A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Ferrari flagrada com powertrain híbrido, Salão de carros elétricos começa hoje em SP, Mercedes-AMG divulga primeiras imagens do A35 e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas (ou não) do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim, você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

Ferrari já está testando powertrain híbrido

Em abril passado, o finado CEO da Ferrari, Sergio Marchionne, confirmou que a marca estava trabalhando em um powertrain híbrido capaz de rodar alguns quilômetros usando apenas eletricidade e também anunciou que um V8 híbrido seria lançado em 2019, mas não disse em qual modelo.

Agora, passados cinco meses desde a declaração de Marchionne, os youtubers do canal Supercars Puerto Banus flagraram um protótipo com um visual um pouco diferente daquele que conhecemos na 488 — o que por si é suficiente para despertar nossa curiosidade. Mas além disso, o carro não tinha ruído algum de motor a combustão. Some os pontos e você logo chegará à mesma hipótese a qual chegamos: esta é uma mula de testes para o powertrain híbrido anunciado em abril.

Na verdade, ao observar atentamente o carro do vídeo, você notará que os faróis e lanternas são da 458 Italia, e não da 488 GTB, e uma janela no cofre do motor, que permitia ver um dispositivo semelhante aos pacotes de baterias dos modelos híbridos.

Como sua gama inteira foi renovada recentemente — seu modelo mais antigo atualmente é a própria 488, com apenas quatro anos de mercado — é pouco provável que o powertrain híbrido apareça na 488. Em vez disso, é possível que ele faça sua estreia no futuro SUV da marca, que também deve chegar am 2019, ou talvez como uma variação da GTC4Lusso.

 

Salão de carros elétricos começa hoje em São Paulo

dsc-5204

Enquanto o Salão do Automóvel deste ano não chega, São Paulo está recebendo um “salão” de carros elétricos e híbridos. Apesar do jeitão de novidade, esta é a 14ª edição do evento, cujo nome oficial é “Plataforma de Veículos Híbridos-Elétricos, Componentes e Novas Tecnologias – Veículo Elétrico Latino-Americano”. Mais fácil chamar de “salão do carro elétrico”, não?

O evento começa nesta segunda-feira (17) e irá apresentar as novidades do segmento, além de modelos híbridos e elétricos disponíveis para test drive. Ao todo serão nove opções para testes: Toyota Prius, Lexus CT200h, BYD ES, Renault Zoe, Renault Twizy, Volvo XC60, Volvo XC90, o scooter Cooltra e um carrinho de golfe da Yamaha. Destes, somente Prius, Lexus e os dois Volvo são oferecidos regularmente no Brasil.

A Toyota, atualmente a marca que mais se destaca no segmento de híbridos no Brasil, irá apresentar o protótipo flex do Prius, o primeiro do tipo no mundo. Além dos automóveis o evento também terá outros tipos de veículos elétricos, como patinetes, bicicletas, drones e karts.

O “salão do carro elétrico” estará aberto de segunda (17) a quarta-feira (19) das 13 às 20h, no Transamerica Expo Center (Av. Dr. Mário Vilas Boas Rodrigues, 387 – Santo Amaro, São Paulo – SP). A entrada é gratuita, porém é preciso fazer seu credenciamento pelo site oficial.

 

Mercedes revela primeiras imagens do A35 AMG

2019-mercedes-amg-a35-teaser1

Já faz alguns anos que a Mercedes-AMG anunciou sua meta de chegar a 50 modelos até o fim desta década, e o primeiro passo foi a criação da linha 43 AMG, posicionada como modelo esportivo de entrada das Classes C, E, GLC e GLC. Depois eles decidiram criar um modelo quatro portas do AMG GT — também com duas versões, entre as quais está a linha híbrida 50 AMG. Agora, para tirar uma casquinha extra da Classe A e preencher o buraco que havia entre o A250 Sport e o A45 AMG, a divisão esportiva está prestes a lançar o A35 AMG. E as primeiras fotos do hot hatch foram divulgadas neste final de semana.

O modelo terá um visual mais agressivo do que esperávamos, com grandes tomadas de ar nos para-choques e até uma asa traseira. O motor será o mesmo 2.0 turbo que equipa o A45 AMG, porém com aproximadamente 300 cv. O sistema de tração integral 4Matic também vem do irmão mais radical, enquanto o câmbio deverá ser o automático de nove marchas do A250.

2019-mercedes-amg-a35-teaser3

 

Como você já deve ter percebido, o A35 AMG é a resposta da Mercedes ao Audi S3, que reinava sozinho como esportivo intermediário, abaixo do RS3 — este, o verdadeiro rival do A45 AMG. A potência estimada do A35 também o coloca próximo do BMW M140i, de 340 cv, ainda que ele esteja prestes a ganhar uma nova geração.

O posicionamento do A35 AMG também o tornará o modelo mais barato da divisão esportiva, e o modelo AMG menos potente dos últimos 20 anos. A estreia do A35 AMG está prevista para o Salão de Paris, que começa no dia 4 de outubro. Até lá deveremos ver novos teasers do modelo.

