A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Projetos Gringos

Felipe Massa aparece em Mônaco dirigindo LaFerrari preta – será saudade da Scuderia ?

Em 2014 a Martini voltou à Fórmula 1 em seu esquema de cores clássico, como principal patrocinador da Williams F1 (ou melhor, Williams Martini Racing) e com o recém-contratado Felipe Massa ao lado de Valtteri Bottas. No ano passado, porém, o brasileiro completava seu oitavo ano de Ferrari — uma relação marcada por bons e maus momentos e, certamente, difícil de esquecer.

Talvez isto explique o fato de Felipe Massa ter comprado uma LaFerrari preta com detalhes vermelhos, com a qual foi visto recentemente dando um passeio por Mônaco em uma de suas horas de folga — algo mais frequente nas duas semanas que antecedem as três últimas corridas da Fórmula 1 (Os GPs dos EUA, do Brasil e de Abu Dhabi), quando a F1 faz um mini-recesso.

laferrari-massa (4)

Pensando bem, não é preciso explicação: a LaFerrari é um dos três hipercarros mais capazes do mundo — e o mais potente, com 963 cv entregues por seu conjunto híbrido, composto por um V12 de 6,3 litros e 800 cv, mais um motor elétrico com potência equivalente a 163 cv. Ela leva menos de três segundos para ir de 0 a 100 km/h e passa de 350 km/h e é um dos superesportivos mais bem acertados de todos os tempos segundo a imprensa internacional (leia algumas impressões aqui!).

E temos certeza de que Massa saberia muito bem como lidar com ela, afinal, ele era piloto da Scuderia durante o desenvolvimento, o que significa que muito desse potencial da LaFerrari é resultado do trabalho de Felipe Massa (e de Fernando Alonso, também) no acerto dinâmico do carro.

Os paparazzi automotivos de Mônaco afirmam ter visto Massa ao volante da LaFerrari preta (embora ele provavelmente não estivesse treinando no trajeto do circuito de rua), mas o piloto não confirma que o hipercarro de Maranelo seja mesmo seu — e também não nega. Pensando bem, nós também negaríamos se tivéssemos contrato com uma equipe rival da Ferrari.

A pintura em Nero é complementada por detalhes Rosso Corsa — o contorno do spoiler dianteiro, os retrovisores, as pinças dos enormes freios de carbono-cerâmica com discos de quase 40 cm de diâmetro, colunas dos retrovisores e bordas das saias laterais e difusor traseiro são vermelhos, enquanto o cavallino rampante na traseira foi escurecido. Nossa favorita ainda é a LaFerrari verde de Jay Kay, do Jamiroquai, mas devemos confessar que ela ficou muito bem vestindo preto. O interior também usa as duas cores — preto para o revestimento dos bancos e vermelho para as costuras e detalhes de acabamento.

Se Massa for mesmo o dono da LaFerrari (e provavelmente é), se será mais um dos caras famosos que ficaram com uma das 499 unidades fabricadas — gente como o já citado Jay Kay, Chris Evans (o DJ/produtor britânico, não o Tocha Humana do Quarteto Fantástico), Sammy Hagar (ex-vocalista do Van Halen) e os jogadores de futebol Samuel Eto’o e Cristiano Ronaldo têm as suas.

laferrari-verde-goodwood

LaFerrari do Jay Kay, só para refrescar a memória — nosso tipo de carro verde

Nós? Nós só ficamos imaginando, por um breve momento, uma LaFerrari no esquema de cores da Martini e do FlatOut… ah, e também torcemos para que Massa não tente imitar Kimi Räikkönen por aí

Matérias relacionadas

Este cara está transformando um Fusca em um hot rod dos Jetsons

Dalmo Hernandes

O Fusca da Nascar de “Herbie – Meu Fusca Turbinado”, com motor 2.3 de 200 cv, está à venda

Dalmo Hernandes

Great Scott! Agora você pode ter um capacitor de fluxo no seu carro – e em vários tamanhos!

Leonardo Contesini