A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture Projetos Gringos

Estes são os 16 Porsches raríssimos que Jerry Seinfeld colocou à venda

Antes de Friends, havia outra sitcom americana cujo nome era de uma palavra só: Seinfeld. Trata-se do trabalho mais conhecido do comediante Jerry Seinfeld, e sua história se concentrava na vida urbana de uma versão ficcional, muito mais exagerada de si mesmo — um comediante perfeccionista e maníaco por limpeza que vivia achando razões banais para terminar com namoradas e ainda tinha que lidar com três amigos, digamos… excêntricos.

Seinfeld não tem o mesmo impacto cultural de outras séries de comédia contemporâneas aqui no Brasil, mas nos EUA o programa já foi considerado mais de uma vez como o melhor de todos os tempos. Para nós, o que interessa é que Jerry Seinfeld é entusiasta de carteirinha, com uma predileção especial pela Porsche. Dá para entender, não dá?

O fato é que Seinfeld está leiloando parte de sua coleção de Porsche. Diz ele que o principal problema é a falta de espaço e tempo — espaço para guardar os carros e tempo para dirigi-los como se deve. Assim, exatamente hoje (11), dezesseis de seus carros serão leiloados pela agência Gooding & Company, em um evento realizado em Amelia Island, na costa leste dos EUA.

É um problema que a gente queria ter, na verdade. No entanto, como ainda não começamos nossa própria coleção de Porsches (ainda!), vamos dar uma olhada no belo acervo de Stuttgart que Seinfeld amealhou nos últimos anos, cujo valor foi estimado em mais de US$ 10 milhões — ou cerca de R$ 36,3 milhões, em conversão direta. É bom proteger o seu teclado, porque você vai babar muito. A não ser que você esteja nos visitando pelo celular – nesse caso, é melhor arranjar um babador…

 

Porsche 911 1966

1966-porsche-911

De acordo com o próprio Seinfeld, “Este é um dos mais puros e perfeitos Porsche 911 dos anos 1960 que ainda existem no mundo. As cores são maravilhosas. Nenhum carro restaurado tem este cheiro delicioso. É o paraíso em form de carro, um puro 911 das antigas.” Olhando para ele, realmente fica fácil de acreditar.

Ele diz isto porque, embora pareça, este carro jamais foi restaurado — está conservado assim porque rodou menos de 30 mil km nestes 50 anos, e nas últimas três décadas foi mantido rigorosamente em ordem por seus donos, todos colecionadores dedicados. Seinfeld comprou o carro em 2005. Estima-se que ele seja arrematado por algo entre US$ 200 mil e 300 mil (R$ 727 mil e R$ 1 milhão, sempre em conversão direta).

 

Porsche 911 Speedster 997 2011

2011-porsche-997-speedster

Seinfeld comprou este carro em 2011 — e ele fez bem, pois trata-se do nono exemplar dos 356 fabricados pela Porsche. O motor é um flat-six de 3,8 litros e 413 cv, e a carroceria remete ao clássico 356 Speedster — com alguns detalhes retrô, como o para-brisa mais baixo, capota de tecido operada manualmente e rodas que são uma reinterpretação das clássicas Fuchs. A transmissão é a PDK da Porsche, de dupla embreagem e sete marchas, e leva a força para as rodas de trás.

O carro rodou apenas 7.800 km desde que foi comprado, e sempre foi cuidadosamente mantido. A Gooding & Co. estima que ele será arrematado por algo entre US$ 300 mil e 400 mil (R$ 1 milhão e 1,45 milhão).

 

Porsche 550 Spyder 1955

1955-porsche-550-spyder

Seinfeld é o terceiro dono deste 550 Spyder, e diz que se trata do equivalente automotivo a uma sinfonia de Beethoven ou um soneto de Shakespeare. Com apenas 16.800 km rodados, o carro tem pintura e interior originais — e tem um detalhe: é um matching numbers, ou seja, tem todos os componentes (chassi, carroceria, câmbio e motor) originais.

O motor é um flat-four de 1,5 litro com dois carburadores Solex PJJ-4 e 110 cv, acoplado a um transeixo manual de quatro marchas. O valor? Prepare-se para cair da cadeira: algo entre US$ 5 milhões e 6 milhões (R$ 18,1 milhões e 21,8 milhões).

 

Porsche 356 Speedster 1957

1957-porsche-356-a-speedster

Este é um dos 355 exemplares do 356 na cor azul “Aquamarine Blue Metallic” fabricados em 1957. Restaurado em 2009, o carro tem um boxer de quatro cilindros e 1,6 litro, alimentado por dois carburadores Solex 32 para entregar 60 cv e acoplado a uma caixa manual de seis marchas.

O carro, que ganhou alguns prêmios desde que foi restaurado, em 2009, deverá ser arrematado por algo entre US$ 500 mil e 600 mil (R$ 1,8 milhão e R$ 2,1 milhão).

