntricos. Não se trata de publieditorial. Não nos responsabilizamos pelas informações publicadas nos anúncios nem pelas negociações decorrentes – todos os detalhes devem ser apurados atenciosamente com o anunciante!