FlatOut!
Image default
Zero a 300

Ford GT terá 700 cv, um Golf R de 500 cv, Toyota terá esportivo abaixo do GT 86 e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

Ford GT terá 700 cv – e não será híbrido

salaodetroit-barata-ford-18

Quando mostrou o novo GT, no Salão de Detroit deste ano, a Ford foi modesta em dizer que ele teria mais de 600 cv. Em um evento recente para a imprensa internacional, a fabricante revelou que o motor 3.6 V6 EcoBoost, biturbo, renderá pelo menos 700 cv. Os pistões de 92,6 mm de diâmetro e 86,7 mm de curso serão divididos com outros carros da empresa, como os protótipos IMSA Daytona.

A Ford avalia usar rodas de fibra de carbono ou de alumínio forjado no carro, com cinco furos e cubo rápido. Os freios certamente serão Brembo, com pinças de pistões opostos e discos de  carbono-cerâmica.

Ele também terá aerodinâmica ativa, quatro modos de condução (Normal, Sport, Track e Wet), amortecedores de ajuste variável e controles avançados de tração e estabilidade. Tudo suportado por mais de 50 sensores e 28 microprocessadores analisando 300 Mb/s e seis redes CAN. Dizem que é mais do que um Boeing 787 Dreamliner tem à disposição.

Partes da carroceria e do chassi serão fabricados pela Multimatic Motorsports and Engineering, mesma empresa que forneceu painéis para o Aston Martin One-77. Os primeiros GT sairão da linha de produção no final do ano que vem. O preço pode chegar a salgados US$ 400 mil. Isso nos EUA! Será fabricados apenas 250 por ano e a produção total não passará de 1.000 unidades.

 

Oettinger lança Golf  2.5 de 500 cv

Oettinger-500R-2

Os especialistas em preparação de Volkswagens e afins da Oettinger (a antiga Okrasa, cuja história contamos aqui) revelaram a variação mais potente do Wörthersee Treffen deste ano: o Oettinger 500R.

Equipado com o motor 2.5 TFSI da Audi, o super hatch tem nada menos que 518 cv à sua disposição para levá-lo aos 100 km/h em absurdos 3,4 segundos e além dos 300 km/h, se você tiver espaço.

Oettinger-500R-14

A preparação do motor de cinco cilindros consistiu na modificação do conjunto de turbina e admissão, sistema de arrefecimento e, claro, remapeamento da ECU. Como resultado, os 518 cv aparecem a 6.100 rpm enquanto uma patada brutal de 69,1 mkgf vem logo aos 3.600 rpm.

Além do motor, o modelo terá um body kit bastante agressivo, com para-lamas alargados, para-choques com tomadas de ar maiores e bitolas aumentadas. No total, o Golf 500R será 10 cm mais largo que um GTI comum.

Oettinger-500R-3

As rodas são ATS forjadas, de 20 polegadas, e usam pneus Dunlop Sport Maxx 275/25. Para frear o carro, os freios agora têm pinças de seis pistões. Por dentro, o 500R tem revestimento de couro com Alcantara preta na parte central dos bancos e costuras laranja.

E se você esperava chegar ao final desta nota e ler que ele é apenas um conceito, uma surpresa: ele será vendido por cerca de US$ 170.000. E segundo a Oettinger no futuro haverá opções de 600, 650 e 750 cv.

 

Lotus cria F1 pós-apocalíptico para divulgar Mad Max

test1

Com o lançamento de Mad Max: Fury Road, os produtores do filme realizaram uma ação promocional com a Lotus criando um carro de Fórmula 1 “reimaginado para um futuro pós-apocalíptico”.

Segundo a Lotus o carro equipado com lanças e caveiras na asa dianteira mostra a “natureza tenaz da Lotus” que “estará aqui para competir, não importa quais sejam as regras da F1 no futuro”, o que nos faz pensar que eles imaginam algo sombrio para o futuro da categoria. Talvez não estejam errados.

 

Toyota fará um esportivo abaixo do GT86

toyota_86_3

O Toyobaru, chamado pela Toyota de GT86, acabou saindo mais caro do que a encomenda. Com isso, a marca japonesa acha que existe espaço para algo menor e mais barato, também cupê, 2+2. Ele deve ser lançado até o começo de 2018. O projeto é chamado de 69DZ, segundo o site australiano Motoring.

O motor será um 1.5 2NR-FKE de quatro cilindros, com injeção direta, capaz de render 132 cv. Poderia parecer pouco não fosse o peso que o cupê deve ter, abaixo de 980 kg. Esteticamente, ele será uma homenagem ao Sports 800, de 1965, como o GT86 Style Cool Beauty, um modelo conceitual feito por mulheres, apresentado no Salão de Tóquio de 2013 e que será vendido em série limitada no Japão a partir de abril.

O 69DZ final, portanto, será bem parecido com o Cool Beauty, a não ser por ser menorzinho, ter para-lamas alargados e uma bolha no capô. Como os designers queriam que o carro fosse o mais baixo possível, e era necessário ter uma área de absorção de impactos contra pedestres de pelo menos 90 mm sobre o motor, a tal bolha nasceu.

As opções de transmissão serão automática e manual de seis marchas, ambas as mesmas presentes no GT86. O desenvolvimento final do carro ficará a cargo de Tommi Makinen, que já vem ajudando a Toyota a aperfeiçoar alguns modelos. O preço também deve ser leve e ficar abaixo dos 20 mil dólares australianos.

 

Sucessor do Clio será um mini Sandero, de acordo com esboços

Renault-Kayou-sketch-from-Renault-India-Facebook-page

A Renault India colocou como imagem de capa em seu Facebook um esboço que, tudo indica, é de seu novo compacto. Chamado por ora de Kayou, ele será revelado no próximo dia 20 e será o substituto do Renault Clio no Brasil. Veja o esboço abaixo.

A história, revelada pelo site India Autos Blog, permite dizer que o Kayou será como um mini Sandero. A grade dianteira da nova família está lá, assim como a larga coluna C e os vincos quadrados sobre as caixas de rodas. Mais sobre o carrinho, que terá motor de três cilindros 0.8 e a nova plataforma CMF-A, modular, só se a Renault India soltar mais teasers do carro. Ou se o tempo passar mais depressa até o dia 20.

Matérias relacionadas

Não parece, mas este Porsche 964 RSR só rodou 10 km – e ainda é um dos mais raros que existem

Dalmo Hernandes

Quando uma perua Fiat derrubou o presidente do Brasil

Leonardo Contesini

Este Pontiac Firebird com um V8 de oito litros e 480 hp está à venda no Brasil

Dalmo Hernandes