A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Sessão da manhã

Este rat rod  monstro com motor V8 turbodiesel de 500 cv parece ter fugido do inferno

Rat rods certamente estão entre as vertentes automotivas que mais dividem opiniões, mas não tem como não curtir um negócio desses: uma picape com motor turbodiesel enferrujada, barulhenta, rápida e com personalidade de sobra.

O legal dos rat rods é que eles são feitos usando peças de vários carros diferentes e, por isso, não existem dois carros iguais — e os caras misturam marcas sem medo de irritar os mais conservadores. Eles fazem carros para si mesmos, mas acabam chamando a atenção de muita gente.

Esta picape, por exemplo: trata-se de uma Chevrolet Advance Design, vendida entre 1947 e 1955, equipada com um motor Ford Powerstroke, um V8 a diesel (não confundir com o Power Stroke da Ford Ranger, um quatro-cilindros desenvolvido pela MWM International) turbinado capaz de entregar mais de 500 cv e 122 mkgf de torque (!!). Heresia? Pode até ser, mas você vai esquecer de tudo ao vê-la acelerar.

No vídeo, o dono Troy Gubser mostra alguns detalhes da picape, como a suspensão a ar, o câmbio manual ZF de cinco marchas, o tanque de combustível na caçamba, o botão na traseira que diz “aperte” e aciona uma buzina de ar comprimido altíssima e o engate para rebocar um trailer. Ele conta que o projeto levou cinco meses para ficar pronto.

E ele não faz feio na arrancada — os 402 metros são percorridos em 14,8 segundos —, mas nem foi feito para isto. O negócio de Troy e ouvir o ronco do motor, ver a fumaça preta saindo dos tubos de escape verticais e se divertir ao volante de seu Tom Mate from hell.

gubser

[ Foto: Troy Gubser ]

Matérias relacionadas

Acelere com esta coletânea de vídeos da Best Motoring International/Hot Version

Dalmo Hernandes

Este rabecão de 1.000 cv é o jeito mais rápido de fazer sua última viagem

Dalmo Hernandes

AE86 Sprinter Trueno: como a Toyota transformou um Corolla em um carro tão divertido?

Dalmo Hernandes