A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Achados meio perdidos Carros Antigos

Este VW Fusca 1976 bem cuidado e modificado com muito bom gosto pode ser seu!

Um dos maiores desafios de quem quer comprar um Fusca é encontrar um exemplar íntegro — a não ser, é claro, que sua ideia seja justamente restaurá-lo. Contudo, se você quer “pegar e curtir”, as coisas ficam mais complicadas. O primeiro passo é lembrar que o Fusca é um daqueles casos em que o estado de conservação não tem muita relação com o ano de fabricação. O segundo, aceitar que isto também vale para o preço. E o terceiro, suar para encontrar um carro que te agrade em todos os quesitos.

Nosso “Achado Meio Perdido” de hoje é um belo Fusca. Mas já vamos avisando: se você é dos que preferem carros 100% originais, talvez este carro não seja bem a sua praia. Contudo, se você é fusqueiro e curte um besouro modificado com bom gosto, tratado a pão-de-ló…

fusca-76-achados (3)

O dono do carro, Rafa Souza, é conhecido de boa parte dos leitores e até já contribuiu com o Jalopnik Brasil. Morador do Distrito Federal, ele está com este Fusca há mais de cinco anos — tempo suficiente para levantar o carro e deixá-lo com sua cara.

Trata-se de um Fusca 1976 com motor 1300 ligeiramente modificado com cabeçotes retrabalhados, comando 2AG (igual ao das últimas Kombi com motor refrigerado a ar), coletores de Gol BX, carburadores Solex 32/34 e ignição eletrônica — bem mais confiável que o platinado original. O câmbio é original, de quatro marchas, e as trocas são feitas através de uma alavanca Flat4 Eliminator, com curso mais curto e pomo em madeira.

fusca-76-achados (5)

De acordo com Rafa, que garante ter cuidado melhor do carro do que de si próprio nos últimos anos (mal de quem tem Fusca, dizem), a mecânica do carro está perfeita em termos de motor e câmbio.

A suspensão também foi retrabalhada, usando uma catraca em cada eixo (para regulagem de altura), mangas de eixo deslocadas da EMPI e quadro dianteiro encurtado em 3 cm de cada lado. Todas as molas, buchas e vedações são originais VW. Os amortecedores são a parte que podem fazer os puristas torcerem o nariz, mas Rafa garante que são eficientes: os amortecedores traseiros vieram de uma Chevrolet D-20 e os dianteiros são os mesmos usados no Corsa e no Celta.

fusca-76-achados (6)

A carroceria passou por um trabalho caprichado de funilaria e pintura, eliminando absolutamente todos os pontos de ferrugem e imperfeições (afinal, estamos falando de um carro fabricado há quase 40 anos). Algumas personalizações foram realizadas: os para-lamas dianteiros foram alisados (as setas são embutidas nos faróis) e a tampa traseira vem dos modelo 1500, com aletas para auxiliar a refrigeração do boxer. O chassi também está 100% alinhado, com chapas novas e sem vazamentos. A caixa de direção da TRW também é nova e não traz nenhuma folga.

fusca-76-achados (9) fusca-76-achados (10)fusca-76-achados (7)

As modificações estéticas juntam componentes de época e peças novas para criar um visual agradável, limpo e de bom gosto. O volante de madeira é um Plumma de época e casa perfeitamente com a alavanca de câmbio. Os bancos dianteiros, vieram de um Honda Civic e contam com regulagem de altura, mas tiveram os encostos de cabeça removidos para ficar com visual “de época”. O interior é todo forrado em curvim vermelho, com carpete combinando.

fusca-76-achados (2)

As rodas são Mille Miglia, modelo Cup (inspirado nas rodas Porsche de mesmo nome), de 17×7,5”. Na dianteira, são calçadas com pneus Nankang NS-1 195/40 e, na traseira, Michelin Pilot Sport 3 de medidas 215/45. Os retrovisores cromados são réplicas daqueles usados no Porsche 356, e os faróis auxiliares nos para-choques são da Lucas. Além disso, há algumas peças sobressalentes inclusas na venda — incluindo um jogo original de rodas de 14 polegadas.

O valor pedido é de R$ 16 mil. Não é pouco dinheiro, especialmente para um Fusca, mas parece um preço razoável para um carro com peças de qualidade e uma restauração bem feita.

[OLX]


“Achados Meio Perdidos” é o quadro do FlatOut! na qual selecionamos e comentamos anúncios de carros interessantes ao público gearhead, como veículos antigos, preparados, exclusivos e excêntricos. Não se trata de uma reportagem aprofundada e não nos responsabilizamos pelas informações publicadas nos anúncios – todos os detalhes devem ser apurados com o anunciante.

Matérias relacionadas

As peças do seu supercarro estão caras? Procure um ferro-velho de luxo

Dalmo Hernandes

Isto é uma recriação da mítica Ferrari 288 GTO feita sobre uma 308 GTSi – e está à venda no Brasil!

Dalmo Hernandes

Este C280 Sport com um seis-em-linha de 193 cv pode ser seu novo Mercedes-Benz usado

Dalmo Hernandes