A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Jaguar F-Pace SVR no Brasil, Volkswagen confirma SUV compacto, Tesla quebra recorde em Laguna Seca e mais!

Bom dia, caros leitores! Bem-vindos ao Zero a 300, a nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo. Assim, você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere conosco.

O Zero a 300 é um oferecimento do Autoline, o site de compra e venda de veículos do Bradesco Financiamentos. Nesta parceria, o FlatOut também apresentará avaliações de diversos carros no canal de YouTube do Autoline – então, clique aqui e se inscreva agora mesmo (e não esqueça de ativar o sininho)!

 

Volkswagen confirma desenvolvimento de três modelos novos no Brasil

O presidente da Volkswagen da América do Sul, Pablo Di Si, confirmou em entrevista coletiva durante o Salão de Frankfurt que o fabricante está desenvolvendo no Brasil um SUV menor que o T-Cross. Esse SUV deverá ser lançado depois do T-Sport, SUV coupé do T-Cross, e antes da picape Tarok — que são os outros modelos em desenvolvimento no Brasil.

O executivo afirma que esse SUV novo é um dos três carros globais inéditos que a VW está desenvolvendo no Brasil. O Sindicato dos Metalúrgicos de Taubaté já havia confirmado a produção de um SUV novo que é chamado internamente de “VWA0SUV” — A0 é o nome dado para a menor variante da plataforma MQB.

Pablo Di Si revelou também que todos os projetos novos serão menores que o Tiguan, fazer carros menores não faria sentido economicamente. Esses carros novos seriam lançados nos próximos três anos. O SUV coupé T-Sport será fabricado em São Bernardo do Campo, com produção inciando ainda em 2019. (ER)

 

Audi RS6 e RS7 terão versões híbridas

Durante o lançamento dos novos RS7 Sportback e RS6 Avant em Frankfurt o diretor da Audi Sport, Oliver Hoffman, declarou que eletrificação está nos planos para a linha RS da Audi. Junto dos esportivos a Audi apresentou uma versão híbrida plug-in do A7, o executivo disse que essa tecnologia estará no portfolio da linha RS no futuro.

Em entrevista a revista Road and Track o chefe de desenvolvimento técnico da Audi Sport, Victor Underberg, disse que se a divisão for fazer versões ainda mais potentes do RS6 e RS7 há a possibilidade de assistência elétrica.

É bom lembrar que esses carros compartilham o motor V8 4.0 biturbo do Porsche Panamera Turbo e do Cayenne Trubo, ambos possuem uma versão Turbo S que é híbrida. Underberg também adiantou que o futuro RS Q8 usará a mecânica da RS6 Avant, sem assistência híbrida por enquanto. (ER)

 

Jaguar F-Pace SVR já está no Brasil

Já faz quase um ano que a Jaguar lançou o F-Pace SVR na Europa, mas só agora ele está chegando ao Brasil. O lançamento foi confirmado pela fabricante para outubro, mas já há ao menos uma unidade no país.  O modelo aparentemente está sendo oferecido nas concessionárias brasileiras de acordo com informações enviadas ao FlatOut.

O Jaguar F-Pace SVR é a versão de topo do SUV, equipada com o motor V8 supercharged de 550 cv e 69,3 kgfm. O motor é o mesmo usado no F-Type R e no Range Rover Sport SVR, porém em vez dos 575 cv, aqui ele produz “apenas” 550 cv e 69,3 kgfm. É suficiente para catapultar o SUV de 1.700 kg aos 100 km/h em 4,1 segundos e à velocidade máxima de 284 km/h.

O projeto, claro, não consiste somente na instalação do V8 no cofre do F-Pace. A Special Vehicle Operations aumentou a carga das molas em 30% na dianteira e 10% na traseira, instalou um novo diferencial traseiro com bloqueio eletrônico, e novas rodas de 21 polegadas projetadas para reduzir a massa não suspensa e otimizar o resfriamento dos freios.

