Ferrari 488 Pista, McLaren Senna e Lamborghini Huracán Performante e os supercarros do salão do automóvel

Leonardo Contesini 7 novembro, 2018 0
Ferrari 488 Pista, McLaren Senna e Lamborghini Huracán Performante e os supercarros do salão do automóvel

Nestes dois dias de cobertura do Salão do Automóvel você viu o Camaro SS, um Mustang de 1.000 cv, o Audi RS4 e os esportivos da AMG. Você também certamente lembra que nosso Guia publicado na sexta-feira (2) mencionava uma pequena reunião de supercarros que seria lançados/apresentados ao público pela primeira vez no Salão. Pois chegou a hora de falar deles: a Ferrari 488 Pista, o Lamborghini Huracán Performante e o McLaren Senna.

Ainda não é assinante do FlatOut? Considere fazê-lo: além de nos ajudar a manter o site e o nosso canal funcionando, você terá acesso a uma série de matérias exclusivas para assinantes – como conteúdos técnicoshistórias de carros e pilotosavaliações e muito mais!

ASSINE

Os assinantes possuem acesso livre para todo o conteúdo do FlatOut. incluindo matérias especiais, de R$ 14,90 por apenas R$ 9,90 por mês.

CROWDFUNDER

Membro especial, com descontos em nossa loja e em parceiros. Participe do nosso grupo secreto no Facebook e fique próximo à equipe do FlatOut

Começando pelo McLaren Senna, o modelo já está com todas as unidades vendidas — e três delas foram compradas por brasileiros. Isso significa que o mais recente supercarro de pista da McLaren veio ao Salão apenas como um show car, uma homenagem sobre rodas a Ayrton Senna em sua cidade natal e ao público que ajudou a construir a imagem heróica do ídolo brasileiro.

flatout-salao-automovel-2018-ferrari-pista-mclaren-senna-lamborghini-86

O exemplar trazido não é nenhum dos modelos vendidos aos brasileiros, e sim um protótipo de validação do McLaren Senna — a dica está no código VP736-P15 estampado na lateral — que foi usado nas apresentações e test drives da imprensa europeia e americana, além do Goodwood Festival of Speed e pertence à própria McLaren. Sua função, agora que o desenvolvimento terminou, é justamente essa: rodar o mundo para ser visto pelos fãs e potenciais compradores em eventos privados.

flatout-salao-automovel-2018-ferrari-pista-mclaren-senna-lamborghini-80

Como você deve saber a essa altura, o McLaren Senna foi desenvolvido com foco total na aerodinâmica de forma que cada elemento de sua carroceria tenha a função prática de direcionar o vento para se beneficiar com seu movimento. Com o carro exposto pudemos conhecer melhor esses detalhes, caso do escape voltado para o alto, soprando os gases quentes sob a asa:

flatout-salao-automovel-2018-ferrari-pista-mclaren-senna-lamborghini-77

… ou das tomadas que levam ar para os radiadores e para o cofre do motor…

flatout-salao-automovel-2018-ferrari-pista-mclaren-senna-lamborghini-79

… e os respiros por onde o ar destas tomadas sai depois de aquecido…

flatout-salao-automovel-2018-ferrari-pista-mclaren-senna-lamborghini-75

… a complexidade da asa traseira e sua afixação suspensa, que a torna ainda mais impressionante, afinal, ela é responsável por boa parte dos 800 kg de downforce produzidos pelo carro…

flatout-salao-automovel-2018-ferrari-pista-mclaren-senna-lamborghini-73

Os escoadores aerodinâmicos da dianteira…

flatout-salao-automovel-2018-ferrari-pista-mclaren-senna-lamborghini-72

… o splitter frontal e as complexas aletas que direcionam o fluxo para os freios e para a lateral do carro…

flatout-salao-automovel-2018-ferrari-pista-mclaren-senna-lamborghini-68 flatout-salao-automovel-2018-ferrari-pista-mclaren-senna-lamborghini-71 flatout-salao-automovel-2018-ferrari-pista-mclaren-senna-lamborghini-69

