A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Achados meio perdidos GT40 Classificados Zero a 300

Falando em Polo Sedã, que tal este Volkswagen Derby 1978 à venda no Brasil?

Com o lançamento do Virtus, a família Polo está completa no Brasil mais uma vez – ainda que as duas versões de carroceria tenham nomes diferentes. Mas olha só: você sabia que, quando o primeiro Polo foi lançado na Europa, sua versão de três volumes também tinha outro nome? Se chamava Volkswagen Derby. E um deles está à venda no Brasil, anunciado no GT40. Nem precisamos dizer o quanto ele é raro, não?

O Polo Mk1 foi lançado na Europa em 1975, como uma versão rebatizada do Audi 50. Este, por sua vez, foi lançado em setembro de 1974 na Alemanha. Ele foi um dos primeiros modelos da Audi depois da compra da NSU pela Volkswagen, quando a gigante herdou todo o patrimônio da fabricante extinta, incluindo sua fábrica em Neckarsulm, ao norte de Stuttgart.

audi_50_2

O Audi 50 costuma ser considerado o primeiro subcompacto genuinamente alemão. Usando motores de quatro cilindros de 0,9 litro, um litro e 1,3 litro, tinha 50 cv em sua versão mais potente. As vendas começaram fracas – talvez porque, já naquela época, a Audi era percebida como uma marca mais luxuosa e, por isso, um compacto barato com quatro argolas não era muito bem visto. No total, pouco mais de 180 mil exemplares do Audi 50 foram fabricados entre 1974 e 1978, e então o hatch foi retirado da linha.

derby-1978 (4)

De qualquer forma, seis semanas depois do lançamento do Audi 50, a VW apresentou sua própria versão. O nome “Polo” foi escolhido por sua associação ao esporte, segundo a lógica do Golf, e o carro tinha acabamento mais simples e barato. Os motores eram os mesmos, porém com a : um 0.9 (895 cm³) de 40 cv, um 1.1 (1.043 cm²) de 50 cv e 1.3 de 60 cv, todos com comando de válvulas no cabeçote e carburador. O câmbio era sempre manual de quatro marchas. Ao menos o carro era um verdadeiro peso-pena, com apenas 750 kg na balança.

A versão sedã, lançada em 1977, foi batizada Volkswagen Derby. Também é o nome de um esporte: derby são as corridas de cavalos nas quais se usam animais com dois a três anos de idade. O carro era idêntico ao Polo até as janelas laterais traseira, diferenciando-se apenas pela adição de um terceiro volume, que aumentando bastante a capacidade do porta-malas.

derby-1978 (1)

O Polo e o Derby passaram por uma pequena reestilização em 1978, ganhando uma nova grade dianteira e para-choques feitos de plástico, mas que ainda não eram envolventes. E ambos permaneceram praticamente inalterados até 1981, quando a segunda geração do Polo foi lançada e a versão sedã passou a se chamar Polo Classic.

autowp.ru_volkswagen_polo_classic_(argentinian_market)_1 volkswagen_polo_classic_2

Coincidentemente, nosso Polo Classic lançado em 1996 no Brasil (e 1995 na Europa) – clone do Seat Ibiza, que era feito sobre a plataforma do Polo de quarta geração – era vendido como Volkswagen Derby no México. O mundo dá voltas, não?

derby-1978 (2)

Nosso Achado meio Perdido de hoje pertence a Higor, de Piracicaba/SP. Higor é entusiasta dos VW “exóticos” e já teve alguns modelos praticamente inexistentes no Brasil, como uma VW Caddy (a picape do Golf Mk1) com motor diesel e um VW Golf Harlequin legítimo.

Em busca de um novo Volkswagen exótico, Higor soube no fim de 2015 que um amigo de Sorocaba/SP tinha algo que poderia ser interessante. Constatando se tratar de um VW Derby europeu, Higor fez uma oferta, mas na época o dono disse que pensava em restaurar o carro e que não tinha interesse em vender. Ao fazer uma nova oferta meses depois, Higor conseguiu levar o Derby para casa.

O carro estava parado havia alguns anos e, felizmente, estava com a estrutura íntegra e com a mecânica em bom estado. Boa parte dos acabamentos internos também estava presente. Higor, então, promoveu uma reforma completa e colocou o carro para andar novamente.

derby-1978 (2)

A reforma incluiu a carroceria, na cor bege de fábrica, havia sido repintada de vermelho. Higor mandou pintar o carro com primer (a base para a pintura de um carro) na cor bege e aplicar por cima uma camada de verniz transparente fosco. O resultado foi um efeito fosco que caiu bem às linhas setentistas do Volkswagen. O painel de instrumentos foi restaurado e ficou como novo, e os bancos e forros de porta foram revestidos em couro preto, assim como o volante. O motor, que já estava com um carburador de Fusca adaptado, passou por uma revisão completa, assim como suspensão, freios e elétrica.

derby-1978 (5) derby-1978 (11) derby-1978 (8)

Por fim, Higor regularizou toda a documentação do Derby. Ele conta que, desde que comprou e reformou o carro, já fez duas viagens de cerca de 200 km com ele e não teve problemas – o carro foi rodando a duas edições do festival Volksfest, evento voltado à cultura VAG na região da capital paulista.

WhatsApp Image 2018-01-23 at 06.33.40 WhatsApp Image 2018-01-23 at 06.33.40 (1)

O VW Derby de Higor no Volksfest

O Derby de Higor é equipado com o motor 1.3 de 60 cv. Ele diz que a mecânica do carro está em ordem, e que a única alteração é a suspensão ligeiramente mais baixa que o normal. O carro vai com as rodas de ferro de 13 polegadas, calçadas com quatro pneus Pirelli P600 muito novos. Dificilmente se encontrará outro Volkswagen Derby à venda no Brasil, quanto mais um exemplar em bom estado como este.

E o preço é convidativo, especialmente para quem curte os VW antigos e quer um modelo mais exclusivo na garagem. Se você curtiu, é só clicar aqui para acessar o anúncio e pegar os contatos do proprietário.

inbanner-fim-post


“Achados Meio Perdidos” é o quadro do FlatOut! no qual selecionamos e comentamos anúncios do GT40.com.br de carros interessantes ao público gearhead, como veículos antigos, preparados, exclusivos e excêntricos. Não se trata de publieditorial. Não nos responsabilizamos pelas informações publicadas nos anúncios nem pelas negociações decorrentes – todos os detalhes devem ser apurados atenciosamente com o anunciante!

Matérias relacionadas

Forza Horizon terá pistas de Hot Wheels, Aston Martin coloca seus clássicos para acelerar lado a lado, Nissan irá produzir peças novas para seus Skyline R32, R33 e R34 e mais!

Leonardo Contesini

Um dos 34 Saab 9000 que rodam pelo Brasil está à venda

Dalmo Hernandes

Games que marcaram a infância: V-Rally

Dalmo Hernandes