A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Achados meio perdidos Zero a 300

Este Subaru Impreza WRX sedã preparado com 350 cv está à venda

Dizem que não há nada tão bom que não possa ser melhorado – este é praticamente o mote da preparação automotiva. E o Subaru Impreza WRX não é exceção, como bem mostra nosso Achado meio Perdido de hoje, um exemplar do WRX sedã de terceira geração com um pouquinho de pimenta extra. O carro está anunciado no GT40, e nós vamos conhecê-lo melhor agora.

A terceira geração do Impreza foi lançada em 2007 e fabricada até 2014. Foi a mudança mais radical do modelo em termos de design: enquanto a segunda geração seguia as proporções gerais da primeira, modificando a identidade visual e o interior, a terceira geração adotou uma silhueta mais arrojada, com formas mais arredondadas e agressivas e um interior mais sofisticado.

img_273908_4_eacb5bec-e3a1-4b9e-ba01-386c61e22ece

Quando a versão WRX foi apresentada, soube-se que o motor boxer EJ25, de 2,5 litros, era praticamente o mesmo da geração anterior – mesmos componentes internos e mesma turbina (a TD04, fabricada pela Mitsubishi – que coisa, não?), apenas com um novo intercooler e um novo coletor de admissão. A potência era de 230 cv, e o WRX 2007 era capaz de ir de zero a 100 km/h em menos de seis segundos.

img_273912_4_eacb5bec-e3a1-4b9e-ba01-386c61e22ece

Agora,  o fato de manter a mecânica da geração anterior praticamente inalterada gerou críticas à Subaru por parte do público. Assim, para o ano/modelo de 2009, foram promovidas mudanças mais significativas no motor EJ55, que ganhou um nova turbina (a VF52, da IHI), e passou a entregar 270 cv. Com isto, o tempo de zero a 100 km/h caiu para menos de cinco segundos. Além disso, o carro ganhou molas, amortecedores e barras estabilizadoras mais firmes.

img_273932_4_eacb5bec-e3a1-4b9e-ba01-386c61e22ece

De todo modo, nosso Achado meio Perdido de hoje é ainda mais potente. O carro anunciado no GT40 pertence a Raphael de Marco, de Belo Horizonte/MG, que preparou seu WRX 2009 para chegar aos 350 cv e 55 mkgf de torque nas rodas, aferidos em dinamômetro.

img_273904_4_eacb5bec-e3a1-4b9e-ba01-386c61e22ece

O boxer recebeu pistões forjados JE Racing e bielas Manley, também forjadas. Além disso recebeu um intercooler AVO, válvula de alívio HKS e velas NGK Iridium. Também foram instalados injetores de maior vazão da Dynamics, downpipe de 3”, coletor de escape em aço inox Tomei, coletor de admissão em alumínio e um surge tank de inox no porta-malas com duas bombas externas de 12 bar cada uma. O sistema de arrefecimento agora conta com radiadores de alumínio Mishimoto (um deles para o óleo). O motor também passou por uma reprogramação na ECU, e agora roda com etanol. De acordo com Raphael, a pressão de trabalho no turbo é de 1,7 bar.

img_273944_4_eacb5bec-e3a1-4b9e-ba01-386c61e22ece

O WRX também tem embreagem Exedy de cerâmica com seis pastilhas e a quinta marcha do câmbio forjada. A suspensão ganhou amortecedores do WRX STI e molas Eibach, além de uma barra estabilizadora SPT. As rodas são de 18 polegadas da Enkei, forjadas, calçando pneus Yokohama Advan Neova e abrigando freios Brembo Gold. Por dentro, a única modificação visível são os mostradores auxiliares AEM, um de cada lado do volante.

img_273940_4_eacb5bec-e3a1-4b9e-ba01-386c61e22eceimg_273928_4_eacb5bec-e3a1-4b9e-ba01-386c61e22ece

Raphael diz que o carro tem 48.000 km rodados e que é muito bem cuidado, com trocas de óleo a cada 3.000 km e mais de R$ 50.000 investidos em upgrades. Ele também diz que estuda trocas por certos carros, como o Audi TT, o Nissan 350Z e o BMW 335i.

Se você ficou interessado, é só clicar aqui para acessar o anúncio e pegar os contatos do proprietário!

inbanner-fim-post


“Achados Meio Perdidos” é o quadro do FlatOut! no qual selecionamos e comentamos anúncios do GT40.com.br de carros interessantes ao público gearhead, como veículos antigos, preparados, exclusivos e excêntricos. Não se trata de publieditorial. Não nos responsabilizamos pelas informações publicadas nos anúncios nem pelas negociações decorrentes – todos os detalhes devem ser apurados atenciosamente com o anunciante!

Matérias relacionadas

Opel Rekord C Schwarze Witwe: o misterioso “Opala de corrida” que você não conhecia

Dalmo Hernandes

As cinco gerações do Toyota Supra se encontram pela primeira vez

Dalmo Hernandes

Estas são todas as Ferrari Special Project feitas até hoje

Dalmo Hernandes