A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

FCA inaugura centro de crash tests em Betim, BMW M2 CS em desenvolvimento, M850i no Brasil, novo GLC43 AMG e mais!

Bom dia, caros leitores! Bem-vindos ao Zero a 300, a nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo. Assim, você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere conosco.

O Zero a 300 é um oferecimento do Autoline, o site de compra e venda de veículos do Bradesco Financiamentos. Nesta parceria, o FlatOut também apresentará avaliações de diversos carros no canal de YouTube do Autoline – então, clique aqui e se inscreva agora mesmo (e não esqueça de ativar o sininho)!

 

FCA inaugura Safety Center em Betim (MG)

Quase dois dias depois que os Fiat Argo e Cronos tiveram os resultados de seus crash tests divulgados pelo órgão Latin NCap, a FCA brasileira inaugurou o seu próprio centro de segurança veicular, no complexo industrial do grupo, em Betim (MG). Foi um investimento de R$ 40 milhões ao longo de um ano.

O centro ocupa uma área de 7.600 m² do complexo de Betim e possui uma pista de 130 metros, com capacidade de testes de impacto de até 4 toneladas a 100 km/h. O laboratório poderá realizar até 96 colisões por ano – para 2019 estão programados 72 crash tests. O Safey Center realizará tanto os testes de homologação de órgãos como o Latin NCap quanto testes exclusivos. No evento de lançamento, por exemplo, a FCA colidiu uma Toro contra uma barreira rígida de 140 toneladas a 48,3 km/h – um teste de menor severidade que o famoso small overlap (impacto assimétrico concentrado) de 40% realizado pelo Latin NCap, mas que avalia o comportamento da estrutura em outros requisitos. A picape possui atualmente quatro estrelas na avaliação do Latin NCap, tanto para crianças quanto para adultos.

A instalação agilizará o processo de validação de futuros lançamentos, que poderão ser completamente desenvolvidos no Brasil. Antes, após um processo local envolvendo cerca de 800 simulações, os crash tests físicos eram realizados nos Safety Center de Detroit (EUA) e Turim (Itália), processo que consumia aproximadamente dois meses. Ficam os nossos cumprimentos à marca pela iniciativa de buscar aprimorar os seus produtos nacionais em segurança passiva, um investimento que será necessário para se preservar competitividade no cenário de integração econômica que está se desenhando para a nossa indústria nos próximos anos. (JB)

 

BMW Série 8 Cupê chega ao Brasil: M850i xDrive por R$ 800 mil

Pouco mais de um ano após sua estreia global, e oito meses após o início das vendas lá fora, o BMW Série 8 desembarca no Brasil. Produzido em Dingolfing, na Alemanha, o grand tourer de topo da fabricante bávara, inicialmente, vem em versão única – a M850i xDrive. O carro já estava em pré-venda desde abril de 2019, mas agora pode ser encontrado nas concessionárias da marca. As versões conversível e Gran Coupé, além do BMW M8, deverão chegar nos próximos meses.

Equipado com um V8 biturbo de 4,4 litros com 530 cv entre 5.500 e 6.000 rpm, e 76,5 kgfm de torque entre 1.800 e 4.600 rpm, o M850i vai de zero a 100 km/h em 3,7 segundos, com velocidade máxima limitada eletronicamente em 250 km/h. O câmbio é automático de oito marchas, e leva a força do motor para as quatro rodas através do sistema xDrive.

Custando a partir de R$ 799.950, o M850i xDrive oferece, naturalmente, oferece uma vasta gama de equipamentos de série: chave Display Key, com tela de LCD colorida sensível ao toque, que exibe diversas informações sobre o veículo; sistema Driving Assistant Professional, que compreende alertas de colisão iminente e mudança de faixa; faróis a laser com alcance de até 530 metros; head-up display; Night Vision, que detecta objetos na pista em situações de baixa luminosidade; e sistema de som Bowers & Wilkins Diamond de 1.400W, com 16 alto-falantes, amplificador de dez canais e equalizador dinâmico. O BMW Série 8 ainda é equipado com diferencial de bloqueio controlado eletronicamente M Sport e sistema de esterçamento das rodas traseiras.

A BMW disponibiliza o novo Série 8 em oito cores: Branco Alpino (sólida), Preto Carbono, Preto Safira, Branco Mineral, Azul Sonic Speed, Laranja Sunset, Cinza Davit e Azul Barcelona. Por dentro, são oferecidas seis opções de revestimento em couro através do programa BMW Individual: preto, Cognac, Ivory, Tartufo, Night Blue e Vermelho Fiona.(DH)

 

Mercedes-AMG GLC43 2020: visual atualizado e mais potência

Duas semanas após revelar por completo os novos A45 e CLA45, a Mercedes-AMG apresenta mais uma novidade: a versão 2020 do GLC43. Oferecido nas opções de carroceria SUV e “Coupé”, o modelo ganhou uma versão ligeiramente mais potente do motor V6 3.0 biturbo e recebeu uma boa atualização de design.

