A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Achados meio perdidos Zero a 300

Este Peugeot 406 Coupé com motor V6 e câmbio manual está à venda

Os carros importados franceses dos anos 1990 têm um grupo fiel de admiradores. Eles são carros cheios de personalidade, geralmente com design para lá de atraente, no caso dos esportivos, com desempenho bem interessante e dinâmica refinada. Também são carros relativamente temperamentais, que por vezes precisam de componentes meio chatinhos de encontrar e precisam de mão de obra bem qualificada – o que felizmente não é algo impossível de encontrar hoje em dia, especialmente porque alguns dos entusiastas dos automóveis franceses acabaram se envolvendo tanto com seus carros favoritos e se dedicando a eles que acabaram tornando-se especialistas.

Se o que você quer é um cupê da virada dos anos 1990 (e, se você está lendo isto, é provável que ao menos considere a ideia), tem uma boa rede de contatos e se interessa pela ideia de pagar por ele menos que o preço de um compacto de entrada zero km, então o Achado meio Perdido de hoje merece sua atenção: um Peugeot 406 Coupé 1997 com motor V6 e câmbio manual. Ele está anunciado no GT40, e você vai saber mais sobre ele agora.

WhatsApp Image 2018-08-20 at 13.29.20

O Peugeot 406 Coupé foi o carro que a Peugeot trouxe para o Brasil para rivalizar com outras ofertas do gênero – cupês europeus feitos sobre carros médios de tração dianteira, nos moldes do Chevrolet Calibra e do Fiat Coupé. Ocasionalmente estes carros recebiam tração nas quatro rodas e turbos, mas estas versões mais potentes eram restritas ao Velho Mundo. Isto às vezes nos deixa meio magoados só de lembrar, mas a verdade é que mesmo em versões mais simples estes carros eram interessantes. O Calibra tinha o belo quatro-cilindros C20XE de dois litros, 16 válvulas e 150 cv (o mesmo motor do Vectra GSi) e o Fiat Coupé usava um 2.0 16v de 137 cv (o mesmo motor do Tipo Sedicivalvole).

WhatsApp Image 2018-08-20 at 13.29.24 (1)

O que o Peugeot 406 Coupé tinha? Na verdade ele era um carro de maior porte que os citados rivais, e tinha mecânica de acordo: um V6 de tês litros com comando duplo no cabeçote e quatro válvulas por cilindro. Era o bastante para entregar 210 cv e câmbio manual de cinco marchas. O carro ia de zero a 100 km/h em cerca de 9,5 segundos, com máxima superior a 230 km/h, segundo a Peugeot. A suspensão independente nas quatro rodas (McPherson na dianteira e multilink na traseira) garante dinâmica correta para um carro com sua proposta. Mas o visual do carro é o grande chamariz: a carroceria desenhada pelo estúdio italiano Pininfarina é bem mais moderna e arrojada do que os (também muito bonitos) sedã e perua do 406, que eram mais discretos e retilíneos. Por outro lado, o 406 Coupé nunca teve uma versão com tração nas quatro rodas.

WhatsApp Image 2018-08-20 at 13.29.20 (1)

WhatsApp Image 2018-08-20 at 13.29.27 (1)

O 406 Coupé 1997 anunciado no GT40 pertence a Samuel, de São Paulo/SP. Ele diz que comprou o carro há alguns meses com parte de uma negociação mas acabou gostando e ficando com ele para uso diário. Conta também que mandou fazer uma revisão logo de cara no conjunto de motor e câmbio e nos freios.

O carro tem revestimento interno de couro e, entre os equipamentos, traz ar-condicionado digital, cruise control, airbags e sensor de chuva. Samuel diz que tudo funciona perfeitamente e que o Peugeot está muito bem conservado, com a pintura toda original e estrutura muito íntegra, assim como a carroceria. Existem alguns detalhes na pintura dos para-choques, e também algumas marcas no revestimento dos bancos.

WhatsApp Image 2018-08-20 at 13.29.26 (1) WhatsApp Image 2018-08-20 at 13.29.25

Além disso, Samuel diz que o carro precisa de uma revisão na suspensão, com troca das buchas e amortecedores. Esta é uma das razões do preço que, de fato, está abaixo da média para o modelo.

WhatsApp Image 2018-08-20 at 13.29.26 WhatsApp Image 2018-08-20 at 13.29.29 (1) WhatsApp Image 2018-08-20 at 13.29.18 (1)

Samuel diz que está usando o 406 Coupé com certa frequência, mas nós enxergamos nele potencial para um bom project car para curtir aos fins de semana e, principalmente, para viajar.

Se você ficou interessado nas possibilidades, clique aqui para acessar o anúncio e pegar os contatos do dono.

inbanner-fim-post


“Achados Meio Perdidos” é o quadro do FlatOut! no qual selecionamos e comentamos anúncios do GT40.com.br de carros interessantes ao público gearhead, como veículos antigos, preparados, exclusivos e excêntricos. Não se trata de publieditorial. Não nos responsabilizamos pelas informações publicadas nos anúncios nem pelas negociações decorrentes – todos os detalhes devem ser apurados atenciosamente com o anunciante!

Matérias relacionadas

Alfa Romeo Stelvio é o novo SUV mais rápido em Nürburgring, BMW Série 2 terá versão sedã, carros da F1 estão até 30 km/h mais rápidos em curvas e mais!

Leonardo Contesini

Emerson Fittipaldi correndo de Kia, Audi acusada de fraudar emissões de novo, híbridos e elétricos terão incentivo no Brasil e mais!

Leonardo Contesini

Este Mustang SVT Cobra tem visual exclusivo e 600 cv – e está à venda!

Dalmo Hernandes