Edição diária: 19/06/2019
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Hyundai lança HB20 turbo, Hennessey volta a quebrar o recorde mundial de velocidade, Nissan Kicks será apresentado no próximo mês e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

Hyundai lança HB20 Turbo

Unknown-5

A Hyundai está apresentando nesta terça-feira (12) a versão turbo do seu compacto HB20. Batizada, bem… HB20 Turbo, ela é equipada com a versão sobrealimentada do motor Kappa 1.0 de três cilindros, 105 cv a 6.000 e 15 mkgf entre 1.500 e 4.000 rpm quando abastecido com etanol (com gasolina são 98cv e 13,8 mkgf).

Unknown

Apesar do nome Kappa o motor usa um bloco ligeiramente modificado, com novas galerias de lubrificação e arrefecimento. O cabeçote também é exclusivo, coletor de escape integrado, comando variável na admissão, e taxa de compressão reduzida. Com isso a turbina Honeywell  de 34 mm fica instalada junto ao cabeçote, o que ajuda a reduzir o tempo de enchimento (turbo lag), melhorando as respostas de aceleração. Por esse motivo o motor consegue 70% mais torque que sua versão aspirada na marca das 1.500 rpm. Além disso, apesar da aceleração de zero a 100 km/h ser apenas razoável (11,2 segundos), os tempos de retomada são praticamente os mesmos da versão 1.6:

HyundaiHB20Turboaceleracao

 

A Hyundai diz que este é seu primeiro e único motor turbo flex produzido atualmente, embora ele também seja oferecido na Europa e na Coreia, porém movido apenas por gasolina e com válvula wastegate mecânica em vez de eletrônica. Diferentemente da maioria dos motores turbo downsized, contudo, este Kappa 1.0 turbo não usa injeção direta — o combustível é injetado no coletor, o que limita o controle da ECU em termos de eficiência. Isso fica evidente quando se compara as médias de consumo com as do modelo 1.6 — elas são muito próximas em todas as situações, como vemos no quadro abaixo:

HB20TurboConsumo

O melhor desempenho em percurso rodoviário se deve ao câmbio exclusivo da versão. Anunciado como um seis-marchas ele é, na prática, um 5+E, com a sexta cumprindo o papel de overdrive. Além disso, diferencial e relações de quarta e quinta marchas foram alongados.

Você certamente está comparando este HB20 ao up! TSI, afinal, o Volkswagen é o outro compacto com motor 1.0 turbo oferecido no Brasil. Mas a Hyundai parece ter outro carro na mira do HB20 turbo: o Chevrolet Onix. Enquanto o up! TSI é um downsizing “completo”, com injeção direta e direção elétrica, criado para ser o modelo topo de sua linha, o HB20 Turbo foi posicionado como modelo intermediário, abaixo da versão 1.6 aspirada. Por isso ele passou por algumas reduções de custos que não se esperava em um carro downsized, caso do tanquinho de partida a frio, da injeção no coletor e da direção hidráulica.

Ainda que o Onix não tenha motor turbo, a Hyundai posicionou seu HB20 Turbo em uma faixa de preço e potência muito próxima à do líder da categoria: na versão Comfort o HB20 Turbo custa R$ 47.450, enquanto o Chevrolet sai por R$ 47.800 com o motor 1.4 aspirado de 106 cv. Na versão Comfort Style, o hatchback sobe para R$ 51.600. Já o sedã sai por R$ 51.500 na versão Comfort Plus e R$ 55.230 na Comfort Style. Esta última concorre diretamente com o Chevrolet Prisma LTZ, a versão topo de linha do sedã engravatado, que parte de R$ 56.090.

Unknown-4

O FlatOut está no evento de lançamento do HB20 Turbo, que acontece nesta terça-feira no autódromo de Interlagos. Fique ligado, pois nos próximos dias teremos nossa avaliação do modelo.

 

Hennessey Venom GT Spyder volta a conquistar o recorde de conversível mais rápido do mundo

Não parece, mas o Bugatti Veyron Grand Sport Vitesse, dotado de um W16 quadriturbo de oito litros e 1.500 cv, já era dono do recorde de conversível mais rápido do mundo há dois anos — abril de 2013, ele chegou aos 408,84 km/h. Acontece que ele não é mais: agora, o conversível mais rápido do mundo é o Hennessey Venom GT Spyder. O novo recorde foi aferido no dia 25 de março, quando um exemplar do Venom GT Spyder chegou aos 427,4 km/h com Brian Smith, diretor da Ford Performance Racing School.

A marca veio bem a tempo de comemorar o aniversário de 25 anos da Hennessey Performance. Como parte das comemorações, a companhia anunciou uma série especial de três exemplares do Venom GT Spyder, a World Record Edition. John Hennessey se recusa a dar detalhes, mas confirmou que cada carro custará US$ 1,3 milhão, ou cerca de R$ 4,6 milhões em conversão direta.

 

Nissan Kicks já tem data de estreia no Brasil

Nissan-Kicks-Concept-2

O novo crossover compacto da Nissan para o mercado brasileiro já tem data marcada para sua primeira aparição em público: dia 3 de maio, em um evento que fará parte da cerimônia de revezamento da Tocha Olímpica Rio 2016.

Nissan-Kicks-Concept-3

Compartilhando plataforma com o hatch March e o sedã Versa, o Kicks é menor que o Renault Duster e deverá ser posicionado abaixo dele (lembre-se, Renault e Nissan pertencem ao mesmo grupo), concorrendo com os futuros Hyundai ix25 e Honda WR-V. O motor, de início, será o mesmo 1.6 16v de 111 cv e 15,1 mkgf utilizado nos outros compactos da marca nipônica, acoplado a uma caixa manual de cinco marchas ou automática do tipo CVT (que, aliás, também deverá equipar March e Versa a partir de maio).

Nissan-Kicks-Concept-11-620x441

O Kicks será fabricado em Resende/RJ, mesmo complexo de onde saem os irmãos de plataforma. O Brasil será o primeiro país a produzir o crossover, e a Nissan promete um índice de nacionalização de 74%.

 

Volkswagen mostra primeiro teaser do Polo WRC 2017

PoloWRC-Open

A Volkswagen divulgou nesta terça-feira (12) a primeira imagem do seu Polo WRC que disputará a próxima temporada do WRC. O modelo já está sendo desenvolvido de acordo com as novas regras da FIA, que permitiram o aumento da potência para 380 cv. Além do motor mais potente, o novo modelo será 50 mm mais largo e 25 kg mais leve.

Segundo o diretor de automobilismo da Volkswagen, Jost Capito, as novas regras tornarão os carros muito mais dinâmicos e, ao mesmo tempo, mais seguros. As equipes também poderão usar diferencial central eletrônico e também terão mais liberdade para trabalhar a aerodinâmica dos modelos. Por isso, o Polo R WRC também terá uma asa traseira maior e spoiler frontal mais largo.

Matérias relacionadas

Os carros mais vendidos em setembro, novo Land Rover Defender flagrado em testes, Porsche 935 em ação em Monza e mais!

Leonardo Contesini

Kiwi, cigarro ou aerodinâmica? Qual é a verdadeira origem do logotipo da McLaren?

Dalmo Hernandes

Mustang EcoBoost perde 35 cv com gasolina comum, homem dirige 100 km com faca na cabeça no Piauí, radares são escondidos em caixas de metal e mais!

Leonardo Contesini