A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Fiat Toro ganha nova versão de topo, Mercedes 300SL asa-de-gaivota é misteriosamente roubado, Alonso vence (e perde) as 6 Horas de Silverstone e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas (ou não) do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim, você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

Fiat Toro Ranch é lançada por R$ 149.990

imagem

A Fiat anunciou nesta semana a nova versão de topo de sua picape Toro. Batizada Ranch, o modelo é equipado com o mesmo motor 2.0 turbodiesel de 170 cv e o câmbio automático de 9 marchas da versão Volcano, diferenciando-se apenas pelo novo pacote de acessórios exclusivos, como havíamos visto nas primeiras imagens vazadas na semana passada.

imagem_1

Como também havíamos visto na semana passada, o modelo custa R$ 149.990 – uma diferença de R$ 6.000 em relação à Volcano. O valor é justificado pela Fiat com um pacote de equipamentos e acessórios que inclui rack de teto, rodas de 18 polegadas, estribos, santantônio, gancho de reboque, retrovisores cromados, para-barros dianteiros, protetor do tanque de combustível, revestimento dos bancos e portas com couro marrom, teto e colunas com revestimento escuro e detalhes da mesma cor no painel e costuras da coifa do câmbio, da alavanca do freio de estacionamento e do volante.

imagem_2

 

Os demais itens de série são os mesmos da Volcano, como o ar-condicionado de duas zonas, sistema multimídia com tela de cinco polegadas, faróis de neblina com modo “cornering light”, DRL, sensor de chuva, câmera de ré, retrovisor eletrocrômico, ajuste elétrico do banco do motorista e sistema keyless.

 

Alguém roubou um dos Mercedes 300SL mais raros de todos os tempos

e5e899c3-mercedes-benz-300sl-stolen-1

Lembra da história do Aston Martin original de James Bond, que foi roubado em 1997 e, desde então, nunca mais foi visto? Pois um Mercedes-Benz 300SL “gullwing” acaba de se tornar a mais nova vítima de um roubo parecido: o esportivo foi roubado em frente a um hotel próximo a Nürburgring.

Segundo o jornal britânico The Sunday Times, o carro foi levado do Dorint Hotel entre 1:30 e 10:00 do último dia 11 de agosto. Seu proprietário, o britânico Thomas Rosier, disse que o carro estava estacionado em frente ao hotel pois a garagem estava cheia.

66feec83-mercedes-benz-300sl-stolen-3

O modelo em questão era o chassi 198040 5500434, um dos 30 exemplares do 300SL que combinam a carroceria de aço à versão de competição do motor seis-em-linha de 3 litros. Como se não bastasse, ele ainda era diferente dos outros 29 exemplares de sua espécie por ter bolhas no teto/portas para aumentar o espaço para a cabeça. O carro estava na Alemanha para participar do Oldtimer Grand Prix no circuito de Nürburgring.

e26dbd4f-mercedes-benz-300sl-stolen-2

Sabendo que esse tipo de carro não será oferecido no mercado de clássicos, o proprietário teme que ele seja desmontado para ter seus componentes vendidos separadamente, e ofereceu uma recompensa de 250.000 euros pelo carro. Como você deve saber, um 300SL gullwing original atualmente não troca de mãos por menos de US$ 1 milhão. Com as características de raridade como fator de valorização, é provável que este exemplar valha cerca de US$ 2 milhões. Tomara que seja encontrado.

 

Nova geração do Hyundai HB20 flagrada em testes

HB202gen

Os coreanos da Hyundai-Kia seguem em alta no noticiário. Depois do registro do Veloster no Brasil e da divulgação dos dados de consumo do Kia Rio pelo Inmetro, quem deu as caras agora é o modelo do grupo feito exclusivamente para o nosso mercado, o HB20, que irá ganhar uma nova geração em 2019.

