FlatOut!
Image default
Zero a 300

Fake news sobre anuidade de CNH, Lada Niva terá nova geração depois de 40 anos, Porsche 911 GT3 usará motor 4.0 de corrida e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

Taxa anual para renovação de Carteira de Habilitação é boato criado na internet

16105803_619500334909312_2920720516924024165_n

Desde o início da semana circula pelas redes sociais uma imagem com o brasão de armas da república e uma mensagem sobre o início da cobrança de uma anuidade para os titulares de Carteira Nacional de Habilitação (CNH). De acordo com a mensagem, a partir de 1º de fevereiro os motoristas que quisessem manter o direito de dirigir teriam que pagar uma taxa de 298,47, que seria enviada pelos correios ao endereço do motorista cadastrado nos Departamentos de Trânsito estaduais.

Mesmo sendo uma mensagem claramente falsa, com erros de gramática e ortografia, e sem nenhuma identificação de lei ou decreto, o Denatran precisou publicar uma nota de esclarecimento desmentindo a informação. A única taxa vigente relacionada à CNH é a renovação do documento, feita a cada cinco anos se o motorista tiver até 65 anos, ou a cada três anos se o motorista tiver mais de 65 anos.

 

Projeto de lei pretende regulamentar hot rods e carros antigos modificados

black-hot-rod

O Congresso Nacional abriu a consulta pública sobre um projeto de lei que visa alterar o Código de Trânsito para que ele disponha sobre hot rods e carros antigos modificados. Atualmente apenas os veículos antigos originais certificados pela placa preta têm tratamento diferenciado pela legislação a respeito de equipamentos obrigatórios e cumprimento de normas de emissões e níveis de ruído — ficando os antigos modificados sujeitos à interpretação dos agentes fiscalizadores.

Caso o Projeto avance e consiga alterar o Código de Trânsito, os antigos modificados (hot rods e afins) estarão amparados pela lei tal como os modelos originais, ficando dispensados destes requerimentos. O Projeto 170/2015 já foi apresentado na Câmara dos Deputados em 2015 e atualmente está sendo analisado pela Comissão de Justiça e Cidadania. Para manifestar seu apoio (ou não) ao projeto, basta visitar este endereço e deixar seu voto.

 

Lada Niva ganhará uma nova geração depois de 40 anos

lada-niva (5)

Depois de exatos 40 anos de estrada (e fora delas também), o Lada Niva finalmente ganhará uma segunda geração. Lançado em 1977, o jipe russo foi o primeiro projeto próprio da AvtoVAZ, e resistiu ao fim da União Soviética com algumas poucas modificações estéticas.

Agora, depois de quatro décadas o CEO da AvtoVAZ, Nicolas Maure, anunciou que chegou a hora de “colocá-lo no século 21”. Nos final dos anos 1990 a AvtoVAZ chegou a criar um SUV moderno com o mesmo nome, porém ele acabou transformado no Chevrolet Niva (após o início da joint-venture com a GM), mas não tirou o modelo antigo de linha.

A AvtoVAZ também negou qualquer possibilidade de que ele seja uma derivação do Dacia Duster, como diziam alguns rumores que circularam na mídia local. Em vez disso o modelo será baseado em uma plataforma própria da VAZ, com versões de duas ou quatro portas (como o atual modelo) e deverá ser lançado no início de 2018.

 

Próximo Porsche 911 GT3 terá motor 4.0 e câmbio manual…

Blue-Porsche-991-GT3-2

Dos vários golpes no coração dos puristas dados pela Porsche na evolução do 911, o mais recente deles foi a decisão de oferecer o 911 GT3 somente com câmbio PDK, sem opção do câmbio manual. O motivo, segundo a Porsche declarou na época, é que a ideia era que o carro fosse o mais rápido possível, e o câmbio manual é mais lento que o PDK. Os puristas, sempre eles, reclamaram, dizendo que a Porsche está matando a experiência de pilotagem ao deixar de oferecer o câmbio manual em seu modelo mais radical.

Contudo, nesta segunda fase da geração 991, a Porsche decidiu voltar atrás e ouvir as reclamações. Ao menos é o que apurou a revista Autocar, que conversou com uma fonte ligada diretamente à Porsche e descobriu alguns detalhes sobre a próxima versão do 911 GT3. Segundo esta fonte, o novo modelo usará o motor 4.0 flat-six aspirado da marca, porém em uma configuração diferente da usada no GT3 RS e no 911 R. Segundo a revista Road & Track, este motor será o 4.0 usado no 911 RSR de corrida — sim, aquele com motor central-traseiro. A principal notícia, contudo, é que o GT3 terá duas opções de transmissão: a onipresente PDK de sete marchas e a manual de seis marchas.

O modelo ainda não tem data para ser lançado, mas não se surpreenda se ele estiver no Salão de Genebra daqui a dois meses.

… e Cayman GT4 poderá ganhar motor 4.0 do 911 R

porsche_cayman_gt4_20

Quem também ganhará um novo motor é o Cayman GT4. A informação veio da mesma Autocar, na mesma conversa com sua fonte interna da Porsche. O modelo atualmente já é equipado com o flat-6 aspirado usado pelo 911 até a metade de 2016, mas deverá ganhar uma atualização ainda mais veloz.

Segundo o informante da Autocar, a Porsche planeja instalar no Cayman o motor flat-6 4.0, que também equipa o 911 R, e rebatizá-lo como 718 GT4 RS. O motivo é que durante os últimos testes realizados em Nürburgring pela Porsche, a fabricante descobriu que o novo 718 Cayman S com seu flat-4 2.5 turbo é mais rápido no Inferno Verde que o atual GT4 com os mesmos pneus deste último.

Com o motor 4.0 do 911 R, o 718 Cayman GT4 poderá contar com cerca de 430 cv para resolver este problema interno.

 

 

Matérias relacionadas

Fiat Toro em versão Mopar, Ford e Volkswagen afastarão quase 3.000 funcionários, o Jaguar mais rápido de todos os tempos, as gravações do novo Top Gear e mais!

Leonardo Contesini

Os carros turbinados de fábrica mais legais do GT40 – parte 2

Dalmo Hernandes

Coleção de Paul Walker será vendida, Jeremy Clarkson recebe ultimato, os carros mais vendidos de abril e mais!

Leonardo Contesini