 

Porsche 911 Carrera 3.0 IROC RSR 1974

1974-porsche-911-carrera-iroc-rsr

Este aqui é nada menos que um dos 15 Porsche 911 Carrera 3.0 RSR construídos para a equipe Penske para a International Race of Champions em 1974, e é dono de uma rica história no automobilismo — incluindo uma vitória na IMSA GT em Laguna Seca.

O motor é um flat-six de três litros com injeção mecânica Bosch e 320 cv com câmbio manual de cinco marchas. Cuidadosamente restaurado a suas especificações originais em 2000, o carro está impecável e deverá ser arrematado por algo entre US$ 1,2 milhão e US$ 1,5 milhão, ou R$ 4,36 milhões e R$ 5,45 milhões.

 

Porsche 911 Carrera Speedster 1989

1989-porsche-911-speedster

Seinfeld foi o terceiro dono desta reinterpretação oitentista do Porsche 356 Speedster original. O motor é um flat-six de 3,2 litros e 220 cv que rodou menos de 6.200 km — o que condiz com a apresentação completamente original, por dentro e por fora.

Como todo speedster, ele tem o para-brisa levemente rebaixado, só leva duas pessoas e tem capota de tecido operada manualmente. Espera-se um valor de arremate entre US$ 250 mil e 350 mil — ou seja, entre R$ 908 mil e 1,18 milhão.

 

Porsche 962C 1990

1990-porsche-962c

Descendente direto dos 962C que competiram e venceram em Le Mans, este carro foi construído pela Joest Racing com supervisão e apoio da fábrica. Competiu no Campeonato Mundial de Protótipos Esporte em 1990 e 1991, e o fato de não ter vencido nenhuma corrida não é problema para você, é?

O carro foi todo restaurado em 2001 e ganhou esta bela carroceria branca que tem hoje. O flat-six biturbo de três litros entrega mais de 750 cv e gira acima das 8.000 rpm. O valor de arremate? Algo entre US$ 1,5 milhão e 2 milhões (R$ 5,45 milhões e 7,26 milhões).

 

Porsche 356 B 2000 GS/GT Carrera 2 Coupe 1963

1963-porsche-356-b-2000-gs-carrera-2-coupe

“A evolução definitiva do Porsche 356” é como este carro é chamado. Com carroceria feita pela alemã Reutter, o carro foi preparado pela própria Porsche em 1964 com um motor de competição — um boxer de quatro cilindros e dois litros com dois carburadores Weber 48 IDA e potência estimada em 180 cv a 6.600 rpm. A suspensão é independente por barras de torção nas quatro rodas.

O carro jamais foi restaurado, e deverá ser arrematado por algo entre US$ 1,1 milhão e 1,4 milhões. Em conversão direta, são R$ 4 milhões e 5,1 milhões.

 

Porsche Carrera GT Prototype 2000

2000-porsche-carrera-gt-prototype

Se um Porsche Carrera GT qualquer já é especial, imagine este aqui: trata-se de um dos dois protótipos feitos pela Porsche em 2000 — quatro anos antes do início da produção em série. O motor é um V10 de 565 cv, acoplado a uma caixa manual de seis marchas — conjunto mecânico derivado do programa da Porsche para Le Mans no fim da década de 1990.

O carro foi comprado por Seinfeld em 2007, diretamente com a Porsche, e antes disso foi guiado por Walter Rörhl para fins promocionais. O valor de arremate é estimado entre US$ 1,5 milhão e US$ 2,25 milhões (R$ 5,45 milhão e R$ 8,1 milhões). Só tem um detalhe: ele não pode ser guiado nas ruas, pois é impossível registrá-lo.

 

Porsche 993 Cup 3.8 RSR

1998-porsche-993-cup-rsr

Uma das versões mais fodásticas da aclamada geração 993, o Cup 3.8 RSR foi feito para competir na Europa, nos EUA e até no Japão. Antes de ir parar na coleção de Seinfeld, este exemplar foi entregue novo a uma concessionária japonesa chamada Mizwa Motors, mas jamais chegou a participar de uma corrida.

O motor é um flat-six de 3,8 litros com injeção Bosch Motronic e 345 cv, e o carro só rodou 9,5 mil km (em track days, talvez?). Sendo assim, jamais foi restaurado e mantém todos os detalhes originais de fábrica. O valor de arremate é estimado em US$ 1,2-1,5 milhão, ou R$ 4,36-5,45 milhões.

 

Porsche 597 Jagdwagen 1958

1958-porsche-597-jagdwagen

Parece um VW Thing, mas é um legítimo Porsche. Em 1954, já passada quase uma década do fim da Segunda Guerra, a Porsche apresentou ao governo alemão a proposta de um veículo militar para servir às forças armadas das nações ligadas à OTAN (Organização do Tratado do Atlântico Norte).

