A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Forza 6 terá Academia de pilotos com Emerson Fittipaldi, Mercedes C63 Black Series flagrada em testes, o preço (insano) das rodas de carbono do Shelby GT350R e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

Forza terá academia de pilotos em parceria com Emerson Fittipaldi

Em seu último vídeo com notícias exclusivas para a América Latina, a equipe XBox revelou que fará uma parceria com Emerson Fittipaldi para uma academia de pilotos nos moldes da Nissan GT Academy, do rival Gran Turismo. A iniciativa faz parte do envolvimento da franquia de games com o Brasil, iniciada com a inclusão de um circuito de rua no Rio de Janeiro em Forza 6.

Ainda não há detalhes sobre a Academia Fittipaldi, mas Emerson afirmou (a partir de 8:40 do vídeo) que jogadores de todo o Brasil “terão a oportunidade de mostrar seu talento” e se tornar um piloto profissional. O projeto já vem se desenvolvendo há algum tempo, mas somente agora foi anunciado pela equipe XBox e pelo piloto brasileiro.

 

Mercedes-AMG pode estar preparando perua C63 Black Series

FlatOut 2015-08-06 às 11.23.15

Uma misteriosa perua Mercedes-AMG C63 foi flagrada camuflada e em testes na Europa. Misteriosa, pois o modelo já foi lançado no começo do ano, e a Mercedes já sinalizou planos de fazer versões mais radicais — o que nos leva a crer que este pode ser um protótipo inicial da futura Black Series.

Embora não possamos dizer com certeza, repare que esse protótipo tem para-lamas mais largos para acomodar rodas maiores e com desenho diferente das rodas oferecidas no C63 e C63S. A suspensão também parece mais baixa e a camuflagem pode indicar outras mudanças estéticas, como já havia no Black Series anterior.

Se esta for realmente uma Black Series, pode se tratar somente de uma mula de testes — já que o cupê ainda não foi revelado e os Black Series até hoje foram somente cupês ou roadsters. Ou talvez alguém na AMG enlouqueceu de vez e decidiu lançar uma super-perua para combater a Audi RS4. Tudo o que podemos dizer, por ora, é que independentemente do tipo de carroceria, a eventual Black Series terá mais de 510 cv, que é a potência produzida pelo motor V8 4.0 na  versão C63 S.

 

Rodas de fibra de carbono do Shelby GT350 custam metade do preço do carro

Shelby-GT350R-Mustang-carbon-fiber-wheels-Retail-for-nearly-30000-4

Há algumas semanas falamos que o Shelby GT350R terá rodas opcionais de fibra de carbono — algo que promete ser a próxima evolução dos supercarros. Agora, um membro do fórum Mustang6G escolheu as rodas para seu Shelby GT350R e compartilhou o preço cobrado por elas com a comunidade online. Está sentado?

639542881154994279

Além dos US$ 61.370 pagos pelo Shelby GT350R básico, o sujeito ainda desembolsou nada menos que US$ 30.000 pelas quatro rodas de carbono — equivalente a quase 50% do valor do carro. Apesar do preço, os ganhos são significativos: cada roda de carbono é 6,8 kg mais leve que as de alumínio, resultando em um alívio de 27,2 kg na massa não-suspensa. As rodas do Shelby GT350R foram desenvolvidas em parceria com a empresa australiana Carbon Revolution. Logicamente, elas foram testadas para não deformar com o calor, nem quebrar nas pancadas com buracos. Elas têm um revestimento cerâmico capaz de suportar até 900 graus Celsius.

 

FCA sabia que seus carros poderiam ser hackeados há mais de um ano

JeepHack

A FCA conseguiu a primazia nada agradável de ser a primeira empresa a ter um automóvel controlado virtualmente pela internet, como comentamos por aqui em 23 de julho deste ano. O problema é que, segundo a Bloomberg, a empresa já conhecia o problema, que foi até objeto de recall, há pelo menos 18 meses.

