A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Sessão da manhã

Este onboard no Nissan 370Z de drift de Chris Forsberg é a coisa mais intensa que você vai ver hoje

São só 44 segundos, mas eles valem a pena: neste onboard, você verá pelos olhos do atual campeão da Fórmula Drift Chris Forsberg como é dar uma volta no circuito de rua de Long Beach ao volante de um Nissan 370Z preparado durante uma sessão de treinos para a primeira etapa da temporada de 2015. Insano.

A temporada 2015 da Fórmula Drift começou no último fim de semana, nos dias 10 e 11 de abril. O circuito de Long Beach, palco da etapa inaugural, existe desde 1975 e já abrigou provas da Fórmula 1 entre 1976 e 1983, e da Fórmula Indy de 1984 até hoje. A Fórmula Drift é disputada no circuito desde 2006 — e a etapa de Long Beach é considerada uma das mais difíceis: as curvas são de alta velocidade, mas a pista é estreita e o espaço entre o carro e o muro é ínfimo. Qualquer pequeno erro pode significar o fim da bateria — o que não acontece no vídeo abaixo, gravado dias antes da competição.

Se, olhando de fora, a precisão do traçado seguido pelos carros faz o dorifuto parecer fácil, quase automático, nada como uma visão do ponto de vista do piloto para ver que isto poderia não estar mais longe da verdade: correções no volante e trocas de marcha no câmbio sequencial são constantes, e não são raros os momentos em que o cockpit fica cheio de fumaça de pneu — às vezes, o piloto mal enxerga o que vem à frente.

forsberg (3)

No entanto, se há um piloto capacitado para o que faz, este piloto é Forsberg. Ele é um dos poucos que competiram em todas as temporadas desde o início da Fórmula Drift, em 2004. Dono de sua própria equipe, a Chris Forsberg Racing, desde 2007, Forsberg é bicampeão da Fórmula Drift, ficando com os títulos de 2009 e 2014.

forsberg

 

Seu carro atual é um Nissan 370Z equipado com um motor V8 — mas, diferentemente da maioria dos carros que competem no circuito de drift americano, não se trata de um crate engine Chevrolet (como o incrível e herege Passat V8 de Tanner Foust), e sim de um legítimo motor Nissan: o V8 de 5,6 litros com duplo comando no cabeçote e quatro válvulas por cilindro, usado na picape Nissan Titan. Originalmente, o VK56 entrega 305 cv, mas a preparação no carro de Forsberg inclui um sistema de injeção BigStuff3 e sistema de óxido nitroso — levando a potência para quase 1.000 cv.

Com ele, Forsberg conseguiu a nona posição na etapa de inauguração do campeonato. O vencedor foi o norueguês Fredric Aasbo — que já vimos aqui ao lado de Anders Grondal nos ensinando os segredos de pilotar rápido na neve. De qualquer forma, o vídeo abaixo mostra que, independentemente da posição do piloto, a competição da Fórmula Drift é de altíssimo nível.

Agora, Forsberg não pilota de lado apenas seu 370Z — a paixão pelos Z-Cars da Nissan já o levou a deslizar pelo asfalto ao volante de um clássico 280Z (a terceira geração do Nissan S30) equipado com o motor RB26DETT de um Skyline GT-R, preparado para render pelo menos 500 cv. O vídeo é uma ação da Clarion, fabricante de sistemas multimídia para automóveis que patrocina a equipe de Forsberg na Fórmula Drift, mas não significa que não seja uma boa maneira de gastar três minutos do seu dia.

 

 

Matérias relacionadas

Este vídeo vai te mostrar de uma vez por todas porque o Nissan Fairlady 240Z é um carro tão apaixonante

Dalmo Hernandes

De carona com um Toyota Chaser de 1.000 cv na touge mais famosa do Japão

Dalmo Hernandes

Godzilla vs. Godzilla: como o Nissan Skyline GT-R R34 se sai contra seu sucessor, o atual GT-R?

Dalmo Hernandes