A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
GT40 Classificados Zero a 300

Estes são alguns dos importados dos anos 90 mais bacanas do GT40

Salve, pessoal! Como vai a segundona? Há quem fique meio deprê, em luto pelo fim de semana que acabou, mas a gente conhece um ótimo remédio: ver anúncios de carros na Internet. Hoje é dia de lista temática do GT40 e, para complementar o tema anterior, que foram os carros nacionais dos anos 90, separamos alguns importados da mesma época. Ou seja: se você curte lasanhas, vai se divertir!

Vale relembrar: trata-se de uma situação diferente das listas de anúncios de pessoa física, que seguem uma ordem cronológica: escolhemos a dedo os carros desta lista, e todos são interessantes em nossa opinião. Entendido? Então vamos lá!

img_222344_4_a581a569-8842-455c-bffe-681ac4ae9c9d

Se você não se importa com os faróis de Boxster, adotados pela Porsche por questões de custo (deve haver até quem ache charmosos hoje em dia), dê uma olhada neste 911 996. Fabricado em 1998, ele tem um flat-six de 3,4 naturalmente aspirado de 300 cv e câmbio manual de seis marchas, sendo capaz de ir de zero a 100 km/h em 5,1 segundos, com máxima de 280 km/h. O proprietário deste exemplar diz que o mesmo tem 103.000 km rodados e que foi realizada a troca do IMS, eixo intermediário do virabrequim que pode falhar e levar à perda do motor caso não seja substituído. [highlight]Clique para ver o anúncio.[/highlight]

 

img_203892_4_89c5d217-9ffa-4b2f-97cf-553415890117

Outro esportivo alemão, porém com três volumes e naturalmente aspirado: um C36 AMG, versão do Classe C W202 que tem um V6 de 3,6 litros e 24 válvulas debaixo do capô, capaz de entregar 280 cv e ir de zero a 100 km/h em 6,8 segundos, com velocidade máxima de 250 km/h. O proprietário deste exemplar fabricado em 1995 diz que o carro está com 120.000 km rodados e em excelente estado de conservação, sendo todo original. [highlight]Clique para ver o anúncio.[/highlight]

 

img_114256_4_39b86643-59b6-4cb5-978e-f2489347e621

A trindade alemã não seria completa sem um BMW. No caso, um 850Ci 1991, modelo intermediário do grand tourer dos anos 90 que tem um V12 de cinco litros e 326 cv, acoplado a uma caixa automática de cinco marchas. Com este conjunto, o carro é capaz de ir de zero a 100 km/h em 6,3 segundos e seguir acelerando até os 250 km/h. O anunciante diz que o 850Ci tem 152.000 km rodados, e o carro aparentemente está bem conservado embora não haja muitas informações a respeito do estado do carro. É para quem tem dinheiro e disposição. [highlight]Clique para ver o anúncio.[/highlight]

 

img_281740_4_9793ef81-44a5-42b0-8292-bdcbb08b68d2

Se o seu negócio são os JDM, dê uma olhada neste Mitsubishi Eclipse de primeira geração. Trata-se de um exemplar da versão GS com motor 2.0 turbo de 190 cv e câmbio manual de cinco marchas, fabricado em 1990. O proprietário diz que o cupê tem 65.000 milhas rodadas, ou cerca de 104.000 km, e que o motor foi refeito com 45.000 milhas (72.000 km). Ele cita também alguns acessórios, como barras estabilizadoras na dianteira e na traseira, volante Lotse e rodas do Lancer Evolution VIII, sendo que estas podem ser adquiridas à parte. O volante original do carro está guardado. [highlight]Clique para ver o anúncio.[/highlight]

