A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
GT40 Classificados Zero a 300

Inline Six: estes são alguns dos carros com motor de seis cilindros em linha mais bacanas do GT40

Não há dúvida de que uma das configurações mecânicas que mais nos deixam saudosos hoje em dia são os seis-em-linha. Eles estão cada vez mais raros – a BMW é a única fabricante que investe neles até hoje, com a concessão dos turbos – mas sua potência, seu ronco e seu funcionamento macio garantem admiradores fiéis em pleno 2018. Caras como a gente.

Foi por isso que decidimos separar alguns dos carros com motor de seis cilindros em linha mais legais anunciados no GT40, dos tradicionais Opala a modelos da BMW e da Mercedes-Benz, passando por alguns carros mais exóticos e utilitários.

Nesta altura vocês já devem ter decorado esta parte: trata-se de uma situação diferente das listas de anúncios de pessoa física, que seguem uma ordem cronológica: escolhemos a dedo os carros desta lista, e todos são interessantes em nossa opinião. Entendido? Então vamos lá!

 

img_176324_4_17198b11-1db2-4387-ad03-9bbaba5a50a9

Começando por um clássico de seis cilindros em linha da Mercedes-Benz: um E320 W124 fabricado em 1995 e equipado com um motor de 3,2 litros e 220 cv, acoplado a uma caixa automática de quatro marchas. De acordo com o anunciante, o carro tem 108.000 km rodados e está em excelente estado de conservação, incluindo o couro original do interior, que está com ótima aparência. [highlight]Clique para ver o anúncio.[/highlight]

 

img_281588_4_118e3d8d-efef-4186-8964-02662d531872

Outro seis-em-linha naturalmente aspirado alemão, porém mais moderno e de personalidade mais esportiva: um BMW 130i de primeira geração (E87), fabricado em 2009, já com facelift. O motor é o seis-em-linha N52, naturalmente aspirado de 258 cv acoplado a uma caixa automática de seis marchas com aletas no volante. O proprietário diz que o hatch tem 101.000 km rodados e recebeu um upgrade nos freios, com discos perfurados e novas pastilhas, além de linhas Aeroquip. [highlight]Clique para ver o anúncio.[/highlight]

 

img_280496_4_77db5313-4183-45cb-8d88-d9f522c135ee

Por mais que o Opala SS seja a versão de seis cilindros mais cobiçada (e uma das mais raras), há outras opções interessantes na família do primeiro Chevrolet de passeio fabricado no Brasil. Uma delas é o Diplomata SE, como este sedã fabricado em 1988 e equipado com o raro câmbio automático de quatro marchas. O interior é original e freios e pneus são novos de acordo com o anunciante, que diz também que o ar-condicionado funciona perfeitamente. [highlight]Clique para ver o anúncio.[/highlight]

 

img_124484_4_af0548a8-9e27-4501-892d-47867da7d94b

Que tal um esportivo japonês dos anos 70? Este é um Datsun 280Z 1978, fabricado no Japão para o mercado norte-americano e equipado com um belo seis-em-linha de 2,8 litros e 170 cv – e com os não-tão-belos-assim para-choques de impulsão exigidos pela legislação dos States. O carro tem câmbio automático de quatro marchas, carroceria verde-metálico e interior marrom. O dono diz que amortecedores, injetores, bomba de gasolina e fluidos foram trocados recentemente. [highlight]Clique para ver o anúncio.[/highlight]

 

img_277704_4_03566bb7-22cb-449a-bedf-196fdc22396f

Este BMW 528i E39 traz uma combinação rara e muito desejada: um seis-em-linha naturalmente aspirado de 2,8 litros e 193 cv e câmbio manual de cinco marchas levando a força para as rodas de trás. O carro tem, segundo o anunciante, 91.000 km rodados e está em perfeito estado de conservação e funcionamento. [highlight]Clique para ver o anúncio.[/highlight]

 

img_234140_4_12706aa3-9a9a-41f1-ab6c-39cf5fe22ca2

O Mercedes-Benz W114 foi lançado em 1968 e rapidamente se tornou um sucesso graças ao belo desenho assinado por Paul Bracq, especialmente com carroceria cupê. Este é um 280C 1975, com motor seis-cilindros de 2,8 litros e 160 cv muito robusto acoplado a uma caixa manual de cinco marchas. O proprietário diz que o carro foi pintado na tonalidade original de marrom, e que o interior monocromático é original. Ele afirma que os únicos detalhes do carro são a falta do rádio original e o ar-condicionado, que precisa de uma revisão. No mais, diz que o 280C está em plenas condições de uso. [highlight]Clique para ver o anúncio.[/highlight]

 

img_164200_4_8becd54c-b93c-4c40-8de5-747c6b0efaf7 (1)

A versão cupê do Jaguar XJ6 é a mais rara. Este exemplar de 1971 é equipado com o motor seis-cilindors de 4,2 litros com comando duplo no cabeçote, dois carburadores e 189 cv. O câmbio é manual de quatro marchas. O anúncio não dá muito mais informações, mas diz que o Jag está em “excelente estado”, sem detalhes a acertar. [highlight]Clique para ver o anúncio.[/highlight]

 

img_265268_4_9c205dba-a54e-407c-9510-6a8a717ab80e

Esta é uma Ford F1000 1997, equipada com um seis-em-linha a gasolina de 4,9 litros com injeção eletrônica e 148 cv. O dono diz que a picape está muito bem conservada, com 106.000 km originais, e que teve três proprietários antes dele. A manutenção, segundo ele, está toda em dia, assim como a documentação. [highlight]Clique para ver o anúncio.[/highlight]

 

img_259896_4_812c2e93-4649-4af8-a7fe-bc08971d1650

Se você curte os fora-de-série, curte o seis-cilindros do Opala e quer algo diferente de um Santa Matilde, que tal este Envemo Camper? O SUV com mecânica de Opala (incluindo a tração traseira) está, segundo seu proprietário, “impecável”. O Camper é equipado com ar-condicionado e direção hidráulica e funciona com GNV. O dono diz que aceita trocas. [highlight]Clique para ver o anúncio.[/highlight]

 

img_66984_4_e61ff7f3-ebcc-4a20-8b91-3a1040fa9e81

O Chevroler Bel Air lançado em 1949 se tornou um ícone por uma razão simples: a carroceria hardtop, que trazia um teto fixo com visual que remetia a um conversível de capota fechada. O motor deste exemplar de 1950 é um seis-cilindros de 3,9 litros e comando no bloco, muito semelhante em concepção ao motor do Chevrolet Opala, acoplado à transmissão automática Powerglide de duas marchas. [highlight]Clique para ver o anúncio.[/highlight]

 

img_165304_4_9c8d34aa-5638-48bd-9819-72a3b63daa3f

Por fim, temos na lista esta Chevrolet Veraneio 1977, equipada com motor seis-em-linha de 4,3 litros movido a etanol. Segundo seu anunciante, a station wagon recebeu um câmbio manual de cinco marchas e tem direção hidráulica, pintura com excelente aspectos e diversos detalhes de acabamento originais, como grade, retrovisores, maçanetas e painel de instrumentos. [highlight]Clique para ver o anúncio.[/highlight]

 

Matérias relacionadas

BMW 535i E34 AC Schnitzer, Honda Accord de 280 cv, Fusca conversível e mais novidades do GT40

Dalmo Hernandes

Porsche-Diesel: a história dos tratores projetados por Ferdinand Porsche

Dalmo Hernandes

A história do Uno 1.5R e 1.6R contada por testes, catálogos e outros documentos de época | FlatOut 56

Juliano Barata