FlatOut!
Image default
Achados meio perdidos GT40 Classificados Zero a 300

Este Porsche 928 1978 já foi da concessionária Dacon – e agora está à venda!

Se a reputação e a excelência do Porsche 911 são praticamente unanimidade, o mesmo não pode ser dito daquele que deveria ser seu substituto: o Porsche 928. Em 1977, o pessoal de Stuttgart achou que a receita do 911, com motor boxer arrefecido a ar pendurado na traseira, estava com os dias contados – e decidiu que ele seria um cupê com visual futurista, pegada grand tourer e um motor V8 na dianteira.

Ainda não é assinante do FlatOut? Considere fazê-lo: além de nos ajudar a manter o site e o nosso canal funcionando, você terá acesso a uma série de matérias exclusivas para assinantes – como conteúdos técnicoshistórias de carros e pilotosavaliações e muito mais!

 

FLATOUTER

Membro especial, com todos os benefícios: acesso livre a todo o conteúdo do FlatOut, participação no grupo secreto no Facebook (fique próximo de nossa equipe!), descontos em nossa loja, oficinas e lojas parceiras!

A partir de

R$20,00 / mês

ASSINANTE

Plano feito na medida para quem quer acessar livremente todo o conteúdo do FlatOut, incluindo vídeos exclusivos para assinantes e FlatOuters.*

De R$14,90

por R$9,90 / mês

*Não há convite para participar do grupo secreto do FlatOut nem há descontos em nossa loja ou em parceiros.

A tal substituição jamais aconteceu e o Porsche 928 definitivamente não goza do mesmo prestígio que o Nine-Eleven, mas já se tornou um clássico cult. E, se a ideia de ter um exemplar do 928 na garagem te agrada, você vai curtir o Achado meio Perdido de hoje.

Não era a primeira vez que o Porsche colocava o motor na dianteira de um carro – o 924, modelo “de entrada” da fabricante desenvolvido em parceria com a VW, foi lançado em 1976. Mas o Porsche 924 usava um motor de quatro cilindros com bloco Volkswagen e cabeçote Porsche. O Porsche 928 apostava em um V8 de 4,5 litros totalmente novo, com comando simples nos cabeçotes, quatro válvulas por cilindro e injeção Bosch K-Jetronic. O motor tinha 240 cv e 37 mkgf de torque, e era ligado a uma caixa manual de cinco marchas montada na traseira, a fim de melhorar a distribuição de peso e torná-lo mais estável e equilibrado nas curvas. E ainda levava o 928 de zero a 100 km/h em 7,5 segundos, com máxima de 230 km/h.

WhatsApp Image 2018-11-01 at 11.16.37 (1)

O Porsche 928 foi imediatamente bem recebido em sua apresentação, durante o Salão de Genebra de 1977. Mas as vendas, que começaram ainda naquele ano como modelo 1978, não decolaram. Além de ser um carro mais caro que o 911, o Porsche 928 não conquistou os porschistas mais radicais – que ainda faziam questão do boxer arrefecido a ar montado na traseira.

O fracasso do 928 deu origem a um período duro para a Porsche – a ponto de o ano de 1980 ser o primeiro que a fabricante fechou com prejuízo. Por conta disto, o CEO Ernst Fuhrmann deixou o cargo. Fuhrmann já era o executivo-chefe da Porsche desde 1972, e havia partido dele a iniciativa de fazer do 928 o sucessor do 911. Peter Schutz, que assumiu o posto de Fuhrmann, tinha outros planos: para ele o 911 ainda tinha muito potencial e o 928 poderia se encaixar como uma alternativa mais luxuosa e cara. E assim o 928 foi produzido até 1995, passando por sucessivas atualizações – no fim da vida, ele tinha um motor V8 de 5,4 litros e 350 cv.

WhatsApp Image 2018-11-01 at 11.16.33WhatsApp Image 2018-11-01 at 11.16.34

O exemplar anunciado no GT40 pertence a Denis, de São Paulo/SP, e foi fabricado em 1978 – ou seja, ele faz parte da primeira leva. Denis diz que o carro tem uma história interessante: o 928 foi trazido zero-quilômetro para o Brasil e seu primeiro dono foi Paulo Goulart, fundador da famosa concessionária Dacon. Originalmente a carroceria era prata – é possível vê-lo em frente ao prédio da Dacon em algumas fotos da época.

928-7

Poucos meses depois da compra o carro foi pintado de preto, cor que mantém até hoje. Denis afirma que o 928 pertenceu a dois conhecidos seus antes passar para suas mãos, e que ambos cuidavam muito bem do carro. Ele diz que possui registros de toda a manutenção realizada nos últimos anos, incluindo serviços como trocas de correia dentada; revisões na mecânica, suspensão e freios; instalação de componentes novos como injetores e caixa de direção.

Segundo Denis o estado geral do carro é bom, com alguns pequenos detalhes a acertar – nada que surpreenda em um esportivo fabricado há 40 anos, porém. A pintura está em muito bom estado, assim como o interior, que já teve revestimento de couro refeito no padrão original.

WhatsApp Image 2018-11-01 at 11.16.36 (4) WhatsApp Image 2018-11-01 at 11.16.36 (3) WhatsApp Image 2018-11-01 at 11.16.36 (2)

Um ponto interessante deste 928 é o fato de ser um exemplar de especificação europeia. Denis diz que a maioria dos exemplares à venda no Brasil é da versão americana que, por conta das leis de emissões mais rígidas, era estrangulada – tinha 220 cv, ou 20 cv a menos que o modelo vendido na Europa. Além disso, carros com câmbio manual também são mais difíceis de encontrar.

WhatsApp Image 2018-11-01 at 11.16.32 (1) WhatsApp Image 2018-11-01 at 11.16.37 (2)

Por ser um carro “renegado”, o Porsche 928 não atingiu o mesmo patamar de preço que o 911. O que significa que ele é mais acessível que um 911 da mesma época – e pode torná-lo uma boa opção para quem procura seu primeiro Porsche e não se incomoda em sair do lugar-comum. Além disso, os exemplares da primeira fase já começaram a valorizar lá fora.

Deniz finaliza dizendo que o 928 possui toda a documentação regularizada, incluindo uma cópia do certificado de importação. Se ficou interessado, você pode clicar aqui para acessar o anúncio e pegar os contatos do proprietário.

inbanner-fim-post


“Achados Meio Perdidos” é o quadro do FlatOut! no qual selecionamos e comentamos anúncios do GT40.com.br de carros interessantes ao público gearhead, como veículos antigos, preparados, exclusivos e excêntricos. Não se trata de publieditorial. Não nos responsabilizamos pelas informações publicadas nos anúncios nem pelas negociações decorrentes – todos os detalhes devem ser apurados atenciosamente com o anunciante!

Matérias relacionadas

Este raro Chevrolet Chevette S/R tem placa preta e está à venda

Dalmo Hernandes

Ford lança novo Focus no Brasil, Jeremy Clarkson confirma novo programa, o visual do novo Alfa Giulia e mais!

Leonardo Contesini

Um Gol com acessórios Dacon, uma perua Chevrolet Malibu americana, um Opala SS com motor 0km e mais novidades no GT40!

Dalmo Hernandes