A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Achados meio perdidos

Este pode ser o Alfa Romeo 164 que você estava esperando: motor V6, câmbio manual, bem conservado e à venda!

Há um culto cada vez maior aos Alfa Romeo no Brasil — e as razões são simples de entender. Além de estarem chegando aos 30 anos de idade (faltam só seis anos para que eles possam receber a placa preta), os Alfa Romeo que tivemos aqui são sempre apaixonantes, seja por seu visual ou mecânica.

Sendo assim, é difícil encontrar um entusiasta que, ao menos uma vez na vida, não tenha desejado para si um Alfa Romeo 164. E este belo exemplar está, veja só, à venda.

Na verdade o Alfa Romeo 164 foi o primeiro carro a aportar no Brasil depois que as importações foram liberadas em 1990 — e, pensando bem, foi uma bela estreia. Era um sedã grande e imponente, dotado de um motor V6 de três litros que, na versão com 12 válvulas, entregava 192 cv e era acoplado a um câmbio manual de cinco marchas. O visual — de autoria de Enrico Fumia,  da Pininfarina — com linhas retas e pesadas tinha sua elegância, e o interior era dos mais luxuosos que se via no Brasil na época.

alfa164 (5) alfa164 (6)

A suspensão independente nas quatro rodas (McPherson na dianteira e com braços sobrepostos na traseira) garantia uma dinâmica afiada mesmo com a tração dianteira, e o desempenho do motor de 192 cv a 5.800 rpm e 25 mkgf de torque a 3.000 rpm era dos melhores — 0-100 km/h em 8,7 segundos e máxima de 201 km/h.

Em 1995, porém, veio o melhor 164 de todos: a versão super, com o mesmo V6 de três litros, mas desta vez com cabeçotes de comando duplo e 24 válvulas. O resultado: 215 cv a 6.300 cv e 27,5 mkgf de torque a 5.000 rpm, o bastante para chegar aos 100 km/h em 8,1 segundos com máxima de 230 km/h.

alfa164 2

O Alfa 164 ainda duraria dois anos no mercado, tendo como principal concorrente o Omega. Contudo, em 1997  o 164 deixaria de ser importado — com mais de 6.700 unidades oficialmente em solo nacional. Ele deixou saudades e tem uma sólida base de fãs dedicados até hoje.

O carro das fotos, anunciado no site Sul Revendas, é um 164 V6 12v 1995. Está extremamente bem conservado e, se tem detalhes, não dá para ver nas fotos. O lado de fora traz pintura, detalhes de acabamento e rodas impecáveis, e o anúncio no site faz questão de dizer que os pneus estão em bom estado. A situação se repete no interior, com couro impecável nos bancos e revestimentos de porta e todos os acabamentos no lugar. O cofre, quando aberto, revela um motor limpo e exibindo orgulhosamente seus coletores cromados.

alfa164 (7)

Mas outro grande atrativo deste carro é, sem dúvida, o fato de ele ter câmbio manual — normalmente os carros eram  equipados com o câmbio automático de quatro marchas, opcional introduzido em 1993. Há alguns meses, esta seção trouxe um Alfa 164 nesta mesma cor, fabricado no mesmo ano (1995) e com câmbio manual — mas este nos parece ainda mais bem cuidado.

O preço? R$ 22.000 — um preço acima da média, mas o estado de conservação o justifica. Na verdade, um Alfa 164 nestas condições costuma beirar os R$ 30 mil, o que torna a etiqueta deste carro até que atraente. O que você nos diz?

alfa164 3

[ via Sul Revendas / Sugestão do leitor Felipe ]


“Achados Meio Perdidos” é o quadro do FlatOut! na qual selecionamos e comentamos anúncios de carros interessantes ao público gearhead, como veículos antigos, preparados, exclusivos e excêntricos. Não se trata de uma reportagem aprofundada e não nos responsabilizamos pelas informações publicadas nos anúncios – todos os detalhes devem ser apurados com o anunciante.

Matérias relacionadas

Uma legítima Toyota Tacoma americana com motor V6 à venda no Brasil? Sim!

Dalmo Hernandes

Procurando um hot hatch francês? Este Peugeot 205 turbo de 184 cv está à venda!

Dalmo Hernandes

Este raro Chevrolet Chevette S/R tem placa preta e está à venda

Dalmo Hernandes
error: Direitos autorais reservados