FlatOut!
Image default
Zero a 300

Fiat terá CVT no Argo e no Cronos, Série 3 e X5 já estão a venda no Brasil, F-150 terá versão Shelby e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas (ou não) do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim, você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

Ainda não é assinante do FlatOut? Considere fazê-lo: além de nos ajudar a manter o site e o nosso canal funcionando, você terá acesso a uma série de matérias exclusivas para assinantes – como conteúdos técnicoshistórias de carros e pilotosavaliações e muito mais!

 

FLATOUTER

Membro especial, com todos os benefícios: acesso livre a todo o conteúdo do FlatOut, participação no grupo secreto no Facebook (fique próximo de nossa equipe!), descontos em nossa loja, oficinas e lojas parceiras!

A partir de

R$20,00 / mês

ASSINANTE

Plano feito na medida para quem quer acessar livremente todo o conteúdo do FlatOut, incluindo vídeos exclusivos para assinantes e FlatOuters.*

De R$14,90

por R$9,90 / mês

*Não há convite para participar do grupo secreto do FlatOut nem há descontos em nossa loja ou em parceiros.

 

Fiat Cronos e Argo terão câmbio CVT

Atualmente se você quiser um Argo ou Cronos automático com o motor Firefly 1.3, sua única opção é o câmbio GSR-Comfort, que não é exatamente um automático, mas uma caixa automatizada com embreagem simples.

Como esse tipo de câmbio já está se tornando obsoleto por sua necessidade de manutenção constante e pela falta de suavidade no funcionamento, além da redução do custo de sistemas automáticos convencionais, a Fiat deverá substituí-los por uma nova transmissão CVT. A apuração é do pessoal do Best Cars.

De acordo com o site, o novo câmbio deve ser lançado ainda neste ano, quando a linha 2020 for apresentada. Ainda não está claro se ele substituirá ao mesmo tempo o GSR e o atual automático de seis marchas dos motores 1.8, ou se ele será adotado somente nos modelos com motor menor.

É provável também que ele tenha dois modos de utilização, com simulação de marchas e que faça a estreia no futuro Argo Trekking, a versão “crossover” do hatchback. (LC).

 

F-150 Raptor pode ganhar motor V8 de 700 cv do Shelby GT500

A atual Ford F-150 Raptor é fruto do downsizing: a atual geração trocou antigo o V8 naturalmente aspirado de 6,2 litros e 416 cv por um V6 Ecoboost biturbo de 3,5 litros e 456 cv, acoplado a uma nova caixa automática de dez marchas. Mas pode ser que a Raptor recupere seus dois cilindros em breve: de acordo com a revista Car and Driver, a Ford pretende dar à Raptor o motor V8 supercharged de mais de 700 cv do Shelby GT500.

Citando “várias fontes” junto à Ford, a publicação afirma que a ideia é colocar no mercado uma edição especial da Raptor como despedida da atual geração. O V8 deverá ter potência similar à do Shelby GT500, mantendo o câmbio automático de dez marchas.

A super Raptor com motor de 700 cv também deverá servir como resposta da Ford para a futura Ram Rebel TRX – apresentada como conceito em 2016, a picape com motor V8 Hellcat foi confirmada em meados de 2018. A previsão é que a Raptor com motor V8 Shelby seja apresentada na segunda metade de 2020. (DH)

 

BMW começa a vender novos Série 3 e X5

A BMW anunciou o início das vendas dos novos Série 3 e X5. O sedã e o SUV estavam em pré-venda – o Série 3 desde o início do mês, e o X5 desde janeiro.

O Série 3 chega nas mesmas condições da pré-venda: apenas na versão 330i M Sport, com o motor 2.0 turbo B48 de 258 cv e câmbio automático de oito marchas, por R$ 269.950. A versão 330i Sport, com o mesmo conjunto mecânico e visual mais discreto, e desprovida itens como os faróis a laser e a suspensão ajustável de série, chegará em junho por R$ 219.950. Vale lembrar que, por enquanto, o Série 3 vem importado da Alemanha, mas a partir de julho ele começará a ser fabricado em Araquari/SC.

O BMW X5, por sua vez, oferece quatro versões diferentes: xDrive30d (R$ 449.950), xDrive30d M Sport (R$ 479.950), xDrive30d M Sport xOffroad (R$ 499.950) e X5 M50d (R$ 539.950). Todas as versões são equipadas com o mesmo motor seis-cilindros turbodiesel de três litros, com dois níveis de potência: 400 cv e 73,4 kgfm de torque no M50d, e 265 cv e 63,2 kgfm nas demais.

