FlatOut!
Image default
Zero a 300

Ferrari 488GTB e Spider em ação, Uber volta a ser liberado no Brasil, frota brasileira volta a envelhecer e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas verdadeiras do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

Ferrari 488GTB é flagrada em vídeo durante testes em Maranello

Nós  já vimos a Ferrari 488GTB por todos os ângulos e conhecemos os detalhes da sucessora da 458 Italia em fevereiro, quando ela foi apresentada oficialmente pela marca (leia neste post). Mas até agora ainda não sabíamos como seu V8 biturbo soaria – será mais comportado que o V8 aspirado, ou será brutal como o V8 turbo da F40?

A resposta está, em parte, neste vídeo gravado em frente à fábrica da Ferrari em Maranello. O autor flagrou duas 488 ainda camufladas saindo para um teste nas estradas dos arredores da fábrica. Embora as velocidades sejam moderadas, o ronco do motor não parece muito abafado, como os mais pessimistas esperavam. Logicamente ainda é cedo para dizer, uma vez que o piloto não levou o motor às rotações mais altas, mas já é possível ter uma ideia.

Outro destaque do vídeo é a presença de um segundo modelo da 488, com a traseira ligeiramente modificada. Trata-se claramente da versão conversível do modelo, que deverá ser chamada GTS e substitui a 458 Spider. O modelo aberto deve ser apresentado até o fim do ano.

 

Frota nacional volta a envelhecer, segundo Sindipeças

são-paulo-trafficsasa_960_640_960_640

A queda nas vendas fez a média de idade da frota brasileira voltar a regredir, segundo o Relatório de Frota Circulante elaborado todo ano pelo Sindipeças (Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores). Divulgado ontem, o de 2015 informa que a idade passou de 8 anos e 7 meses, em 2013, para 8 anos e 9 meses, em 2014.

Pode parecer uma alta pequena, mas a idade média vinha se mantendo no patamar de 8 anos e sete meses desde 2010. O segmento de comerciais leves, que inclui os SUVs, por outro lado, mostrou evolução constante. De 8 anos e 5 meses em 2010, passou a 7 anos e sete meses em 2013 e manteve este patamar em 2014. O de motos mostra a crise evidente no setor. Subiu de 4 anos e 11 meses em 2010 para 6 anos e 2 meses em 2014.

Tudo isso porque 2014 mostrou apenas o começo da desaceleração nas vendas. Com a queda registrada em 2015 até agora, o relatório do ano que vem promete ser ainda pior. Se quiser dar uma olhadinha no relatório, clique aqui (PDF).

 

Justiça extingue processo que proíbe Uber

uber

Depois de conceder uma liminar contra o aplicativo Uber, a pedido do Sindicato dos Taxistas de SP, a Justiça do Estado extinguiu o processo. Segundo a juíza Fernanda Gomes Camacho, o sindicato não tinha legitimidade para propor uma ação coletiva. Para que realmente valesse, a ação deveria ter sido proposta pelo Ministério Público. Mas por que o juiz que concedeu a liminar não viu isso? Coisas do Brasil e de nossa (in)segurança jurídica.

Isso não quer dizer que o aplicativo de “carona paga” terá vida tranquila daqui para a frente. A acusação de que ele descumpre a lei, especificamente a federal nº 12.468, que proíbe “a utilização de veículo automotor, próprio ou de terceiros, para o transporte público individual remunerado de passageiros” a não ser por táxis, continua na pauta. A multa diária para descumprimento era de R$ 100 mil e não podia ultrapassar o limite de R$ 5 milhões. Isso ainda vai dar pano pra manga, mas, agora, com a participação do Ministério Público.

 

Sergio Marchionne admite espaço para retorno da Alfa Romeo ao Brasil

o-SERGIO-MARCHIONNE-facebook-750x500

Na inauguração da nova fábrica da FCA em Goiana, em Pernambuco, Sergio Marchionne, CEO do grupo, admitiu, ainda que sem entrar em detalhes, que existe a possibilidade de a Alfa Romeo voltar a atuar no Brasil, segundo nossos amigos do Carplace. O problema da marca, anteriormente, foi ter sido vendida em estandes dentro de concessionárias Fiat, não habituadas a lidar com clientes de modelos de luxo. Isso muda com a integração com a rede Chrysler, Dodge e Jeep, especializada justamente neste público.

Se voltar, a Alfa ou terá concessionárias próprias ou será vendida na rede Chrysler. Além do 4C, são os novos produtos que devem receber atenção por aqui. Um deles é o futuro sedã médio-grande da marca, chamado por ora de Giulia e finalmente com tração traseira. Outro é um SUV nervoso, como convém a quem ostenta o Cuore Sportivo, possivelmente aparentado do projeto 551, que será feito em Goiana.

Ambos terão a plataforma Compact Plus Global Modular Architecture. Só existe alguma chance de o Alfa ser produzido em Pernambuco se ele puder ser exportado competitivamente para os EUA, mas o mais provável é que ele seja feito na Itália.

 

Renault lança mais um vídeo do Sandero RS

A Renault está realmente disposta a tornar o lançamento do Sandero RS um grande acontecimento no mercado automotivo em 2015. Depois de lançar uma foto misteriosa e um vídeo acelerando na pista,a  Renault lançou um novo vídeo com o Sandero RS acelerando com seus irmãos da Renaultsport na mesma pista. O vídeo não traz grandes novidades a respeito do futuro esportivo – que vimos em detalhes neste post — mas traz o nome Renaultsport em destaque, o que pode significar uma futura investida da divisão esportiva no Brasil.

Matérias relacionadas

A Porsche não fez nenhum 911 GT3 RS com câmbio manual… mas esse cara fez!

Dalmo Hernandes

Massimo Tamburini: a trajetória do designer por trás das Bimota, Ducati, Cagiva e MV Agusta

Leonardo Contesini

Honda Civic Si é flagrado na versão sedã, Hennessey VelociRaptor ganha potência de Ford GT, os carros mais vendidos em fevereiro e mais!

Leonardo Contesini