Edição diária: 20/06/2019
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Fernando Alonso fora da F1, Novo Porsche Cayenne chega ao Brasil, o último kart de Ayrton Senna à venda e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas (ou não) do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim, você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

Fernando Alonso fora da Fórmula 1

Fernando_hero_final

O piloto espanhol Fernando Alonso acaba de anunciar que não irá disputar a Fórmula 1 em 2019. O comunicado foi publicado pela McLaren e pelo próprio Fernando Alonso em suas redes sociais com um vídeo intitulado “Querida F1…” em espanhol e inglês, no qual relembra sua trajetória até a Fórmula 1 e durante os 17 anos em que disputou a categoria máxima.

Ele também publicou uma declaração divulgada pela McLaren: “Depois de 17 anos maravilhosos neste esporte incrível, é hora de mudar e seguir em frente. Aproveitei cada minuto destas temporadas e não posso agradecer suficientemente as pessoas que ajudaram a torná-las tão especiais. Ainda há muitos GP nesta temporada e participarei deles com comprometimento e paixão. Veremos o que o futuro trará; novos desafios estão na próxima curva. Estou no melhor momento da vida, mas preciso explorar novas aventuras”, disse o espanhol.

Desde que participou da Indy 500 no ano passado, Alonso mostrou interesse em expandir sua atuação e, claro, voltar a vencer. Ele provou nesta temporada do WEC, na qual já venceu duas corridas — as 6 Horas de Spa e as 24 Horas de Le Mans — e está a um passo de conquistar a sonhada tríplice coroa, restando apenas uma vitória na Indy 500 para isso.

A saída de Alonso da Fórmula 1 acontece justamente em um momento no qual a categoria passa por questionamentos sobre seu futuro, sua atratividade ao público, mas principalmente, em meio a rumores do retorno da McLaren à Indy e sobre uma eventual carreira de Alonso no WEC, onde teria tranquilamente mais 5 ou 10 anos de competitividade pela frente. Especialmente com o novo regulamento dos hipercarros se aproximando.

 

Nova geração do Porsche Cayenne chega ao Brasil por R$ 433.000

2019-porsche-cayenne-turbo-photos-and-info-news-car-and-driver-photo-690628-s-original

A Porsche está apresentando nesta terça-feira (14) a nova geração do Cayenne no Brasil. O modelo foi lançado em agosto de 2017 na Europa, mas somente agora está chegando por aqui. Como as gerações anteriores, o Cayenne será oferecido inicialmente em três versões — básica, S e Turbo, com motores V6 e V8.

13-2019-porsche-cayenne-oem

 

Os preços partem de R$ 433.000 para o modelo básico, equipado com o V6 3.0 turbo da geração anterior porém com 40 cv a mais, chegando aos 345 cv e 45,9 kgfm. Logo acima, por R$ 523.000 está o Cayenne S, equipado com o novo V6 2.9 biturbo (o mesmo do Panamera), de 446 cv e 56,1 kgfm.

Novo-Porsche-Cayenne-2018

No topo da linha, por ora, está o Cayenne Turbo de R$ 733.000, que mantém o V8 4.0 biturbo, porém agora com 550 cv (30 cv a mais que o antecessor) e 78,5 kgfm. Todos eles usam câmbio automático de oito marchas e tração nas quatro rodas e podem ser equipados com esterçamento das rodas traseiras, rodas de 20 ou 21 polegadas e sistema elétrico de 48 volts.

 

Os usados mais vendidos em julho no Brasil

fiat_palio_fire_5-door_1_1

Na semana passada vimos o ranking de carros novos mais vendidos em julho no Brasil, depois conhecemos os importados mais vendidos e agora chegou a vez de conhecermos os usados que mais trocaram de mãos no mês passado.

A liderança do mercado de usados continua com o Gol, que soma suas três gerações 72.861 unidades transferidas. Em segundo lugar novamente vêm as duas gerações do Fiat Uno, com 45.701 transferências, seguido pelo Fiat Palio, que também soma as duas gerações na conta de 45.458 unidades transferidas em julho.

O restante do top 10 segue com as mesmas posições do mês passado: Chevrolet Celta em quarto (26.087), Volkswagen Fox em quinto (21.549), Chevrolet Corsa em sexto (21.224), Ford Fiesta em sétimo (20.611), Fiat Siena em oitavo (19.940), Toyota Corolla em nono (17.129) e Chevrolet Classic em décimo (16.889).

 

O último kart de Ayrton Senna está a venda

d8f9122e-ayrton-senna-kart-05

Quando não estava ganhando corridas ou conquistando poles, Ayrton Senna tinha dois refúgios brasileiros onde costumava passar o tempo e curtir a vida normalmente: sua casa em Angra dos Reis/RJ e seu sítio em Tatuí/SP. Na propriedade paulista, Senna tinha uma pista de kart, onde podia pilotar tranquilamente com os amigos apenas por brincadeira, sem jogos. Um dos karts da fazenda, o último usado por Senna, agora está a venda, depois de quase 25 anos sem uso.