O governo alemão preferiu o DKW Munga, mais simples, e a Porsche decidiu oferecer o Jadgwagen para uso civil. Jadgwagen significa “carro de caça”. Apenas 71 exemplares do utilitário com motor de Porsche 356 foram feitos. Este aqui jamais foi restaurado e, deverá ser arrematado por US$ 350-425 mil, ou cerca de R$ 1,26-1,54 milhão.

 

Porsche 997 GT3 Cup 4.0 Brumos Commemorative Edition 2012

2012-porsche-997-gt3-cup-brumos-edition

Em 2012, a equipe Brumos Porsche construiu cinco exemplares do Porsche 911 GT3 RS modificados para comemorar sua vitória na Grand Am. O carro tem exatamente as mesmas especificações dos usados pela Brumos — um flat-six de quatro litros e 450 cv acoplado a uma caixa sequencial de seis marchas, uma asa traseira maior e interior completamente aliviado.

Com menos de duas horas de uso em pista, o carro é virtualmente novo e deverá ser arrematado por algo entre US$ 300-500 mil (R$ 1,1-1,8 milhão).

 

Porsche 917/30 Can-Am Spyder 1973

1973-porsche-917-30-can-am-spyder

Cara, você tem noção do que é isto? Um Porsche 917/30 — o famoso Turbopanzer, com seu flat-12 biturbo de 5,4 litros que entregava 850 cv (no mínimo, pois nos treinos de qualificação a potência chegava aos 1.200 cv!) e fez dele o Porsche de competição mais potente de todos os tempos. Nada mau para um carro dos anos 1970! E ele fez bonito: fez bonito, abocanhando o título de 1972 da Can-Amcom o americano George Follmer ao volante. Isto levou a McLaren a abandonar a categoria e concentrar seus esforços nas categorias de monopostos, como a IndyCar e a Fórmula 1.

Seinfeld comprou este exemplar em 2012, mas diz que nunca o dirigiu até o limite. “Esse carro é insano. Eu não sou!”, disse ele à Gooding & Co., que estima o valor de arremate em US$ 5-7 milhões. Na nossa moeda? Prepare-se para um rombo entre R$ 18,1 milhões e R$ 25,3 milhões.

 

Porsche 964 Turbo 3.6 S Flachbau 1963

1994-porsche-964-turbo-s-flachbau

Em 1993, a Porsche lançou esta edição especial do 911 Turbo 964, chamada Flachbau, para marcar o fim da produção do modelo. Flachbau significa Flatnose — em inglês, fica mais fácil entender que se trata de um 911 com a dianteira em forma de cunha e faróis escamoteáveis (no caso do 964, com lentes expostas), inspirada no Porsche 935 que competiu em Le Mans. O motor é um flat-six de 3,6 litros com turbo KKK e 390 cv a 5.750 rpm. O câmbio é manual, de cinco marchas.

Apenas 76 exemplares foram fabricados, sendo que 39 deles foram vendidos nos EUA. Destes, o carro de Seinfeld é o único na cor prata. Quer mais? Ele tem menos de 20 mil km rodados! A agência de leilões estima um valor de arremate de US$ 1-1,3 milhão, ou R$ 3,6-4,7 milhões.

 

Porsche 356 1500 GS/GT Carrera Speedster 1958

1958-porsche-356-a-carrera-speedster-gs-gt

Foram feitos 56 exemplares deste Porsche 356 equipado com motor de competição — um flat-four de 1,5 litro coi dois carburadores Solex 40 PJJ-4 e 110 cv. A carroceria é toda de alumínio e tem uma barra transversal do tipo “santantônio” integrada, tornando o carro mais rígido e seguro em caso de capotamento. Acredita-se que este seja o único exemplar em existência que jamais tenha sido restaurado.

O valor estimado de arremate fica entre US$ 2 milhões e US$ 2,5 milhões — ou seja, algo entre R$ 7,2 milhões e R$ 9 milhões.

 

Porsche 718 RSK 1959

1959-porsche-718

Dos apenas 34 exemplares do 718 RSK, este aqui foi um dos mais ativos, participando de dezenas de corridas importantes da SCCA (Sports Car Club of America) entre 1959 e 1967. O motor é um flat-four de 1,5 litro e com dois carburadores Weber 46 IDM e 160 cv a 7.600 rpm. Detalhe: ele pesa apenas 530 kg!

O carro foi cuidadosamente restaurado na década de 1990, o carro é um dos favoritos de Seinfeld, e deverá ser arrematado por algo entre US$ 3,8 milhões e US$ 4,2 milhões, ou R$ 13,7 milhões e 15,2 milhões.

 

 

Matérias relacionadas

A categoria “sem limites”: conheça a Improved Production Racing, que permite qualquer tipo de carro na pista

Dalmo Hernandes

Uma breve história de (quase) todos os hot hatches da Opel/Vauxhall – parte final

Dalmo Hernandes

Autostick: o Fusca com câmbio semi-automático que não tivemos no Brasil

Dalmo Hernandes