A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Project Cars Project Cars #118

Feito em casa: uma réplica de Dodge Charger 1969 feita de fibra e papelão é o Project Cars #118

Olá, meu nome é Henrique “Ique” Feldens, tenho 27 anos. A história do Project Car começou há muito tempo atrás. Nas manhãs de 2001, meu avô e eu tínhamos um compromisso inadiável: assistir a “Os Gatões”, o seriado americano da década de 1970.

O vô Bruno foi o maior “culpado” por eu ter me tornado um gearhead, e ainda mais responsável por eu ter uma predileção por carros americanos, pois foi dono de nada menos do que de 17 Opalas ao longo da vida. Nossos 60 anos de diferença em idade simplesmente sumiam quando ficávamos em frente à TV, apreciando as manobras dos primos Duke. Starsky e Hutch também fazia parte da nossa programação, mas aquele Dodge laranja era o que ficava na minha mente.

Faço miniaturas de carros desde meus dez ou onze anos. A carência de miniaturas de carros nacionais, mais a carência financeira nossa à época, me obrigou a montar meus próprios modelos. Vasculhava as revistas Quatro Rodas do meu avô em busca de desenhos e fotos que mostrassem detalhes das laterais dos carros, e fotos de cima, que eram mais difíceis de achar.

Comecei a vender essas miniaturas na Internet e em uma feira de veículos antigos em Curitiba, até receber uma proposta para criar modelos em tamanho real para uma oficina especializada em réplicas. Produzi dois modelos para o pessoal daquela oficina, uma Lamborghini Diablo e uma Ferrari Enzo Ferrari. Infelizmente a oficina ficou mal das pernas e não conseguiu dar prosseguimento aos projetos. Desiludido, comecei a trabalhar na minha área de formação, comunicação social.

foto 1

Minhas aventuras com modelos reais começaram da pior forma possível: um TL, muito podre, mas com quase todas as latas para a reforma já compradas. O problema é que o carro e as peças ficam lá no sítio da minha mãe, em Pelotas (RS), e eu, em Curitiba (PR). Só conseguia mexer no carro nas minhas férias.

foto 2

Levei três anos para reformar antes de emplacar. Lá, meu primo Marcelo, tão gearhead quanto eu, gostou tanto do TL que trocou por esse Opala preto da foto, que ficará num estilo parecido com o do Chevy Nova de Death Proof. Atualmente, para trabalhar e em meu dia-a-dia, uso um Santana 2000 da Polícia de São Paulo, arrematado em leilão.

 

O Projeto

Anos se passaram, meu avô infelizmente nos deixou, mas uma certeza eu ainda carregava. Teria um Dodge Charger de qualquer maneira, nem que tivesse que fazer o meu próprio. Com a experiência da Lamborghini e da Enzo, resolvi fazer um carro o mais do it yourself possível: uma réplica de papelão em tamanho real.

_MG_3089

Usando fotos e uma miniatura como referência, estou criando a casca do Charger 1969. Fiz uma estrutura de madeira, que receberá chapas de papelão reforçado com fibra de vidro. Cada medida é verificada, para ter certeza que está na mesma dimensão do original.

_MG_3049

Boa parte da carroceria já está montada, graças à ajuda de KP e Kunta, meus amigos e colaboradores do projeto. No próximo capítulo, a carroceria já estará toda montada, para receber as devidas correções. Só depois entraremos na fase 2 do projeto: um engine swap BEM grande. Até lá, pessoal!

Por Ique Feldens, Project Cars #118

0pcdisclaimer2

Matérias relacionadas

Project Cars #45: a fabricação do Escort XR3 conversível

Leonardo Contesini

Project Cars #279: meu Honda Fit ganhou rodas de Fórmula 3 para track days

Leonardo Contesini

Project Cars #302: a história do meu Opala V8

Leonardo Contesini