366aeba8-ayrton-senna-kart-07

Foi no dia 19 de março de 1994, um sábado, que Senna convidou seus amigos para uma corrida na fazenda de Tatuí e piloto o kart destas fotos. O fato está documentado em vídeos e pelos relatos de quem esteve presente. O encontro provavelmente se tratava da comemoração de aniversário de Ayrton, que completaria 34 anos na segunda-feira, 21 de março. Após a brincadeira o kart foi guardado na garagem. Sete semanas depois, Senna sofreu seu acidente fatal em Ímola e o kart nunca mais foi usado.

dbecfc2a-ayrton-senna-kart-09

Mas é provável que esta história mude a partir do próximo mês: o kart será leiloado pela RM Sotheby’s durante um evento em Londres em setembro. Segundo a casa de leilões, 10% do valor arrecadado será destinado aos programas educativos do Instituto Ayrton Senna.

5fc51945-ayrton-senna-kart-01

A RM Sotheby’s espera que o kart seja vendido por entre 50.000 e 70.000 libras esterlinas — entre R$ 250.000 e R$ 345.000.

 

Porsche apresenta Cayman GT4 Clubsport Rally

db108618-porsche-cayman-gt4-clubsport-rallye-concept-3

Enquanto estávamos distraídos com o 992 circulando desinibidamente por aí, a Porsche sem muito alarde revelou o conceito Cayman GT4 Clubsport Rally. O modelo será usado no Rallye Deutschland no final deste mês e é baseado no Cayman GT4 Clubsport. A marca não entrou em detalhes sobre as modificações para uso em rali, mas as imagens falam por si.

Além dos faróis auxiliares e do scoop no teto, o Porsche de rali ganhou proteção do chassi no fundo do assoalho, rodas de liga superleve e pneus todo-terreno. O motor é o mesmo flat-6 de 3,8 litros e 385 cv do GT4 de série, e trabalha combinado ao câmbio PDK de seis marchas.  A Porsche também não entrou em detalhes sobre como ele será usado, mas aparentemente ele será inscrito na corrida com Romain Dumas como piloto.

95adbd8e-porsche-cayman-gt4-clubsport-rallye-concept-4

A esta altura você, assim como nós, deve estar se perguntando por que cazzo a Porsche está fazendo um “conceito” de rali sobre o Cayman GT4 prestes a ser substituído? Bem… se você é bom em leitura nas entrelinhas, a Porsche disse que irá usar a participação do carro no Rallye Deutschland para obter feedback do público sobre o modelo, e usará a informação para decidir “se um carro semelhante baseado em um futuro modelo poderia ser desenvolvido”. Sim: isso significa que o futuro 718 Cayman GT4 poderá ganhar uma versão Clubsport e uma versão de rali.

1cb72fef-porsche-cayman-gt4-clubsport-rallye-concept-1

O lançamento do 718 GT4 está previsto para a metade de 2019, e a imprensa alemã fala em mais potência (lógico…) e downforce extra. O modelo também deixará de ser limitado, o que significa que ele deverá ser mais popular que o atual GT4.

 

Corvette terá aerodinâmica ativa

O processo de transformação do Corvette em um supercarro não será baseado apenas no posicionamento do seu motor na parte traseira do chassi. O Vette também terá aerodinâmica ativa como seus principais rivais europeus. A GM patenteou diversos sistemas aerodinâmicos ativos em 2017 e as imagens de registro acabam de ser divulgadas pelo Corvette Blogger.

As patentes referem-se a sistemas de saias laterais ativas, spoilers ativos e dutos geradores de downforce. As patentes detalham o funcionamento dos sistemas e, embora estejam aplicadas ao C7, elas poderão ser adotadas no C8 e em sua versão de motor central-traseiro.

081118_4b

 

As patentes para saias laterais ativas epxlicam que elas serão um dispositivo posicionado entre os eixos com acionamento controlado pelos sensores de rotação das rodas e de velocidade do carro em relação ao piso. Os dados serão enviados a controladores que ajustarão a altura das saias.

081118_5b

As patentes para os spoilers ativos mostram que em vez de duas asas diferentes como o ZR1 2019, o próximo Corvette terá um spoiler com ângulo ajustável eletronicamente de acordo com a velocidade das rodas e do fluxo de ar relativo ao veículos, bem como dos sensores de guinada (que detectam o ângulo de esterçamento das rodas) para controlar a altura e a inclinação do spoiler.

Por último, a patente revela que o C8 usará dutos geradores de downforce integrados ao teto, laterais e fundo do carro, diferentemente do C7, que tem dutos somente nas laterais traseiras para direcionar o ar para arrefecimento do powertrain. O scoop do teto, por exemplo, indica que o C8 poderá ter captação de ar frio para o motor por ali, em vez de aberturas somente na traseira.

081118_12

Matérias relacionadas

Os detalhes do próximo Golf GTI, Hellcat dobra a produção, track days pelo Brasil, série especial do Mitsubishi L200 e mais!

Leonardo Contesini

Um Opala cupê Las Vegas, um distinto sedã britânico, um Clio 1.6 16v e o que anda rolando no GT40

Dalmo Hernandes

Este Dodge Viper de 620 cv foi preparado pela “McLaren”. Mas… como?

Dalmo Hernandes