FlatOut!
Image default
Automobilismo Notícias

Felipe Massa ganha carro usado no GP do Brasil como presente de despedida

Felipe Massa acaba de fazer a última corrida de Fórmula 1 de sua longa carreira na categoria. O GP de Abu Dhabi foi o 250º da carreira do Brasileiro, que decidiu que era hora de parar e se dedicar a outros projetos depois de 15 temporadas, três equipes, 11 vitórias, 41 pódios, 16 poles, 15 voltas mais rápidas e um vice-campeonato disputado até a última curva da última corrida.

No sábado, após os treinos de classificação a Williams organizou uma festa de despedida para o piloto, uma prova de reconhecimento de uma carreira honesta e sólida, que, embora não tenha resultado em um título, colocou Felipe entre os grandes nomes da categoria em todos os tempos.

Durante a festa Felipe foi homenageado pela equipe, que relembrou sua trajetória na Fórmula 1 e, claro, na Williams. Depois das devidas homenagens, a diretora da equipe, Claire Williams, entregou a Felipe um álbum de fotos e uma ilustração sobre a carreira de Felipe. A cereja do bolo, contudo, foi a surpresa que a equipe preparou para Felipe:

Cw7h3SYW8AAhhcN

Sim. Depois da homenagem em parceria com a Martini Racing, que substituiu o nome da destilaria italiana pelo nome de Massa em seu logotipo, a equipe decidiu presentear Felipe com o carro usado no GP do Brasil da semana passada, o último da carreira de Felipe.

XPB_852777_HiRes-941x529

O carro engrossará uma coleção de carros que inclui nada menos que uma Ferrari F40 e uma LaFerrari preta, que Felipe dirige pelas ruas de Mônaco.

laferrari-massa (4)

Felipe estreou na Fórmula 1 em 2002, pilotando pela Sauber como parte do programa de jovens pilotos da Ferrari. Em 2006 ele foi promovido a segundo piloto da Ferrari, no lugar de Rubens Barrichello e ao lado de Michael Schumacher. Naquele mesmo ano Massa venceu suas duas primeiras corridas, o GP da Turquia e o GP do Brasil, e terminou a temporada em terceiro lugar, atrás de Fernando Alonso e Michael Schumacher. No ano seguinte, Massa venceu mais três vezes e subiu outras sete ao pódio, mas acabou em quarto lugar.

Em 2008 Massa brilhou com seis vitórias e três pódios, brigando pelo título até a última curva da última volta do GP do Brasil, perdendo o título por um único ponto para Lewis Hamilton. A vitória em Interlagos foi a última de 11. Em 2009 Felipe sofreu um acidente grave ao ser atingido em alta velocidade por uma mola que se soltou do Honda de Rubens Barrichello, deixando-o fora das oito corridas restantes. Depois disso Massa não conseguiu repetir o desempenho competitivo das temporadas anteriores, mas foi fundamental para o desenvolvimento da atual fase da Williams, e conquistou outros quatro segundos lugares e nove terceiros desde então.

15220240_685925668248236_2647643380548937784_n

Matérias relacionadas

Audi R8 ganhará V6 biturbo do Porsche Panamera como sucessor do V8 aspirado

Leonardo Contesini

24 coisas que você não sabia (ou não lembrava) sobre as 24 Horas de Le Mans

Dalmo Hernandes

Para dirigir este Celta é preciso pagar R$ 316 mil. Como assim?

Dalmo Hernandes