Gymkhana: estes são todos os carros usados por Ken Block nos dez anos da série

Dalmo Hernandes 6 dezembro, 2018 0
Gymkhana: estes são todos os carros usados por Ken Block nos dez anos da série

Já faz algum tempo que o padrão se repete: a cada ano que passa, Ken Block presenteia entusiastas do mundo todo com um novo vídeo de sua série Gymkhana. A premissa não poderia ser mais simples – um piloto, um carro e um cenário cheio de obstáculos para que possa ocorrer uma bela demonstração de habilidade ao volante.

Ainda não é assinante do FlatOut? Considere fazê-lo: além de nos ajudar a manter o site e o nosso canal funcionando, você terá acesso a uma série de matérias exclusivas para assinantes – como conteúdos técnicoshistórias de carros e pilotosavaliações e muito mais!

 

ASSINE

Os assinantes possuem acesso livre para todo o conteúdo do FlatOut. incluindo matérias especiais, de R$ 14,90 por apenas R$ 9,90 por mês.

CROWDFUNDER

Membro especial, com descontos em nossa loja e em parceiros. Participe do nosso grupo secreto no Facebook e fique próximo à equipe do FlatOut

O primeiro vídeo da série foi lançado em 2008 e, desde então, outros oito foram feitos. O que começou bastante simples, com um Subaru Impreza WRX 2006 modificado arrepiando em uma pista de pouso vazia, foi se transformando em um espetáculo cada vez mais elaborado – vídeos mais longos, novos cenários, outras locações, acrobacias cada vez mais complexas e, claro, carros cada fez mais sofisticados e potentes. Surgiram até mesmo alguns spin-offs – como o Climbkhana, feito na subida de montanha de Pikes Peak. Agora, em 2018, estamos prestes a testemunhar a estreia de Gymkhana Ten.

Para ajudar a construir o hype, o pessoal do Hoonigan Racing Division publicou agora um vídeo no qual Ken Block fala sobre todos os carros que já passaram pela série. É uma ótima oportunidade para revisitar a trajetória das Gymkhana e, mesmo que você não entenda inglês, vale a pena pelas imagens de bastidores. Assista abaixo e, depois, continue com a gente para conferir um breve perfil de cada um dos veículos – e, se quiser e tiver tempo sobrando, (re)ver cada uma das Gymkhana que Ken Block já fez.

Vale lembrar que alguns vídeos repetiram carros – Gymkhana 4 e Gymkhana 5 utilizaram o mesmo Ford Fiesta ST; e Gymkhana 6 e Gymkhana 8 foram feitos com o mesmo Ford Fiesta RX43. Ou seja, são nove vídeos, porém apenas sete carros. Vamos a eles!

 

Gymkhana 1: Subaru Impreza WRX 2006

O primeiro de todos os os Gymkhana foi quase um acidente: Ken Block estava treinando em uma pista de pouso desocupada para o campeonato norte-americano de Gymkhana – modalidade automobilística muito semelhante ao rallycross, realizada em um circuito repleto de obstáculos e decidiu filmar tudo, adicionando alguns obstáculos criativos (como um dos membros de sua equipe andando de Segway) e alguns toques de edição. O resultado se tornou um vídeo viral – foi ali que tudo começou.

d0f6dd0b0ced62a0089e171da7399b20

O carro era um Subaru Impreza WRX 2006 com o qual Block já havia participado do Gumball Rally. Diferentemente dos outros carros da Gymkhana, que foram construídos especificamente para as filmagens, o Impreza 2006 era praticamente um projeto de rua, com interior completo, e sequer tinha gaiola de proteção. O carro era preparado pela Crawford Performance, preparadora americana especializada em Subaru, e o motor flat-four entregava pelo menos 530 cv.

 

Gymkhana 2: Subaru Impreza WRX STi 2009

O carro usado em Gymkhana 2 foi o último Subaru que Ken Block conduziu em vídeo – um Impreza WRX STI 2009 hatchback com um flat-four de curso ampliado, com 2,65 litros de deslocamento e 570 cv. Novamente a preparação foi feita pela Crawford Performance, porém com uma especialização maior: o interior foi aliviado e recebeu uma gaiola de proteção integral, bancos concha de fibra de carbono e cintos de competição.

ken-block-s-cars

Esteticamente o Impreza recebeu a típica pintura de corrida preto, branco e verde-limão da Monster Energy, rodas RAYS Volk TE37 e uma asa traseira comprada diretamente com a Prodrive, que na época ainda era responsável pela equipe de fábrica da Subaru no WRC.

 

Gymkhana 3: Ford Fiesta 2011

De acordo com Ken Block, a opção por migrar da Subaru para a Ford foi puramente profissional – ele diz que a Subaru lhe deu diversas oportunidades incríveis, como a chance de pilotar com Colin McRae, mas que a Ford lhe possibilitou crescer mais na carreira. Embora alguns fãs jamais tenham lhe perdoado pela troca, Block permanece com a Ford até hoje.

car_photo_391663

O primeiro Ford que ele conduziu em um Gymkhana foi um Fiesta ST de quatro portas equipado com um quatro-cilindros turbo de 1,6 litro capaz de entregar 850 cv, porém amansado para levar “apenas” 600 cv para as quatro rodas através de uma caixa sequencial de seis marchas. O Fiesta 2011 também foi o primeiro carro de Block a contar com uma alavanca personalizada para o freio de mão, item que se tornou obrigatório em todos os outros bólidos que vieram depois.