O motor é o mesmo V8 4.0 biturbo usado no 720S e, provavelmente, no Speedtail, porém configurado para produzir 800 cv.

flatout-salao-automovel-2018-ferrari-pista-mclaren-senna-lamborghini-78

Se você reparou na primeira imagem do Senna, ele estava acompanhado de um McLaren MP4/6, o carro usado por Senna na temporada de 1991 da F1. O modelo é uma réplica, porém fabricada pela própria equipe, o que explica seu nível insano de detalhes:

flatout-salao-automovel-2018-ferrari-pista-mclaren-senna-lamborghini-82flatout-salao-automovel-2018-ferrari-pista-mclaren-senna-lamborghini-66 flatout-salao-automovel-2018-ferrari-pista-mclaren-senna-lamborghini-65 flatout-salao-automovel-2018-ferrari-pista-mclaren-senna-lamborghini-64 flatout-salao-automovel-2018-ferrari-pista-mclaren-senna-lamborghini-63 flatout-salao-automovel-2018-ferrari-pista-mclaren-senna-lamborghini-62 flatout-salao-automovel-2018-ferrari-pista-mclaren-senna-lamborghini-61 flatout-salao-automovel-2018-ferrari-pista-mclaren-senna-lamborghini-60 flatout-salao-automovel-2018-ferrari-pista-mclaren-senna-lamborghini-59

Depois vem a Ferrari 488 Pista, a versão de… pista (e do que mais?) da 488 GTB, equipada com o V8 mais potente já produzido pela Ferrari, um 3.9 biturbo de 720 cv, capaz de levá-la aos 100 km/h em 2,85 segundos, aos 200 km/h em 7,6 segundos e continuar acelerando até os 340 km/h.

flatout-salao-automovel-2018-ferrari-pista-mclaren-senna-lamborghini-58flatout-salao-automovel-2018-ferrari-pista-mclaren-senna-lamborghini-33flatout-salao-automovel-2018-ferrari-pista-mclaren-senna-lamborghini-37flatout-salao-automovel-2018-ferrari-pista-mclaren-senna-lamborghini-40flatout-salao-automovel-2018-ferrari-pista-mclaren-senna-lamborghini-47

O modelo está sendo mostrado ao público brasileiro pela primeira vez e, diferentemente do Senna, ainda pode ser adquirida por R$ 3,7 milhões.

flatout-salao-automovel-2018-ferrari-pista-mclaren-senna-lamborghini-20

Por esse preço, além do V8 mais potente da Ferrari, ela também entrega um projeto aerodinâmico mais radical que o da 488 GTB, com dutos de escoamento na dianteira, e canais de direcionamento do ar na traseira, bem como um pacote eletrônico de última geração, com diferencial eletrônico, controle de tração, suspensão ativa magneto-reológica e um sistema de ajuste eletrônico da pressão nas pinças de freios.

flatout-salao-automovel-2018-ferrari-pista-mclaren-senna-lamborghini-22

É claro que também aproveitamos a oportunidade para conhecer de perto os detalhes do modelo. Veja por exemplo as tomadas de ar dianteiras. Além da aleta “canina”, ela tem um canal quase imperceptível sob o detalhe de carbono, por onde passa a faixa prateada, algo que não se percebe nas tradicionais fotos de divulgação:

flatout-salao-automovel-2018-ferrari-pista-mclaren-senna-lamborghini-31flatout-salao-automovel-2018-ferrari-pista-mclaren-senna-lamborghini-32flatout-salao-automovel-2018-ferrari-pista-mclaren-senna-lamborghini-30