Segundo a reportagem, a FCA, que controla as marcas do grupo Fiat (Ferrari, Lancia, Alfa Romeo e Maserati) e Chrysler (Jeep, Dodge e Ram), só tomou providências a respeito porque o problema se tornou público, mas a vulnerabilidade era conhecida desde janeiro de 2014. Segundo o porta-voz da empresa, Eric Mayne, isso aconteceu porque “os meios de manipulação não eram precisamente conhecidos”. Charlie Miller e Chris Valasek, os hackers responsáveis pela denúncia, disseram que tudo foi bem explicadinho, com antecedência. Possivelmente em janeiro de 2014…

 

Duster Oroch já tem data de estreia no Brasil

Renault-Duster-Oroch-1

Depois de ser flagrada de todos os jeitos possíveis, apresentada no Salão de Buenos Aires e de ganhar um hotsite para exibir suas características técnicas, a Renault Duster Oroch ganhou uma data de estreia no Brasil. O modelo será apresentado à imprensa nos próximos dias 28 e 29 de setembro, e irá inaugurar um novo nicho no mercado nacional, posicionada entre as picapes compactas e as médias.

O modelo será produzido na fábrica da Renault-Nissan em São José dos Pinhais/PR, e usará o mesmo motor 2.0 16v do Duster, combinado ao câmbio manual de seis marchas ou automático de quatro. Segundo o site especial, a Duster Oroch terá suspensão independente nas quatro rodas e capacidade de carga de 650 kg. Ainda não há estimativa de preços.

 

Miata MX-5 pode ter motor turbo e versão fechada

mx-5-05-630x361

Pouco depois de apresentar a quarta geração do Mazda MX-5, o gerente de programa do modelo, Nobuhiro Yamamoto, disse à revista australiana Drive Australia que há uma série de ideias no forno para manter o roadster desejável ao longo de toda a sua vida, que será de dez anos de produção, de acordo com os planos atuais.

Segundo ele, existem altas chances de que o MX-5 receba um motor turbo, bem em linha com o que a filosofia SkyActiv que a Mazda adotou há alguns anos e que vem tornando a marca o bicho papão de comparativos e avaliações positivas nos mercados nos quais ela atua. Também estão em avaliação uma versão cupê, mas para produção em série, não um conceito ou uma tiragem limitada, como já aconteceu com a segunda geração do carro.

Além do motor turbo, que pode ser o 2.5 SkyActiv, turbinado, que ainda deve estrar no SUV CX-9 e no Mazda 3 MPS, versão quente do hatchback médio. Isso dá margem à criação, também, de uma versão MPS do MX-5, cujo conceito deve ser inclusive apresentado no Salão de Frankfurt, em setembro. Se ele realmente aparecer, já podemos esperar por mais novidades vindas da Mazda em relação ao seu “driver’s car”. Serão muitas.

 

Mercedes-Benz abre seu programa de trainees

A Mercedes-Benz está com inscrições abertas, até o dia 30 de agosto, para seu programa internacional de trainees, chamado apropriadamente de CAReer 2.0. Para participar, você deve ter se formado entre dezembro de 2012 e dezembro de 2014 e ter foco em um dos seguintes departamentos da empresa: Tesouraria, Compras, Produção de Caminhões, Logística ou Engenharia de Manufatura.

As vagas são para a fábrica de São Bernardo do Campo e exigem ainda inglês fluente, quatro meses de vivência no exterior e pelo menos 18 meses de experiência comprovada em qualquer uma das áreas mencionadas, o que inclui tempo de estágio.

Os trainees terão de tocar três projetos. Pelo menos um deles é fora do Brasil, daí o caráter internacional da vaga. Tremenda oportunidade para quem não vê luz no fim do túnel por aqui. O programa, que existe desde 2007, já contratou 140 pessoas. Para se inscrever, basta acessar o site www.mercedes-benz.com.br/institucional/carreira/trainee-career.

 

Lamborghini especial deverá se chamar Hyperveloce

lamborghini-veneno-supercar-hypercar-italian-back

No último dia 30 de junho, comentamos que a Lamborghini revelaria em Pebble Beach seu novo modelo especial, na mesma linha de Reventón e Veneno, ou seja, com produção limitada e preço estratosférico.

Agora, novas informações dão conta de que ele terá mesmo um motor de 800 cv, peso mais baixo, carroceria aerodinâmica e que deverá se chamar Hyperveloce. Sua produção já teria sido definida em 20 unidades fechadas e 10 conversíveis. O preço, consequentemente, deve ficar na casa dos US$ 4,5 milhões por unidade, como já aconteceu com o Veneno. Se é que não será mais caro.

 

 

Matérias relacionadas

Tudo o que você precisa saber sobre cilindros e pistões do motor

Rodrigo Passos

Audi A1 Sportback: nova geração fica maior, mais agressiva e mais esportiva

Dalmo Hernandes

A estranha história da concessionária Lada “abandonada” na França

Dalmo Hernandes