O BMW X5 virá importado dos Estados Unidos inicialmente, mas também será nacionalizado no segundo semestre – a produção em Araquari se iniciará logo depois do Série 3. (DH)

 

Mercedes considera o fim da Smart

De acordo com o site alemão Handelsblatt, a Smart pode estar com os dias contados. A publicação afirma que o recém-nomeado CEO do grupo Daimler, Ola Kallenius, ainda não se decidiu sobre o futuro da marca de minicarros – seu destino deverá ser selado até o fim de 2019. No entanto, o executivo diz não ter qualquer tipo de ligação sentimental com a Smart, e não terá nenhuma dificuldade em acabar com a marca caso seja necessário.

O Handelsblatt também diz que a Renault, parceira da Daimler no desenvolvimento do atual ForTwo, não parece disposta a renovar o contrato para uma nova geração. O Smart ForTwo de terceira geração, lançado em 2014, divide sua plataforma com o Renault Twingo. Ambos os modelos têm motor e tração traseira, e ambos sofrem com baixas vendas na Europa – e, no caso do Smart, nos EUA.

A última tentativa da Smart em tornar o ForTwo lucrativo foi o investimento em versões elétricas, mas ainda assim, apenas algumas centenas de exemplares são emplacados por mês. (DH)

 

BMW revela primeiras imagens de seu próximo modelo elétrico

A BMW divulgou as primeiras imagens de seu próximo modelo elétrico, o sedã i4. As imagens contudo, não revelam tudo o que gostaríamos do carro, uma vez que a BMW também entrou na onda de divulgar fotos do carro camuflado.

Seguindo a regra dos números pares e ímpares, o i4 é um cupê de quatro portas que parece apontar diretamente para o Tesla Model S. Para manter o custo de produção baixo o modelo usa a mesma plataforma modular dos modelos de combustão interna, a CLAR, que já foi desenvolvida do início para também acomodar powertrains híbridos e elétricos.

A BMW já divulgou que o powertrain também será compartilhado com outros modelos elétricos da marca mas não deu detalhes sobre potência e torque, limitando-se a divulgar a autonomia de 600 km, o zero-a-cem de 4 segundos e a velocidade máxima de 200 km/h — números próximos do Tesla Model S, a atual referência para os sedãs médio-grandes elétricos.

O BMW i4 será revelado oficialmente no segundo semestre, durante o Salão de Paris.

 

Preço da gasolina volta a subir pela quarta semana consecutiva

Depois de uma série de quedas em janeiro e fevereiro, o preço da gasolina voltou a subir pela quarta semana seguida, passando de R$ 4,294 para R$ 4,319. Além da gasolina, tanto o diesel quanto o etanol também tiveram um aumento, embora mais sutil. No diesel o aumento foi de 0,1%, passando de R$ 3,535 para R$ 3,540, enquanto o etanol aumentou 0,2%, de R$ 2,962 para R$ 2,969. (LC)

 

Tesla dá Model 3 para hackers que conseguiram invadir o carro em competição

Nos últimos quatro anos a Telsa vem oferecendo recompensas para hackers que descubram bugs e falhas. Agora em janeiro ela foi o primeiro fabricante de automóveis a participar do Pwn2Own, uma competição de hackers onde empresas de tecnologia levam seus produtos para descobrir falhas e vulnerabilidades. A Tesla levou um Model 3 e daria o carro de prêmio para quem conseguir invadir o sistema do veículo.

A equipe Fluoroacetate conseguiu invadir o navegador de internet do carro através de um bug JIT (just-in-time), que passou pelo sistema de proteção do carro. Além de ganhar o carro a equipe ganhou US$ 375.000. As empresas que participam do Pwn2Own tem 90 dias para fazer as atualizações necessárias para corrigir as vulnerabilidades descobertas na competição. (ER)

Matérias relacionadas

Corvette ZR1 poderá ter V8 biturbo de 700 cv, Renault anuncia Kwid, Koleos e Kaptur no Brasil, BMW M3 ganha série especial de 30 anos e mais!

Leonardo Contesini

Porsche 911 GT2 RS: versão mais brutal do nine-eleven é revelada em sua forma definitiva

Dalmo Hernandes

Este Chevrolet Impala 1969 com motor V8 e câmbio manual na coluna está à venda

Dalmo Hernandes