A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Ford pode voltar a Le Mans, perua do Golf deve vir ao Brasil, a morte de Andrea de Cesaris e mais

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas (ou não) do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim, você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

Ford planeja voltar a Le Mans para comemorar os 50 anos do primeiro GT40

006CarrollShelby-sm

A Ford pode estar preparando um retorno a Le Mans para comemorar os 50 anos da primeira vitória do Ford GT40, em 1966. Inicialmente a ideia era usar um Mustang com as especificações da classe GTE, mas o projeto acabou vetado pelos executivos.

Contudo, a Ford participou de uma reunião recente realizada com os construtores da classe GTE e, segundo informações da revista Road & Track, a volta da Ford às 24 Horas de Le Mans coincidiriam com o lançamento do sucessor do Ford GT, o supercarro da marca lançado para comemorar os 50 anos do clássico GT40, e que saiu de linha em 2007. Logicamente, a Ford não disputaria a categoria LMP1 contra Porsche, Toyota e Audi, mas voltaria a encarar a Ferrari 458 Italia — ou sua sucessora — na GTE-Pro, repetindo o duelo dos anos 1960.

 

smart ForTwo será vendido no Brasil em 2016

FlatOut 2014-10-06 às 10.43.09

Há alguns dias nossos leitores escolheram o Renault Twingo como um dos carros que foi recentemente lançado lá fora e que deveria vir para o Brasil. Infelizmente ele realmente não está nos planos da Renault, mas isso não significa que não o teremos por aqui — ou quase isso.

Se você acompanha as notícias, certamente lembra que o novo smart é fruto de uma parceria entre Daimler-Benz e Renault, e que ele é uma derivação do subcompacto francês. Também por isso ganhou de volta uma versão quatro-portas, mas desta vez equipada com a mesma mecânica do Twingo — o que inclui o motor e a tração traseiros.

Segundo o pessoal do Uol Carros, o modelo duas-portas foi confirmado para o Brasil a partir de 2016, e a outra versão de quatro portas tem boas chances de ser vendida por aqui, também, como forma de atrair mais clientes para a linha smart. Os preços, segundo a notícia, não devem mudar muito em relação aos atuais, visto que por aqui ele é vendido como um modelo “de nicho”.

 

Andrea de Cesaris morre aos 55 anos em acidente de moto na Itália

Andrea-de-Cesaris-1981

O ex-piloto de Fórmula 1, Andrea de Cesaris, morreu ontem (5) em um acidente de moto na Itália. De Cesaris viajava pela região de Roma quando perdeu o controle de sua moto, uma Suzuki 600, e bateu violentamente contra o guard-rail. Segundo as autoridades locais, ele morreu no local.

De Cesaris foi o piloto que mais disputou corridas na Fórmula 1 sem vencer — foram 208 corridas disputadas e apenas dois segundos lugares como melhores resultados. Ele também conquistou uma pole no GP de Long Beach em 1982. Mas o que fez De Cesaris ser lembrado pela posteridade foram seus acidentes — 39 em seus 208 GPs — algo que pode ser amenizado pelo fato de o piloto sofrer da Síndrome de Gilles Tourette, que lhe causava espasmos e tiques. Mesmo assim, De Cesaris foi admirado e respeitado pelos fãs do automobilismo.

 

Golf Variant pode chegar em 2015 ao Brasil

volkswagen-passat-bijtelling-2014-hd-primeur--alle-prijzen-volkswagen-golf-variant--autonieuws-image

Em tempos de extinção das peruas, a Volkswagen pode ter uma ótima notícia para os fãs das “tourers”: o Golf Variant pode ser trazido ao Brasil a partir de 2015. A notícia é do pessoal sempre bem informado do Autos Segredos. Segundo o site, a perua será importada do México, de onde também passam a vir as variações do hatchback vendidas a partir do começo de setembro.

Ela é a sucessora da Jetta Variant e não deve manter o mesmo nome, uma vez que é diferente no visual e na plataforma do atual Jetta. O modelo deve ser apresentado no Salão do Automóvel e chegar às lojas no começo de 2015, com o motor 1.4 TSI de 140 cv e pacotes de equipamentos semelhantes ao do Golf.

 

Próxima geração do Wrangler terá carroceria de alumínio e motores turbo

2014-jeep-wrangler-unlimited-polar-edition-front-three-quarter-close

O presidente do grupo Fiat Chrysler Sergio Marchionne revelou em Paris que a próxima geração do Wrangler será menos “american” do que estamos acostumados a ver. Segundo Marchionne, o clássico utilitário passará a usar carrocerias de alumínio — como seu rival Land Rover Defender — e também motores turbo a gasolina.

A intenção é reduzir o peso do veículo para compensar o peso dos eixos rígidos que dão ao carro sua capacidade fora de estrada, além de obter o máximo possível de economia de combustível.

Matérias relacionadas

Eis os erros mais típicos de pilotagem no track day – parte 1 | FlatOut Driving Academy

Juliano Barata

Uma bomba da Segunda Guerra na fábrica da Volkswagen, Brabus lança SUV de R$ 2,7 milhões, Audi RS3 Sedan em testes e mais!

Leonardo Contesini

Para brasileiro ver: quando a TVR quase abriu uma fábrica no Brasil

Dalmo Hernandes