A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
GT40 Classificados Zero a 300

Estes são alguns dos carros de luxo mais bacanas anunciados no GT40

Salve, galera! Hoje é dia de lista temática do GT40, e a gente resolveu levantar a barra um pouquinho: selecionamos alguns dos carros mais luxuosos anunciados no site – sedãs, cupês e conversíveis grandes, potentes, bem equipados de várias épocas diferentes. Uma coisa todos eles têm em comum: eram (ou são) os modelos de topo de suas fabricantes.

Vale relembrar: trata-se de uma situação diferente das listas de anúncios de pessoa física, que seguem uma ordem cronológica: escolhemos a dedo os carros desta lista, e todos são interessantes em nossa opinião, cada um por suas razões. Entendido? Então vamos lá!

img_113676_4_f8e47abe-5c8d-4e1a-9e21-8a222d8bc13d

Começando por um elegante BMW Série 7 da geração E38, a quarta, produzida entre 1994 e 2001. Este exemplar em específico é um 750i fabricado em 2000, versão de entre-eixos curto, com motor V12 de 5,4 litros e 326 cv e câmbio automático de cinco marchas. É o suficiente para ir de zero a 100 km/h em 6,8 segundos, com velocidde máxima limitada em 250 km/h. O anunciante diz que o sedã tem 165.000 km rodados, aproximadamente, e que toda a manutenção foi feita em dia. [highlight]Clique para ver o anúncio.[/highlight]

 

img_205852_4_b50d94f1-7f1d-4bb7-835a-034ebc56ffc8

Este, por sua vez, é um Mercedes-Benz S500 W221, movido por um V8 de 5,5 litros e 388 cv acoplado a uma caixa automática de sete marchas – conjunto bom para levar o enorme sedã de 1.940 kg de zero a 100 km/h em 5,4 segundos, com velocidade máxima limitada em 250 km/h. A lista de equipamentos inclui bancos com regulagem de temperatura, frigobar para os passageiros atrás, faróis de xenônio direcionais, tela colorida com TV no painel, portas com fechamento por sucção, persianas e sensor de estacionamento. O anunciante afirma que o carro tem 111.000 km rodados e foi revisado recentemente. [highlight]Clique para ver o anúncio.[/highlight]

 

img_202020_4_6b21f155-ffc5-487a-9ad9-846104b078bd

Um Série 7 ou um Classe S não são luxuosos o bastante para você? Então talvez seja o caso para um Bentley. Mais precisamente, um Bentley Continental Flying Spur 2006, movido por um W12 biturbo de seis litros e 560 cv, acoplado a uma caixa Tiptronic de seis marchas. O conjunto é capaz de levá-lo de zero a 100 km/h em 5,2 segundos, com máxima de 312 km/h. Como é comum entre os carros deste segmento, O Bentley é pouco rodado, com meno de 20.000 km rodados de acordo com seu anunciante. [highlight]Clique para ver o anúncio.[/highlight]

 

img_224296_4_b9e52a64-f862-49c2-973a-588d588277a4

Este Rolls-Royce Corniche 1980 é um “Triple Black”, o que quer dizer que ele tem carroceria, capota e revestimento interno (incluindo os tapetes em lã de carneiro) pretos. O motor é um V8 de 6,7 que nunca teve sua potência divulgada oficialmente – a Rolls-Royce gostava de dizer apenas que a potência era “suficiente”. Na prática, porém, eram 218 cv moderados, nesse caso, por uma caixa automática de três marchas com alavanca na coluna. O anunciante diz que este carro tem todos os detalhes de acabamento originais, e também kit de ferramentas de fábrica sem uso. O carro, segundo ele, rodou cerca de 23.000 milhas, ou 37.000 km, em toda a sua vida. [highlight]Clique para ver o anúncio.[/highlight]

 

img_9876_4_0bafb36d-cd5e-464f-ab6c-e0257a13718c

Prefere algo mais em conta e mais atual? Então se liga neste Audi A8 2003, primeiro ano da segunda geração, com pouco mais de 51.000 km rodados e um V8 4.2 de 326 cv e 66,3 mkgf de torque. O câmbio é automático de seis marchas e leva a força para as quatro rodas, e o conjunto é capaz de levar o sedã de mais de 1.700 kg de zero a 100 km/h em 6,3 segundos, e a velocidade máxima é limitada a 250 km/h. Segundo o anunciante, o carro é de único dono e apresenta estado de conservação “excepcional”. [highlight]Clique para ver o anúncio[/highlight].