As fotos foram feitas em Namyang, onde fica o centro de desenvolvimento da Hyundai (e que inspirou o nome N da divisão esportiva da marca) e, apesar de inicialmente ser confundido com a versão alongada do Hyundai i10, desenvolvida para a Índia, os colegas Daniel Messeder do Motor1.com e Glauco Lucena do Autobuzz apuraram que trata-se realmente da nova geração do hatchback compacto.

hb202gent

Ainda segundo as apurações da dupla, como a atual geração, o novo HB20 será baseado na plataforma do i20 vendido globalmente, mas terá uma carroceria exclusiva para o mercado brasileiro — algo que se justifica devido ao grande volume de vendas do modelo por aqui. Atualmente o HB20 é o vice-líder de vendas em 2018, com quase 60.000 unidades vendidas. Para manter sua posição, a nova geração do HB20 está prevista para 2019 e ficará sutilmente maior e deverá ter o visual inspirado pela nova geração do Elantra.

 

Novo Jetta na Argentina: uma pista sobre o preço do carro por aqui?

volkswagen_jetta_7

A nova geração do Jetta deve dar as caras por aqui somente em setembro, mas já chegou na Argentina, onde foi lançada na semana passada. Embora o lançamento no mercado vizinho não pareça muito relevante para nós, ele pode dar uma pista sobre os preços do Jetta por aqui.

volkswagen_jetta_329

Na semana passada consideramos os preços do Golf Variant e do Golf Comfortline 1.4 TSI para uma estimativa de valor de entrada do Jetta no Brasil. Na ocasião nosso palpite foi entre R$ 105.000 e R$ 110.000, o que o colocaria como uma alternativa atraente — e turbinada — ao Corolla e ao Civic.

volkswagen_jetta_307

Contudo, o lançamento do modelo argentino pelo valor equivalente a R$ 103.000 nos leva a crer que o Jetta chegará mais caro do que imaginávamos. Veja, o Golf 1.4 TSI Comfortline parte de 730.000 pesos argentinos — ou R$ 96.000 em conversão direta. O mesmo Golf 1.4 TSI Comfortline que é oferecido no Brasil por R$ 112.000. Em uma relação simplista, a menos que a Volkswagen decida inverter a posição do Jetta e do Golf no Brasil, colocando o sedã abaixo do hatchback e preenchendo o espaço de R$ 10.000 entre o Golf Variant de entrada e o Golf hatch de entrada, ele não deverá chegar por muito menos de R$ 120.000 — o que posicionaria o Jetta entre as versões intermediárias do Corolla e o Civic Touring com o motor 1.5 turbo.

 

Trio de Alonso vence as 6 Horas de Silverstone – e perde logo em seguida

1534753400146_wec

Neste final de semana o Mundial de Endurance foi ao circuito de Silverstone para a terceira etapa desta “supertemporada” de 2018/2019 e viu a favoritíssima Toyota faturar a dobradinha mais uma vez com Fernando Alonso, Sebastien Buemi e Kazuki Nakajima na primeira posição, seguidos por Mike Conway, Kamui Kobayashi e Jose Maria Lopez na segunda posição. Mais um passo dado em direção ao campeonato certo?

Sim, se não fosse um detalhe: na vistoria técnica após a corrida os dois carros apresentaram uma flexão irregular no fundo do carro que resultou na desclassificação dos dois carros! Com isso, a vitória foi “herdada” pelo trio Gustavo Menezes, Thoma Laurent e Mathias Beche, da TVR Rebellion, com Neel Jani e André Lotterer no outro carro da equipe ficando com o segundo lugar.

 


carrossel-camiseta-midnight-temp-1140x448

Matérias relacionadas

Os crossovers compactos estão mudando a cara dos carros?

Dalmo Hernandes

BMW Série 8 a venda no Brasil por R$ 800.000, novo Pajero Sport lançado por R$ 266.000, gasolina volta a subir e mais!

Governo vs. caminhoneiros: com “acordo” descumprido, exército é chamado para encerrar paralisações

Leonardo Contesini