Edição diária: 20/06/2019
FlatOut!
Image default
Achados meio perdidos GT40 Classificados

Este Pontiac Firebird Formula com motor preparado e 400 cv está à venda no Brasil

O Pontiac Firebird não tem a mesma popularidade de seu irmão de plataforma, o Camaro – é preciso ter certo nível de conhecimento para ser um admirador do Firebird. O que não é demérito algum, pelo contrário. E se você é apreciador do Firebird, talvez queira dar uma olhada neste exemplar anunciado no GT40: um Formula com motor small block 350, preparado para entregar 400 cv.

A versão Formula foi apresentada no ano de 1970, quando estreou a segunda geração do Pontiac Firebird – cuja dianteira inclinada com grade bipartida foi a inspiração para a primeira reestilização do Chevrolet Chevette em 1978.

O Firebird Formula era o modelo intermediário, acima da versão básica e abaixo do Trans-Am. De série o motor era um V8 de 350 pol³ (5,7 litros), de fabricação própria da Pontiac (na contramão das outras divisões da GM, como Oldsmobile e Chevrolet, a Pontiac teve seus próprios motores até 1981), com carburador de corpo duplo, capaz de entregar 155 cv a 3.600 rpm e 38 mkgf de torque.

img_136520_4_a9728dc8-d5b2-4de5-bb2c-650608e759b6

No entanto, em 1974 a versão Formula era a que mais tinha motores opcionais: um V8 de 400 pol³ (6,6 litros) com carburador de corpo duplo e 190 cv; o mesmo motor com carburador de corpo quádruplo e 225 cv; um V8 de 455 pol³ (7,45 litros) com carburador de corpo quádruplo e 250 cv; e uma versão deste último com bloco reforçado, comando mais agressivo e admissão retrabalhada para entregar 290 cv. Parecem números pequenos para a época, mas estamos falando do ano seguinte à crise do petróleo de 1973, e as fabricantes começara a adotar os números de potência e torque líquidos em vez de brutos, como forma de lidar com a propaganda negativa a respeito do consumo e dos níveis de emissão de poluentes dos muscle cars. Outras fabricantes foram ainda mais agressiva e estrangularam bastante seus motores, mas a Pontiac decidiu que não chegaria a tanto.

img_136536_4_a9728dc8-d5b2-4de5-bb2c-650608e759b6

De qualquer forma, o motor V8 350 do Pontiac Firebird Formula de Marco Campedelli, de São Paulo/SP, já não é mais original há tempos. Ele conta que o carro, que foi fabricado em 1974, está em sua família há mais de 20 anos – o carro foi comprado por seu pai em meados da década de 1990 – segundo Marco, o Firebird era um dos lotes de um leilão e estava com um preço bastante atraente. A partir daí, o pai de Marco dedicou-se a cuidar do carro e, com o passar do tempo, decidiu também modificá-lo.

A configuração mais recente do carro tem cerca de um ano. O bloco do motor 350 foi retificado e um par de cabeçotes Brodix com maior fluxo foi instalado. Os pistões agora são forjados, e o sistema de ignição é um MSD Blaster SS. Foram instalados também alguns componentes Holley, como o carburador e a bomba de combutível. O resultado, segundo Marco, são cerca de 400 cv. A transmissão, uma TH350 automática de três marchas, também foi refeita.

img_136532_4_a9728dc8-d5b2-4de5-bb2c-650608e759b6

Há algumas outras modificações espalhadas pelo carro. Do lado de dentro, pode-se ver um conta-giros aftermarket da Auto Meter com luz indicadora de troca de marcha e os bancos dianteiros são do tipo concha. Por fora, o carro tem pneus Cooper Cobra Radial G/T, freios novos e rodas de época, fabricadas nos anos 70. A suspensão tem buchas Energy Suspension e teve diversos componentes substituídos na última revisão, como braços, barras estabilizadoras, suporte do câmbio e pontas de eixo.

WhatsApp Image 2017-12-11 at 16.09.41

No mais, em termos de aparência e acabamento, o carro é original – incluindo o couro do banco traseiro e das portas, o revestimento do teto e os detalhes em madeira no painel de instrumentos, o volante, os retrovisores e as lanternas traseiras.

img_136544_4_a9728dc8-d5b2-4de5-bb2c-650608e759b6 img_136540_4_a9728dc8-d5b2-4de5-bb2c-650608e759b6

Aparentemente bem conservado e com modificações bastante interessantes, este Pontiac Firebird pode ser o carro perfeito para quem procura um muscle car com visual quase-stock e uma dose extra de pimenta. Se é este seu caso, é só clicar aqui para acessar o anúncio e pegar os contatos do dono.

inbanner-fim-post


“Achados Meio Perdidos” é o quadro do FlatOut! no qual selecionamos e comentamos anúncios do GT40.com.br de carros interessantes ao público gearhead, como veículos antigos, preparados, exclusivos e excêntricos. Não se trata de publieditorial. Não nos responsabilizamos pelas informações publicadas nos anúncios nem pelas negociações decorrentes – todos os detalhes devem ser apurados atenciosamente com o anunciante!

Matérias relacionadas

O que você faria com este motor de Ferrari Enzo que encontramos à venda?

Dalmo Hernandes

Este raro VW Gol GTI GIII 16V foi um dos últimos com o motor 2.0 16v – e é nosso Achado Meio Perdido de hoje

Gustavo Henrique Ruffo

Por R$ 48 mil, este Opala V8 350 é um verdadeiro muscle car

Dalmo Hernandes