 

img_211392_4_839b9766-9ba5-4c3b-8a9d-f40be2beb119

Este outro S500 é um exemplar mais antigo: um W140 fabricado em 1994. O anunciante diz que o sedã, que é movido por um V8 de cinco litros com quatro válvulas por cilindro e 326 cv, tem 58.000 km rodados. O motor é ligado a transmissão manual de quatro marchas, e de acordo com o vendedor todos os equipamentos funcionam perfeitamente. [highlight]Clique para ver o anúncio.[/highlight]

 

img_180544_4_51193b9e-0563-4e92-b59b-3ff1efd6bed5

Temos outro Série 7 nesta lista – um BMW 760Li E65 (ou E66, considerando o entre-eixos 140 mm mais longo, ) que foi fabricado em 2008. É movido por um V12 de seis litros e 444 cv, acoplado a um câmbio automático de seis marchas – única opção de transmissão para este modelo. O carro tem, segundo seu anunciante, 55.000 km rodados e recebeu blindagem Guardian nível III em 2014. Naturalmente é um carro muito bem equipado, com lavadores de farol, regulagens elétricas para os bancos dianteiros, navegador por GPS original de fábrica, teto solar, assistente de estacionamento, sensores de chuva e bancos climatizados. [highlight]Clique para ver o anúncio.[/highlight]

 

img_220636_4_40e5e2a6-2c00-4d38-98c0-3fb25f52b7aa

Este é outro Mercedes-Benz S500 W140, porém na versão cupê (ou seja, tecnicamente é um C140). O motor é o mesmo V8 de cinco litros e 326 cv visto no sedã mais acima, também acoplado a uma caixa automática de quatro marchas que leva a força para as rodas de trás. O carro, segundo seu anunciante, tem 117.000 km rodados e está bastante íntegro, apesar de algumas marcas de uso. [highlight]Clique para ver o anúncio.[/highlight]

 

img_7036_4_844eb8c8-4c77-4e90-9983-1ffdbc6beb91

Eis aqui outro Rolls-Royce é um SIlver Spur 1981, com os característicos faróis retangulares da época e o mesmo motor V8 de 6,7 litros que, neste modelo, tem potência estimada em 216 cv. O câmbio também é o mesmo automático de três marchas com alavanca na coluna, e a suspensão autonivelante responsável pelo altíssimo nível de conforto ao rodar está presente e funcional – o anunciante diz que o carro está com mecânica e elétrica totalmente revisados. [highlight]Clique para ver o anúncio.[/highlight]

 

img_217956_4_cf1ea720-d9e0-4ddd-abb2-76e797d45a89

Por fim, temos aqui outro Bentley Continental. Este, porém, é um cupê da versão GT, com motor W12 biturbo de seis litros e 575 cv acoplado a uma caixa automática Tiptronic de oito marchas. É um conjunto bem interessante, capaz de levar o carro de zero a 100 km/h em 4,6 segundos, com máxima de 318 km/h. Com 2.200 km rodados, o cupê é praticamente novo, e entre seus equipamentos destacam-se a suspensão adaptativa, bancos elétricos com memória e central multimídia com tela de 8 polegadas. [highlight]Clique para ver o anúncio.[/highlight]

Matérias relacionadas

Estes são os primeiros protótipos da Honda CB750, a famosa “Sete Galo”

Dalmo Hernandes

Os carros perdidos que a Porsche quase fabricou, mas acabou desistindo

Leonardo Contesini

Copa Hyundai HB20 começa neste fim de semana, Honda reajusta preços do Civic, Porsche Speedster chega semana que vem e mais!