A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Achados meio perdidos

Este Toyota Carina a diesel único no Brasil é um legítimo JDM – e pode ser seu!

É bem comum ver o termo “JDM” sendo aplicado a qualquer carro feito por uma fabricante japonesa, mesmo que seja bem longe do Japão. O que muita gente não sabe (ou prefere ignorar) é que “JDM” significa Japanese Domestic Market, e refere-se a carros produzidos e comercializados no Japão. Sendo assim, nosso Achado Meio Perdido de hoje é a oportunidade perfeita para quem quer um legítimo JDM.

Trata-se de um Toyota Carina de terceira geração, fabricado em 1986. Se você nunca ouviu falar no Toyota Carina, não se preocupe: ele foi produzido entre 1970 e 2001 e, em mais de 30 anos, teve sete gerações diferentes, mas por ter sido comercializado apenas no Japão ele não é muito conhecido em outros países.

carina (19)

Seu nome não é inspirado por uma mulher, e sim pela constelação de Carina, que pode ser vista no hemisfério Sul. A constelação de Carina contém a estrela Canopus, estrela supergigante branca que é uma das mais brilhantes do céu.

carina-cons

O caso é que, em 1981, o Carina chegou a sua terceira geração, que tinha visual bem mais retilíneo que as anteriores, refletindo as tendências de design da época. Além disso, a de terceira geração foi a primeira a contar com um motor a diesel – um quatro-cilindros de 1,8 litro e 65 cv – além dos já consagrados motores a gasolina.

carina (8)

Coincidentemente, este Toyota Carina é equipado com o motor a diesel, acoplado a uma caixa manual de cinco marchas. O carro pertence ao Júnior Silvério, de São Paulo/SP, que o comprou em 2001, em um leilão da Infraero no Campo de Marte. O carro pertencia a um brasileiro que havia morado mais de cinco anos do Japão e tentou trazer o carro consigo quando voltou ao Brasil. No entanto, o procedimento não foi feito da forma correta e, por isto, o carro acabou apreendido assim que desembarcou.

carina (23)

A Infraero registrou e conseguiu emplacar o carro no Brasil, e o mesmo foi utilizado por dois anos dentro da base aérea de Cumbica. Depois disso, foi leiloado. Desde então, Júnior tem utilizado o carro regularmente. De acordo com ele, este é o único Toyota Carina japonês desta geração no País. E, como se não bastasse o motor a diesel, ele ainda tem o volante do lado direito!

carina (6)

Detalhe: é o mesmo volante usado pelo Toyota Supra de segunda geração

Júnior conta que, como é de se esperar de um carro japonês, seu Carina não apresentou problemas sérios nos últimos quinze anos. Componentes como correia dentada e bomba d’água são facilmente encontrados no Paraguai, onde circulam Corolla e Corona equipados com este mesmo motor a diesel. Filtros de ar, óleo e combustível são encontrados no mercado nacional, por terem a mesma numeração de modelos da Toyota presentes por aqui. Componentes de suspensão, como bandejas, buchas e pivôs, podem ser importados com relativa facilidade e, de acordo com Júnior, muitas vezes é mais barato comprar componentes novos de fora do que recondicioná-los no Brasil.

carina (11)

O carro é bem equipado para o ano de fabricação, com vidros elétricos e ar-condicionado originais, e tudo funciona perfeitamente. O interior é completamente original, mas Júnior realizou algumas modificações estéticas simples no carro: faróis pintados de amarelo na dianteira e um jogo de rodas Mangels Orion de 15×7,5” na frente e 15×8” atrás. São rodas muito utilizadas no Ford Maverick e na Ranger. A furação original é 5×114,3, mas neste caso foi refeita para 4×114,3. E sim, a tração é traseira!

carina (24)

O dono diz que o motivo da venda é simples: ele encontrou outro carro que quer muito comprar e precisa do dinheiro. O valor pedido é de R$ 75.000 – o que parece muito mas, considerando que este é muito provavelmente o único exemplar do Carina de terceira geração no Brasil e está muito bem conservado, pode ser interessante para aficionados do JDM. Mas fica o aviso: caso o carro que Júnior deseja comprar seja vendido, o anúncio do Carina no Mercado Livre será removido e o carro continuará com ele.

Portanto, se você se interessou, melhor correr e entrar em contato com Júnior pelo celular (11) 94731-1510 ou pelo email [email protected].

carina (21)

[ Mercado Livre / Fotos: Carlos Aleixo, Camilo Porto, Singlecars via Júnior Silvério]


“Achados Meio Perdidos” é o quadro do FlatOut! na qual selecionamos e comentamos anúncios de carros interessantes ao público gearhead, como veículos antigos, preparados, exclusivos e excêntricos. Não se trata de um publieditorial, tampouco de uma reportagem aprofundada. Não nos responsabilizamos pelas informações publicadas nos anúncios – todos os detalhes devem ser apurados com o anunciante.

Matérias relacionadas

Este Audi S6 tem tração integral, câmbio manual e um cinco-cilindros turbo de 230 cv – e pode ser seu

Dalmo Hernandes

Pensando em comprar um brinquedo de track day? Então se liga neste Clio turbinado!

Dalmo Hernandes

V8 e câmbio manual: este Mustang GT 1995 está à venda no Brasil

Dalmo Hernandes
error: Direitos autorais reservados