Fiat Cronos flagrado em testes, o novo esportivo da Saleen, a despedida do Mercedes Classe G e mais!

Leonardo Contesini 14 novembro, 2017 0
Fiat Cronos flagrado em testes, o novo esportivo da Saleen, a despedida do Mercedes Classe G e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

Fiat Cronos flagrado em testes em Minas Gerais

20171110_091411

Há pouco menos de um mês a Fiat revelou o nome do sedã do Argo em uma ação divertida que envolvia uma corrida de Uno com escada no teto e, aos poucos, eram substituídos pelos modelos atuais da marca com as letras do nome do novo modelo. Obviamente era o início da campanha de lançamento do modelo, e isso significa que ele já está em fase bastante avançada de testes e desenvolvimento. Este flagra do leitor Victor Cezar Santos é mais uma evidência disto.

IMG-20171110-WA0032

Victor topou com o Cronos nos arredores de Betim/MG, ainda com camuflagem suficiente para esconder praticamente todos os detalhes do desenho, mas deixa claro a silhueta da área envidraçada e o vinco marcando a linha de cintura do carro — dois elementos muito semelhantes ao do Fiat Tipo europeu, que inspirou fortemente o Argo. As lanternas traseiras estão cobertas mas não parecem ser apliques com formato genérico. Se o Cronos for influenciado pelo Tipo como o Argos, as lanternas terão um formato em C como o sedã europeu.

20171110_091402

A Fiat ainda não confirmou, mas espera-se que o Argo seja oferecido somente com os motores 1.3 FireFly (combinado ao câmbio manual ou GSR, ambos de cinco marchas) e 1.8 etorq (combinado ao câmbio manual de cinco marchas ou automático de seis marchas). O 1.0 deverá ficar de fora do sedã, que chega somente em 2018 vindo da Argentina.

 

Saleen irá apresentar novo esportivo em dezembro

Saleen-S1-1

Lembra da Saleen? Ela era a fabricante do S7, o supercarro americano lançado no final do ano 2000 com um V8 biturbo de 7 litros, 750 cv e capaz de chegar aos 400 km/h. O modelo foi fabricado até 2009, e a Saleen chegou a anunciar um sucessor, o S5S Raptor, que nunca chegou ao mundo real. Depois, a marca firmou uma parceria com uma empresa chinesa e desde então estava sem nenhuma novidade. Até agora.

A marca, que agora se chama Jiangsu Saleen Automotive Technology Co., anunciou o lançamento de seu novo supercarro no Salão de Los Angeles, que acontecerá no início de dezembro. Batizado S1, ele continua usando motores turbo fornecidos pela Ford, mas desta vez com metade dos cilindros e um terço do deslocamento. Se você é bom de contas, já percebeu que estou falando do Ford EcoBoost 2.3.

saleen-china-1

Não é o que você espera encontrar no cofre de um supercarro de motor central-traseiro, mas ele ao menos terá 450 cv de potência e 58,6 kgfm de torque, suficientes para levá-lo aos 290 km/h — velocidade limitada eletronicamente. O carro será produzido na China, e ainda não há detalhes sobre transmissão e suspensão ou fotos do interior.

 

McLaren agora mostra a traseira do P15

next_mclaren_ultimate_series_2

Depois de mostrar o escape do P15, a McLaren agora decidiu revelar parte da traseira de seu próximo hipercarro sucessor do P1, que será revelado no dia 10 de dezembro. Combinando as duas imagens, pode-se montar a traseira completa – ou ao menos o que achamos que será a traseira completa do carro.

ultimate_series

O modelo já foi flagrado em testes, porém usava a carroceria do 675LT, o que impedia de descobrir qualquer detalhe a mais sobre o carro. Contudo, os britânicos da Autocar souberam que ele será produzido sobre o monocoque Monocage II, que estreou no 720S, e usará o motor 4.0 V8 biturbo, que também estreou no 720. Com a nova base o carro terá cerca de 1.300 kg e o motor irá produzir 900 cv. Para fazer seu desempenho ainda melhor que o do P1, a McLaren fará o P15 extremamente espartano, de forma que ele será ainda mais orientado para as pistas que seu antecessor.

 

Mercedes Classe G se despede da atual geração com três edições especiais

2017-Mercedes-Benz-G-Limited-Editions-101

Depois de quase 40 anos de estrada a primeira geração do Mercedes-Benz Geländewagen, mais conhecido como Classe G, está prestes a se aposentar. E é claro que uma carreira desta duração não poderia sair de cena sem algum tipo de despedida. E ela veio na forma de três edições especiais: os modelos G500 Limited Edition, G350d Limited Edition e G350d Professional Limited Edition.

2017-Mercedes-Benz-G-Limited-Editions-104

O primeiro deles, o G500, é equipado com uma versão de 421 cv do V8 de quatro litros e dois turbos da Mercedes. A pintura é Platinum Magno e ele tem a grade e a capa do estepe pintados de preto. Por dentro os bancos usam couro preto com costuras brancas, volante AMG e acabamento preto brilhante.

2017-Mercedes-Benz-G-Limited-Editions-103

O G350d Limited Edition vem com pintura Mocha Black metálica, rodas de 19 polegadas cinza, bancos e painel de couro marrom e volante AMG também revestido pelo couro marrom. O motor é o V6 3.0 turbodiesel de 244 cv.

2017-Mercedes-Benz-G-Limited-Editions-102-1-626x3832017-Mercedes-Benz-G-Limited-Editions-105

Por último, o G350d Professional vem pintado de China Blue, e tem para-choque dianteiro de aço, grades de proteção nos piscas dianteiros, para-barro nas rodas dianteiras, rack de teto e bancos de tecido xadrez, como o G-Wagen original.

2017-Mercedes-Benz-G-Limited-Editions-106

Cada um deles terá apenas 463 unidades, que totalizam 1.389 exemplares, e serão numerados e terão emblemas de identificação. As entregas começam na metade de 2018.

 

Pirelli cancela seus testes de pneus em Interlagos após tentativa de assalto

eg7sf8rxrr8qukgvmlq5

Entre as vítimas das tentativas de assalto durante os eventos do GP do Brasil de F1 no último final de semana, estava uma equipe de técnicos e engenheiros da Pirelli, que estavam no país para acompanhar a prova e também para uma bateria de testes que deveria acontecer ao longo desta semana, em parceria com a McLaren. Mas depois do susto de quase perder seus equipamentos para uma quadrilha organizada, eles mudaram os planos, e os testes foram cancelados devido às preocupações com a segurança.

A declaração oficial é a seguinte: “Depois de uma tentativa de assalto, neutralizada pela segurança da Pirelli, em Interlagos no último domingo — em um final de semana onde episódios semelhantes aconteceram com outras equipes — foi decidido cancelar os testes de pneus planejados para o dia 14 e 15 no circuito brasileiro com a McLaren. A decisão, compartilhada com a McLaren, a FIA e a F1, foi feita pensando na segurança da equipe, tanto da McLaren quanto nossa, que participaria do teste”.