A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Project Cars Project Cars #37

Fiat Uno Black Box – o processo de preparação do Project Cars #37

Tudo certo, pessoal? Estou de volta para lhes contar mais um pouco da história do Uno Black Box! Como havia dito no primeiro post, mandei o carro de guincho para Atibaia para ser montado na Marcio’s Garage. Optei por mandar para lá pois além de companheiro de clube, o Marcio é extremamente detalhista e caprichado, exatamente o que eu precisava para o projeto.

Sempre que alguém falava comigo sobre comprar um Uno Turbo, anos antes de eu imaginar que teria um, eu sempre dizia que seria uma boa escolha, mas que o carro teria que ser desmontado em cada parafuso pra saber o real estado em que estava.

Dei a sorte de pegar um carro completamente desmontado, e o Marcio teve o cuidado de separar cada peça que veio amontoada no interior do carro, fotografando cada detalhe e postando em um tópico no DUBSport para que eu acompanhasse sem perder nada.

O objetivo do carro é andar em pista. Por isso decidi manter o peso o mais baixo possível, e dar foco na parte mecânica em um primeiro momento.

DSC00179

O motor havia acabado de ser feito pelo antigo dono e nunca havia sido ligado desde que fora montado. Como o dinheiro para o projeto era limitado, resolvi começar a montagem usando a maioria das peças já existentes, dando continuidade ao que o antigo dono havia começado.

DSC00480

No lugar dos pistões originais, foram utilizados pistões de AP a álcool de 87 mm e o bloco foi rebaixado em 0.9 mm. Para alimentação foram usadas duas bombas de GTI em linha, sendo uma interna e uma externa. Toda a linha de combustível foi feita do zero. Os bicos são os Bosch Red Top, com flauta original e um dosador de Tempra Turbo. Escolhemos a turbina K16 buscando em torno de 140 cv, potência ideal pra começar a brincadeira.Para controlar a nova potência, os freios dianteiros são originais, com pastilhas mais macias da Powerbrakes e a traseira usa os discos e pinças do Audi A3.

DSC00255

Por dentro, usei um banco concha San Marino de curvim preto que fazia parte de um cockpit Águia que eu usava com meu volante Logitech G27. Vendi tudo e fiquei com o banco. No painel foram instalados alguns manômetros da ODG para monitorar pressão de combustível, pressão de óleo e temperatura da água, pois o marcador original do painel não funcionava mais.

Foto 12-12-13 23 01 24

Para monitorar a mistura (pasmem, o Uno Turbo não usava sonda em sua injeção Boch Le Jetronic original), usei um Hallmeter HIS e uma sonda lambda narrow band, mas logo acabei substituindo por uma sonda Wideband e um Hallmeter ODG.

O toque final foi um presente do Marcio: uma barra estrutural traseira para melhorar a rigidez do carro enquanto a gaiola não chega.

DSC00520

O carro foi montado em 6 semanas, onde ficaram faltando pequenos detalhes que rapidamente foram corrgidos: redução de peso! Essa foi a parte fácil: encostei o carro na M.A Audio, em Piracicaba, e desmontamos forro de teto e todos os acabamentos restantes do interior do carro.

Foto 19-10-13 15 09 40

Ele finalmente ficou pronto para participar de sua primeira prova, mas isso fica para o próximo post. Até lá!

Por André Cavalcanti, Project Cars #37

0pcdisclaimer2

Matérias relacionadas

Project Cars #410: como decidi construir um Volksrod

Leonardo Contesini

Project Bikes #337: a Honda CB500 Four Café Racer ficou pronta!

Leonardo Contesini

Project Cars #432: meu Nissan 350Z de cara nova e roncando bonito

Leonardo Contesini