A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Projetos Gringos Vídeo

Este smart ForTwo quase devorou um Shelby GT500 na arrancada

Apesar de suas qualidades, o smart ForTwo não é o carro mais popular do mundo entre os entusiastas — o que torna este smart algo muito interessante: com o motor 1.5 de um Toyota Paseo, ele dá uma bela canseira no muscle.

“Mas só o motor novo basta?” Não, evidentemente. O quatro-cilindros de 100 cv originais recebeu a ajuda de um compressor mecânico para andar tanto. Quantos cv ele tem agora? Não fica claro, mas saber que o V8 de 5,8 litros, também com compressor mecânico, do GT500 entrega até 671 cv nos dá uma dimensão do quanto este smart anda.

Uma resposta até meio óbvia surge se compararmos o peso dos carros: o smart, quando original, pesa no máximo 795 kg, enquanto o GT500 pesa praticamente uma tonelada a mais, com 1.750 kg. Naturalmente, o smart precisa de bem menos força para atingir a mesma velocidade.

No fim, é de se pensar que o deslocamento venceu mais uma vez, só que a descrição do vídeo diz que o smart arrebentou as engrenagens do compressor mecânico quando aterrissou depois da empinada, e por isto ficou para trás nos últimos instantes. Conversa? Não dá para ter certeza. O que dá para ter certeza é de que o ‘Stang virou o quarto-de-milha em 13,67 s , enquanto o smart conseguiu 13,90 s. Impressionante, quaisquer que sejam as circunstâncias.

Talvez se o smart fosse este — uma pequena aberração movida por um V8 Chevy big block de 462 pol³ (7,6 litros), o resultado fosse outro. O carro — que está mais para um motor com uma carroceria de smart em volta — consegue virar o quarto-de-milha em 11,74s a 184 km/h. Mas isto poderia ocasionar uma briga feia entre os fãs de Ford e Chevrolet — melhor deixar quieto…

Matérias relacionadas

Como o “Modo Valet” protege o seu carro de manobristas mal-intencionados

Dalmo Hernandes

GD T70: a experiência de pilotar um carro de corrida clássico com mecânica e tecnologia modernas

Dalmo Hernandes

115 cv a 12.000 rpm: este Honda N600 com o motor de uma VFR800 é um hot rod em miniatura

Dalmo Hernandes