 

Gymkhana 4 e 5: Ford Fiesta ST 2012

Ken Block seguiu com o Ford Fiesta para os próximos dois vídeos, porém optou por utilizar um carro construído em sua própria oficina – o Fiesta HFHV (de Hybrid Function Hoon Vehicle). O carro foi desenvolvido para ser versátil, de forma que, dependendo do ajuste de suspensão e do acerto do motor, pudesse se sair bem tanto em uma Gymkhana quanto em um rali tradicional ou rallycross, pois são situações distintas que exigem diferentes cargas de suspensão e pressão nos pneus. O motor era um Ford Ecoboost com turbo de dois litros e 650 cv, capaz de levar o Fiesta de zero a 100 km/h em dois segundos.

Agora, Gymkhana 4 e Gymkhana 5 foram vídeos completamente diferentes. O quarto vídeo foi filmando no pátio dos estúdios Universal, em Hollywood, em um circuito cheio de obstáculos cuidadosamente dispostos. O quinto vídeo, porém, foi feito nas famosas ladeiras de São Francisco, na Califórnia – o que exigiu um acerto totalmente distinto de suspensão que mudou completamente o comportamento do carro.

 

Gymkhana 6 e 8: Ford Fiesta RX43

Em Gymkhana 6 e Gymkhana 8, Block trocou novamente de Ford Fiesta – desta vez, utilizando o carro com o qual competia em provas de rallycross pelos EUA. O Fiesta RX43 tinha um motor 2.0 turbo menos potente, com 600 cv, porém o foco eram os 66 mkgf de torque que, moderados por uma caixa sequencial de seis marchas, levavam o carro de zero a 100 km/h em 1,8 segundo.

O Ford Fiesta RX43 ainda é utilizado por Block ocasionalmente em eventos de exibição de rallycross. Ele foi o primeiro carro a usar as rodas Fifteen52 Turbomac com calotas Turbofan – que proporcionavam um efeito bem interessante ao direcionar a fumaça dos pneus para trás das caixas de roda.

RX43-GYM8

 

Gymkhana 7: Ford Mustang 1967 “Hoonicorn”

Este aqui é o carro favorito de Ken Block – e certamente foi o projeto mais insano realizado pela Hoonigan: um Ford Mustang 1967 com a carroceria toda modificada para, nas palavras de Block, “ficar parecido com um Hot Wheels”. De acordo com Ken Block, grande parte do processo de design envolveu justamente acertar as proporções do carro – em especial os para-lamas, que exigiram grande sinergia entre os designers e os responsáveis pela fabricação das peças.

HoonicornRTR

Em sua primeira encarnação, usada em Gymkhana 7, o Hoonicorn – codinome escolhido pela equipe para ajudar a manter o projeto em segredo ao longo dos quase dois anos em que foi desenvolvido – tinha um V8 de 6,7 litros Roush Yates com corpos de borboleta individuais e nada menos que 856 cv, levados para as quatro rodas através de uma transmissão sequencial Sadev de seis marchas.

HoonicornRTRv2

O carro apareceu novamente em Climbkhana, ainda mais absurdo – o motor V8 de 6,7 litros recebeu um par de turbocompressores Garrett para chegar aos 1.420 cv e 127,5 mkgf de torque.

 

Gymkhana 9: Ford Focus RS RX

RSRX43-2018

O Ford Focus RS RX é o bólido que Block pilota no World Rallycross, equipado com uma versão de 600 cv e 91,2 mkgf de torque do motor 2.3 Ecoboost. Ele também tem gaiola homologada pela FIA, um kit “widebody”, proteção do chassi, câmbio sequencial de seis marchas, suspensão de rali, freios Brembo com pinças de quatro pistões e rodas de 17 polegadas com pneus de corrida.

Curiosamente, Block disse que foi difícil se acostumar com o novo carro – o Focus é consideravelmente maior que o Fiesta e, com isto, exigiu um período de adaptação. Por outro lado, Gymkhana 9 voltou às raízes e trouxe de volta um cenário clássico: um complexo industrial abandonado, com direito a uma linha de trem e um salto à frente de uma locomotiva em movimento.

 

Gymkhana Ten

Existe a possibilidade Gymkhana Ten ser o último de todos os episódios da série. Por isso, Ken Block decidiu fazer do décimo volume o mais ambicioso de todos. Conforme antecipado pelo trailer abaixo, o vídeo contará com cinco carros diferentes em cinco locações distintas – o que nos leva a crer que também será o mais longo de todos.

Dois destes carros já apareceram em outras Gymkhana (o Mustang Hoonicorn e o Ford Focus RS RX), dois deles são estreantes (o Ford Escort RS Cosworth e o Ford Fiesta WRC), e um deles é totalmente inédito – a Ford F-150 Hoonitruck, movida por um V6 Ecoboost de 3,5 litros preparado pela Roush Yates com 926 cv e carroceria de alumínio.

Hoonitruck-GYM10

Gymkhana Ten estreia no Amazon Prime amanhã, dia 7 de dezembro, com early access para assinantes do serviço. A estreia no Youtube acontecerá dez dias depois, em 17 de dezembro.