 

Bugati prepara versões roadster, Super Sport e de baixo peso para o Chiron

bugatti_divo_3_02ff015209d906a4

Parece que o lançamento do Divo não irá parar ou mudar o curso da carreira do Bugatti Chiron. Segundo a revista Automobile Magazine, a marca franco-germânica está trabalhando em outros três modelos baseados no hipercarro, todos com a missão de “levar o desempenho do carro a um novo patamar”.

De acordo com a revista, a próxima versão do Chiron terá foco na redução de peso e na aerodinâmica em um nível mais extenso que no Divo. O modelo ainda não tem nome, e será seguido pelo Chiron Super Sport, ou SS, que terá foco no desempenho em pista. Por último, o Chiron finalmente ganhará sua versão roadster, apesar de a Bugatti ter negado esta derivação para o hipercarro anteriormente.

Esta profusão de variantes do Chiron, ao que tudo indica, trata-se de uma estratégia para faturar com o modelo e conquistar os clientes de carros mais exclusivos e artesanais como os Pagani e Koenigsegg, que tiveram um crescimento significativo na última década.

Todos eles manterão o motor W16 quadriturbo de oito litros, mas ainda não se sabe se algum deles terá upgrades para extrair mais de 1.500 cv.

Além disso, a Bugatti ainda está considerando a produção de um hipercarro elétrico em parceria com a Rimac, que teve 10% de seu capital adquirido pela Porsche no primeiro semestre deste ano. Será este o protótipo misterioso que foi flagrado no início deste mês? Será que o sedã da Bugatti acabará impulsionado por um motor elétrico?

 

Toytoa Supra poderá ter versão aliviada para as pistas

A90-Supra-meet-06

Vejam só quem apareceu de novo, marcando território e pedindo um espacinho na mídia: o aguardado Toyota Supra, o lançamento mais enrolado dos últimos anos. Desta vez eles não publicaram nenhum teaser, nem sugeriram uma data de lançamento. A notícia agora é que o esportivo, que nem tem data para chegar, poderá ter uma versão aliviada para as pistas.

Quem disse isso foi o chefe da Gazoo Racing, Tetsuya Tada, que também é o chefe do projeto Supra, em entrevista ao Top Gear. Tada explicou que “em certo ponto gostaria de fazer um Supra de pista com menos peso”. Ele também adiantou que o Supra terá, logo de saída, uma versão de corrida. Questionado se este Supra aliviado seria um especial de track day ou um carro de rua, Tada desconversou, dizendo que está estudando as duas hipóteses e também que “sempre há limitações em um carro de rua”.

Por outro lado, Tada reforçou que pretende ver o Supra disputar a categoria GTE do WEC — o que irá exigir um belo upgrade de potência e desempenho aerodinâmico para encarar os atuais participantes — todos com cerca de 500 cv. Tada finalizou a notícia dizendo que o Porsche Cayman é o benchmar dinâmico do Supra desde o início do projeto. “O Cayman tem a vantagem de ter o motor central-traseiro, mas pilotei os carros na pista e tenho certeza de que estamos andando junto dele”, completou.

 

Mercedes anuncia recall do C 450 AMG, C 43 AMG e GLC 43 AMG

MB-AMG-GLC-63-17

A Mercedes-Benz anunciou nesta segunda-feira (17) o recall dos modelos C450 Sport AMG, C43 AMG e GLC 43 AMG. Segundo a marca, alguns exemplares destes modelos têm problemas no limitador de corrente elétrica da partida do motor, que podem resultar em sobrecarga e o motorista tente dar a partida após o bloqueio eletrônico da ignição. Com isso, o limitador pode superaquecer e iniciar um incêndio.

Os modelos da Classe C (450 e 43 AMG) envolvidos foram fabricados entre setembro de 2015 e março de 2017, com chassis não sequenciais de WDDWF6EW7GF250647 a WDDWF6EW9HF496354. Os crossovers GLC foram produzidos entre setembro de 2016 e dezembro de 2016, e têm chassis de WDC0G6EWXHF130897 a WDC0G6EW2HF187529.

O reparo inclui a instalação de um fusível adicional na linha elétrica do motor de partida, e dura cerva de uma hora. Para agendar o reparo ou saber se seu carro está envolvido a fabricante disponibiliza o telefone 0800 970 9090 e o site www.mercedes-benz.com.br.

 


17710935037933873302

Matérias relacionadas

Brazil Classics Show em Araxá, Hyundai HB20S ganha nova versão de entrada, Rolls-Royce Cullinan no Brasil e mais!

Leonardo Contesini

Jack Brabham Trophy, 1971 – quando chefes de equipe da Fórmula 1 disputaram uma corrida de Escort Mk1

Dalmo Hernandes

Esta Chevrolet C-10 1975 com 92.000 km e motor seis-cilindros está à venda

Dalmo Hernandes