A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
História

A história quase desconhecida dos seis Porsche 959 fabricados em 1992

Ferrari e Porsche têm pouco em comum fora o fato de fabricarem os esportivos mais avançados e desejados do planeta. Suas origens são diferentes, suas filosofias são diferentes e isso fica evidente em seus supercarros dos anos 1980, o Porsche 959 e a Ferrari F40. Enquanto o primeiro desenhou os Porsche do futuro, o outro se inspirou nas Ferrari do passado. Em comum, está o fato de que ambos tinham produção limitada prevista para dois anos, mas acabaram excedendo estes planos. A F40 originalmente deveria ter 400 unidades produzidas entre 1987 e 1989, mas acabou se estendendo até 1992, chegando às 1.311 unidades. O 959 teve sua produção de 323 unidades iniciada em 1986 e encerrada em 1988, mas sua chegada aos anos 1990 é bem menos conhecida: em 1992 a Porsche construiu seis (ou talvez oito) exemplares do 959, todas para um único cliente. Todas com peças restantes nos estoques da marca. A origem e a construção destes exemplares 1992 do Porsc

Matérias relacionadas

À prova de fogo: a história e a evolução dos trajes de corrida

Leonardo Contesini

Os 80 anos do Kadett e as versões mais bacanas que não tivemos aqui

Dalmo Hernandes

As faces da Autodelta, a antiga divisão de corridas da Alfa Romeo | Parte final

Dalmo Hernandes