A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture Projetos Gringos

Este motor V8 de papel que cabe na palma da mão funciona (e até ronca) de verdade!

Projetar um motor certamente é quase tão difícil quanto projetar um carro inteiro. E, honestamente, qualquer motor é algo fascinante se pararmos para pensar, seja ele um W16 quadriturbo de oito litros e mais de 1.000 cv; um clássico V8 americano, grave e agressivo; um suave seis-em-linha britânico ou um quatro-cilindros girador e estridente vindo do Japão. Afinal, um amontoado de componentes metálicos que pega ar e combustível misturados e os transforma em potência, torque, calor e barulho, cuidadosamente projetado e montado para trabalhar da forma mais eficiente possível por décadas, é algo que merece ser admirado — tanto quanto a pessoa responsável por colocá-lo no papel… ou tirá-lo dele.

No entanto, nem todo entusiasta acaba se tornando um engenheiro mecânico para desenvolver motores — o que é perfeitamente compreensível. No entanto, há diversos outros talentos impressionantes espalhados pelo mundo. É o caso do youtuber Aliaksei Zholner. Não dá para encontrar muita coisa a seu respeito na Internet — nem mesmo para saber se este é seu verdadeiro nome —, mas sabemos o que interessa: ele tira motores do papel, literalmente.

Seu trabalho não é totalmente novidade pela Internet: o vídeo mais antigo de seu canal, que é completamente dedicado a seus projetos, é de 2010 e, assim como os seguintes, circulou pela rede de tempos em tempos desde então. Não é para menos: trata-se de um motor monocilíndrico movido a ar comprimido, feito apenas com papel, papelão e super cola. Incrível, não?

E é só o começo. Ao longo dos anos, Zholner foi aperfeiçoando sua técnica para criar motores cada vez mais complexos. Ele foi aumentando o número de cilindros e diminuindo o tamanho físico dos motores, além de incorporar cada vez mais detalhes e componentes a cada novo motor que fazia.

Seus projetos seguintes foram um quatro-cilindros (acima) e um V6 (abaixo). Todos os seus motores são movidos a ar (soprado por ele mesmo ou de um balão), alimentados por um duto que move uma pá no virabrequim.

Zholner é bastante dedicado a seu hobby. “Quando estou inspirado, consigo passar todo meu tempo livre modelando”, ele comentou em um de seus vídeos. O V6, por exemplo, levou cerca de duas semanas para ser projetado do zero e montado. No entanto, dependendo da complexidade do projeto, pode levar ainda mais tempo.

Seu projeto mais recente, por exemplo, deve ter sido o mais complicado até agora. O pequeno motor V8 cabe numa daquelas cápsulas onde vvêm as surpresas do Kinder Ovo, medindo 32 mm de comprimento, 24 mm de largura e 27 mm de altura. O curso dos pistões é de seis milímetros, enquanto o diâmetro dos cilindros é de 5,5 mm. As bielas medem 1 mm de diâmetro, e o “deslocamento” é o que se espera de um micro block como este: 1.058 mm³, ou 0,001058 litro.

O mais detalhe mais bacana, no entanto, é o ronco. Claro, faltam as explosões e a amplificação de um belo sistema de escape, mas não é que o motorzinho tem ronco de V8?

Se você quiser fazer algo parecido, saiba que Zholner disponibiliza o projeto do quatro-cilindros neste link. Mas ele já avisa: mesmo seguindo seu esquema, é bem provável que você tenha que realizar seus próprios ajustes e fazer alguns cálculos. Vai encarar?

Matérias relacionadas

Você precisa assistir a esta corrida de Velozes e Furiosos com carros de controle remoto

Dalmo Hernandes

Conheça os detalhes de alguns dos carros de Velozes e Furiosos 7

Dalmo Hernandes

O guia de versões especiais do Ford Mustang | Parte 4: a quinta geração

Leonardo Contesini