Outro detalhe quase invisível: os respiros nas laterais do para-choques, que contribuem para a redução da turbulência das rodas. Note também os discos de carbono cerâmica:

flatout-salao-automovel-2018-ferrari-pista-mclaren-senna-lamborghini-23flatout-salao-automovel-2018-ferrari-pista-mclaren-senna-lamborghini-24

Os pneus Pirelli Trofeo R e, novamente, os discos de carbono cerâmica:

flatout-salao-automovel-2018-ferrari-pista-mclaren-senna-lamborghini-25

A tomada de ar do cofre do motor, subdividida em três partes para direcionar o ar para o cofre e para a porção traseira da carroceria…

flatout-salao-automovel-2018-ferrari-pista-mclaren-senna-lamborghini-28

… ele depois sairá por estes canais ao lado das lanternas:

flatout-salao-automovel-2018-ferrari-pista-mclaren-senna-lamborghini-50flatout-salao-automovel-2018-ferrari-pista-mclaren-senna-lamborghini-32 flatout-salao-automovel-2018-ferrari-pista-mclaren-senna-lamborghini-51 flatout-salao-automovel-2018-ferrari-pista-mclaren-senna-lamborghini-46 flatout-salao-automovel-2018-ferrari-pista-mclaren-senna-lamborghini-53 flatout-salao-automovel-2018-ferrari-pista-mclaren-senna-lamborghini-52

Junto dela veio a Ferrari Portofino, que também estreia no Brasil durante o Salão. Como você também deve saber, ela é a sucessora da California T e segue equipada com o V8 biturbo de 3,9 litros da antecessora. Agora, porém, a potência subiu para 600 cv.

flatout-salao-automovel-2018-ferrari-pista-mclaren-senna-lamborghini-10 flatout-salao-automovel-2018-ferrari-pista-mclaren-senna-lamborghini-9

Apesar de ser exibida somente no Salão, a Portofino já começou a ser vendida em setembro passado. Como modelo de entrada da Ferrari, ela é razoavelmente mais barata que a 488 Pista: R$ 2,4 milhões.

flatout-salao-automovel-2018-ferrari-pista-mclaren-senna-lamborghini-14

Outro modelo que estreou no Brasil neste ano é a 812 Superfast, o atual gran turismo da marca, sucessora da F12berlinetta. Com um V12 de 6,5 litros e 800 cv, ela está a venda por R$ 3,95 milhões.

flatout-salao-automovel-2018-ferrari-pista-mclaren-senna-lamborghini-11

A Via Italia, importadora da Ferrari no Brasil, também trouxe um exemplar da 488 GTS

flatout-salao-automovel-2018-ferrari-pista-mclaren-senna-lamborghini-15 flatout-salao-automovel-2018-ferrari-pista-mclaren-senna-lamborghini-16 flatout-salao-automovel-2018-ferrari-pista-mclaren-senna-lamborghini-17

A empresa também é representante da Lamborghini no Brasil, e trouxe um exemplar do Huracán Performante Spyder.

Esqueça por um instante que ele é um dos cinco carros de rua “sub-7” em Nürburgring e concentre-se nos detalhes como a impressionante textura das peças de fibra de carbono aplicadas à carroceria e ao interior.

flatout-salao-automovel-2018-ferrari-pista-mclaren-senna-lamborghini-3

Sim: parece mármore, mas na verdade trata-se de “fibra de carbono forjada” como a Lamborghini chama. O processo já foi usado pela BMW em protótipos e consiste na prensagem a quente de fragmentos de fibra de carbono com resina, que formam esta textura irregular e estonteante:

flatout-salao-automovel-2018-ferrari-pista-mclaren-senna-lamborghini-2

O material é usado no difusor traseiro, na asa traseira (note abaixo parte do sistema ALA)…

flatout-salao-automovel-2018-ferrari-pista-mclaren-senna-lamborghini-1

… e também no topo do cluster de instrumentos:

flatout-salao-automovel-2018-ferrari-pista-mclaren-senna-lamborghini-7