O V6 agora entrega 390 cv entre 5.500 e 6.000 rpm (23 cv a mais em relação ao modelo anterior), acompanhados de 53 kgfm de torque entre 2.500 e 4.500 rpm. A força do motor é moderada pela mesma caixa manual de nove marchas, que leva a força do motor para as quatro rodas através do sistema 4Matic, com 39% do torque no eixo dianteiro e 61% no eixo traseiro como padrão, variando de acordo com a demanda. Segundo a Mercedes, agora o GLC43 vai de zero a 100 km/h em 4,9 segundos nas duas configurações de carroceria, com velocidade máxima limitada eletronicamente em 250 km/h.

A dianteira do carro segue as mudanças vistas facelift dos GLC de produção (os não-AMG), com novo formato para os faróis, que ficaram mais afilados; grade Panamericana, com filetes verticais de metal; e um para-choque mais agressivo, com uma única grande entrada de ar (antes, ela era dividida em três). A traseira também mudou: o para-choque tem um difusor maior, que aumenta visualmente a largura do carro, e as lanternas ganharam novos elementos internos.

Já o interior do carro ganhou novos bancos, com melhor apoio, e acabamento com detalhes vermelhos de série, além da nova geração do sistema multimídia MBUX, com comandos de voz e cluster de instrumentos totalmente digital, além de uma tela maior no console central, com 10,25 polegadas (antes eram sete polegadas).

A Mercedes-Benz ainda não divulgou os preços – eles serão informados nos próximos meses, quando deverão ser abertas as encomendas. (DH)

 

BMW confirma novas versões do M2 em desenvolvimento

Os entusiastas estavam com um gosto amargo com a BMW pela decisão de inverter o eixo motriz dos Série 1 – e com o lançamento do BMW M135i, agora um quatro cilindros de tração nas quatro rodas, muitos ficaram na dúvida o que a marca iria fazer para concorrer com a nova geração do A45 AMG. A mesma receita, só que com mais potência, suspensão e freios redimensionados?

De acordo com o diretor da BMW M, Marcus Flasch, não: o rival dos Audi RS3 e A45 AMG permanecerá sendo o cupê M2. Ele declarou ao Top Gear que este era o seu carro M favorito: “Ele tem tanta personalidade. Nem todo motorista vai para a pista e usa toda a sua performance, mas no M2 você sente o seu caráter logo na primeira alça de retorno. Direção precisa, powertrain ágil, câmbio manual – nós iremos continuar oferecendo os manuas enquanto houver demanda” e complementou “nós faremos mais modelos, incluindo edições limitadas CS”.

A versão CS seguirá a tradicional (e saborosa) receita: menos peso, mais potência em seu 3.0 seis cilindros biturbo e mais agressividade dinâmica, e se posicionará acima do M2 Competition. Nem tudo está perdido. (JB)

 

Volkswagen encerra de vez produção de peruas nos EUA

Os entusiastas por peruas perderam mais um soldado: a VW norte-americana declarou que irá descontinuar no fim deste ano a linha Golf SportWagen, incluindo a aventureira Alltrack (acima), atualmente fabricada na planta de Puebla (México). Com isso, o catálogo da VW dos Estados Unidos ficará sem uma perua pela primeira vez desde 1965, com a 1600 Squareback.

O motivo é conhecido por todos no Brasil: vendas em baixa das peruas (uma queda de 36% frente ao ano passado) frente ao forte crescimento no mercado dos crossovers, que representam atualmente mais da metade das vendas da VW nos EUA. A marca lançará três veículos da categoria nos próximos três anos: o Atlas Cross Sport, o elétrico ID Crozz e um subcompacto ainda não declarado – provavelmente algo entre o T-Cross e o Tarek dimensionalmente, se não for o último. (JB)

 

Mitsubishi anuncia recall para Lancer, Outlander e ASX por problemas no alternador

A Mitsubishi anunciou ontem (17) um recall para o sedã Lancer e para os SUVs Outlander e ASX, todos produzidos entre agosto de 2008 e 2011 – e todos equipados com o mesmo motor 2.0 16v. O problema está no tensionador da correia do alternador, que pode quebrar, ocasionando a soltura da correia e, consequentemente, o descarregamento na bateria.

Neste caso, há a possibilidade de o motor desligar sozinho, com o carro em movimento – o que representa risco de acidentes com danos físicos e materiais aos ocupantes e terceiros.

Além disso, especificamente nas unidades do Mitsubishi Outlander fabricadas entre 2008 e 2009, pode ocorrer a soltura do vidro do teto solar, devido à deterioração da resina no local.

Para solucionar ambos os defeitos, a Mitsubishi informa que os clientes podem acessar o site da fabricante ou ligar para o número 0800 702 0404 para consultar se seu veículo está envolvido no recall, e também para agendar o atendimento. O serviço leva em média duas horas. (DH)

Matérias relacionadas

Os crossovers compactos estão mudando a cara dos carros?

Dalmo Hernandes

Maybach Exelero: a história do supercarro de 8 milhões de dólares… feito para testar pneus

Leonardo Contesini

BMW lança nova geração do X3, Alpine A110 acelera em Nürburgring, Lotus poderão ser fabricados na China e mais!

Leonardo Contesini