 

img_213520_4_5dca01d8-df39-4740-bc9d-901e41664a57

Quer um sedã com toda a confiabilidade da engenharia japonesa, mas quer algo mais exclusivo do que um Civic? Então confira este Honda Accord 1992 que, segundo seu dono, tem cerca de 50.000 milhas, ou 80.000 km, marcados no hodômetro. O motor é um quatro-cilindros de 2,2 litros F22 (tem certo parentesco com o motor do Honda S2000) com comando simples no cabeçote e 130 cv, acompanho de uma caixa automática de quatro marchas. Muito novo e completamente original de acordo com o proprietário, o Accord passou por uma revisão geral no fim de 2017 e funciona perfeitamente. O dono só faz uma ressalva: a luz dos freios ABS acende no painel, mas o defeito não afeta o funcionamento geral do carro. [highlight]Clique para ver o anúncio.[/highlight]

 

img_262404_4_63bf9dde-6158-43f3-a7af-128e71b3c2a0

A cor amarela é pura coincidência e, de qualquer forma, é só um detalhe considerando o desenho exótico do Fiat Coupé, assinado pelo polêmico Chris Bangle. O carro usa a plataforma do Fiat Tipo e, no caso da maioria dos exemplares importados para o Brasil, é movido por um motor 2.0 16v de 137 cv exatamente igual ao do Tipo Sedicivalvole, acoplado a um câmbio manual de cinco marchas. Este exemplar foi fabricado em 1995 e seu dono diz que ele está todo original, com a manutenção em dia e com pneus novos. [highlight]Clique para ver o anúncio.[/highlight]

 

img_249960_4_52696a16-dc3d-4d88-81c7-c4a7160b4e7d

Outro italiano, mas este faz a linha mais requintada: um Alfa Romeo 164, exemplar fabricado em 1995 e, segundo seu anunciante, com apenas 49.900 km marcados no hodômetro. O sedã é movido por um V6 de três litros e 24 válvulas, capaz de entregar 215 cv e ligado a um câmbio automático de quatro marchas. O vendedor ainda diz que o carro tem pintura e interior totalmente originais e muito bem conservados, lavadores de farol e som Alpine com disqueteira. [highlight]Clique para ver o anúncio.[/highlight]

 

img_291884_4_1d217cd4-1532-4fb6-84bc-b480c9867021

O proprietário deste Citroën ZX Dakar diz que o carro, que tem 130.000 km marcados no hodômetro, está em “excelente estado”, com “apenas algumas coisas para fazer”. Embora não fique claro o que exatamente precisa ser feito, o hatchback parece bem conservado e íntegro, sem detalhes de acabamento quebrados ou faltando e nem sinais de desgaste muito severos. O motor é um 2.0 16v de 167 cv – um dos mais potentes de seu tempo – e, com ele, o hatch francês vai de zero a 100 km/h em 8,3 segundos com máxima de 214 km/h. [highlight]Clique para ver o anúncio.[/highlight]

 

img_274136_4_a14a3fd0-11df-473a-af74-2ff5a0595bc9

Se o que você curte são os JDM, talvez se interesse por este: um Mazda MX-3, cupê de tração dianteira com um motor 1.6 16v de 106 cv e câmbio manual de cinco marchas. De acordo com o anunciante o carro tem 65.000 km rodados, mas não há muito mais informações a respeito. Pelas fotos o MX-3 parece bastante íntegro, ainda que existam algumas marcas do tempo, especialmente nos faróis. [highlight]Clique para ver o anúncio.[/highlight]

 

img_161668_4_22501c33-8470-460a-a08b-d61d72d947bd

Quer um conversível diferente? Este Fiat Punto ELX 1995, importado da Itália, tem 116.000 km rodados e, segundo o proprietário, está em excelente estado e com todos os equipamentos funcionando perfeitamente, incluindo a capota elétrica. O motor é um 1.6 8v de 90 cv acoplado a uma caixa manual de cinco marchas, e o dono diz que as placas originais italianas estão guardadas no porta-malas. [highlight]Clique para ver o anúncio.[/highlight]

Matérias relacionadas

Aceleramos no Velo Città: o único Sandero RS Amarelo Sirius do mundo

Juliano Barata

A farsa do skate voador, o Williams com as cores da Martini, os carros mais vendidos em fevereiro e mais!

Leonardo Contesini

Project Cars #502: com o carro montado, é hora de desenvolver o novo Puma P052 nos track days!

Leonardo Contesini