FlatOut!
Image default
Achados meio perdidos Zero a 300

Este Subaru Impreza GT 2.0 Turbo bem cuidado e melhorado está à venda!

O Subaru Impreza, modelo mais conhecido e idolatrado da fabricante japonesa, foi lançado em 1992. Foi um belo timing para os brasileiros – as importações já estava liberadas havia dois anos e o Brasil era visto como um mercado com grande potencial pelas companhias estrangeiras. Tanto que o Impreza começou a ser importado para cá ainda naquele ano.

O Impreza WRX de primeira geração, com motor boxer turbo de 240 cv e tração nas quatro rodas, não foi vendido no Brasil de forma oficial. E também não tivemos a versão com carroceria de duas portas (código GM) – apenas o sedã (GC) e a perua (GF), que na versão GL podiam ter motor boxer naturalmente aspirado de 1,6 litro e 90 cv ou 1,8 litro e 110 cv.

img_325416_4_6e93dca0-2b48-4c39-b81b-08edb16917e1

Havia, porém, uma opção bem interessante: o Impreza GT, que tinha um motor 2.0 turbo de 218 cv e tração integral, além de visual mais próximo do que se via no WRX – que, como você deve saber, era a versão de homologação do Impreza que corria no Campeonato Mundial de Rali, o WRC, e entrou para a história com o escocês Colin McRae ao volante. Só para relembrar: com o Impreza WRX de primeira geração a Subaru conquistou o título de construtores do WRC em 1995, 1996 e 1997, sendo que em 1995 McRae foi o campeão entre os pilotos.

img_325404_4_6e93dca0-2b48-4c39-b81b-08edb16917e1

Nosso Achado meio Perdido de hoje, anunciado no GT40, é justamente um Impreza GT 2.0, fabricado em 1998. O carro está em um estado de conservação difícil de encontrar hoje em dia, e ainda vem com algumas melhorias interessantes em relação ao original.

O carro pertence a Bruno Toshio Abe Lopes, de São Paulo/SP. Bruno conta seu pai comprou o carro das mãos do primeiro dono em 2000, e que em 2010 seu pai lhe vendeu o carro – ou seja, Bruno é o terceiro dono do Impreza e o carro está em sua família há dezoito anos.

img_325408_4_6e93dca0-2b48-4c39-b81b-08edb16917e1

Como dissemos, originalmente o Impreza GT 2.0 vinha com o motor EJ20 com turbo e 218 cv. A potência máxima aparecia 5.600 rpm, enquanto o pico de torque de 29,6 mkgf vinha às 4.000 rpm. Com câmbio manual de cinco marchas, a força era suficiente para levar o sedã de zero a 100 km/h em 6,3 segundos, com máxima de 231 km/h.

img_325400_4_6e93dca0-2b48-4c39-b81b-08edb16917e1

Bruno afirma, contudo, que sob seus cuidados o carro recebeu algumas modificações. A mais importante delas foi a instalação de uma turbina VF35, igual à do Impreza WRX STi. Além disso o motor passou por uma reprogramação eletrônica com Unichip, acertado com gasolina Podium (com octanagem 97 IAD). Bruno diz que o carro não teve a potência aferida em dinamômetro, mas que a mesma foi estimada em cerca de 280 cv. O carro também ganhou um sistema de escape todo feito de inox.

Para dar conta da potência extra os freios receberam pinças do Impreza WRX 2003. Além disso, foram instaladas molas H&R. Os demais detalhes do carro são originais de fábrica, incluindo rodas, para-choques, faróis, lanternas e emblemas. Por dentro a situação é a mesma.

IMG-20180903-WA0005 IMG-20180903-WA0006

O carro aparenta bom estado de conservação, com apenas alguns sinais de desgaste em áreas críticas, como o volante – o que não é nada anormal em um carro fabricado há 20 anos com 150.000 km rodados. Bruno observa que o carro está com o setup atual há pelo menos oito anos e diz que o mesmo é muito confiável e jamais lhe deu dores de cabeça. Ele diz também que o carro é usado com certa frequência e que, sendo assim, toda a manutenção é sempre mantida em dia.

img_325384_4_6e93dca0-2b48-4c39-b81b-08edb16917e1

Embora não seja um carro extremamente raro no Brasil, o Impreza GT 2.0 é um daqueles modelos cuja maioria dos exemplares não teve um final feliz – ou foram muito modificados ou simplesmente castigados demais. Os poucos exemplares íntegros que sobraram geralmente estão com quem não pretende se desfazer deles tão cedo. A raridade, nesse caso, está mais ligada à disponibilidade de um Impreza GT 2.0 nestas condições do que na quantidade de exemplares existentes.

Ficou interessado? É só clicar aqui para acessar o anúncio e pegar os contatos do dono.

inbanner-fim-post


“Achados Meio Perdidos” é o quadro do FlatOut! no qual selecionamos e comentamos anúncios do GT40.com.br de carros interessantes ao público gearhead, como veículos antigos, preparados, exclusivos e excêntricos. Não se trata de publieditorial. Não nos responsabilizamos pelas informações publicadas nos anúncios nem pelas negociações decorrentes – todos os detalhes devem ser apurados atenciosamente com o anunciante!

Matérias relacionadas

Ferrari FXX K terá versão Evo, Denatran regulamenta multas para pedestres e ciclistas, o primeiro teste do carro supersônico de 1.600 km/h e mais!

Leonardo Contesini

Recall do Agile e Classic, a nova Ranger Sport, os usados mais vendidos e mais!

Leonardo Contesini

O que podemos aprender com Irv Gordon, o homem que rodou mais de 5 milhões de km com seu Volvo

Dalmo Hernandes