As informações que nos foram enviadas pelo leitor Filipe Falcão constam que o modelo está a venda por R$ 536.600 – valor abaixo da nossa projeção de R$ 560.000 feita na época do lançamento do modelo na Europa. (LC)

 

Mercedes-Benz confirma GLB35 AMG para o Brasil

A Mercedes-Benz confirmou à imprensa brasileira durante o Salão de Frankfurt que o GLB será vendido no Brasil a partir do segundo semestre de 2020. O modelo será trazido na versão GLB35 AMG, equipada com o motor 2.0 turbo de 306 cv das demais versões AMG 35.

O motor será combinado ao câmbio automático de oito marchas, que modera a força e a distribui para as quatro rodas pelo sistema 4Matic. Com esse conjunto, o modelo vai do zero aos 100 km/h em 5,2 segundos e à máxima de 250 km/h limitada eletronicamente.

Ainda não há preços, mas nos parece provável que ele seja oferecido por entre R$ 300.000 e R$ 320.000. Além dele, a marca também deverá oferecer o GLB200 na faixa dos R$ 250.000, mas ainda não há confirmação do modelo no Brasil. (LC)

 

Tesla Model S quebrou recorde em Laguna Seca, diz Elon Musk

Elon Musk gosta de usar o Twitter para divulgar notícias a respeito da Tesla – é uma das marcas da imagem descolada da fabricante e de seu fundador. Em sua última atualização, Musk afirmou que o Tesla Model S é o novo carro de quatro portas mais rápido no lendário circuito de Laguna Seca.

Musk também prometeu que um vídeo será divulgado amanhã (12). Fora isto, não falou mais nada – nem o tempo da volta. No entanto, sabemos que o atual recordista é outro Tesla, o Model 3, que virou 1min37s53 em junho de 2019.

Aproveitando a deixa, Elon Musk também esclareceu o futuro do Model S quanto a Nürburgring. Há poucos dias, ele havia dito que seu sedã de topo iria ao circuito nesta semana – e, de fato, o carro já está lá. Acontece que não haverá tentativa de recorde – o Model S vai participar de uma sessão de testes aberta às fabricantes. Por questão de segurança, nestas sessões é proibido percorrer todo circuito de Nürburgring de pé cravado. E não se pode usar o tempo na pista para registrar as voltas.

O fundador da Tesla deixou subentendido, no entanto, que uma volta cronometrada acontecerá em breve, depois que o carro for revisado e acertado para Nürburgring, em especial o Flugplatz – um dos trechos mais velozes do Green Hell, onde há uma sucessão de aclives e declives com, ocasionais saltos. (DH)

 

Porsche Cayman GT4 pode ganhar versão RS

A imprensa sempre tenta arrancar alguma informação quente das fabricantes durante os Salões do Automóvel, e em Frankfurt não é diferente. Os britânicos da Autocar conversaram com Frank Steffen-Walliser, chefe do departamento de esportivos da Porsche, e ele parece muito interessado em uma versão mais nervosa do 718 Cayman GT4. Que tal lhe soa Cayman RS.

“Todo mundo pergunta pelo RS. Se eu consigo imaginar um RS? É claro que eu consigo”, disse Steffen-Walliser. “Isto não significa que estamos decidindo a respeito ainda, porque é um desafio. Se eu gostaria de um carro assim? Sim, definitivamente! Se eu quero mais potência? Sim. Mas a gente precisa colocar nossos recursos em linha com o mercado – [um Cayman GT4 RS] seria muito mais caro que o normal.”

O Porsche 718 Cayman GT4 atualmente é equipado com um flat-six de quatro litros com 420 cv e 42,6 kgfm de torque, e já foi chamado por jornalistas de “o melhor Porsche da atualidade”. No entanto, a Porsche se absteve de dar uma versão RS ao Cayman para evitar que ele competisse com o 911. Na pior das hipóteses, agora sabemos que nem todo mundo em Weissach pensa assim. (DH)

 

Novo Land Rover Defender ganha kit Lego Technic

Para marcar sua estreia no Salão de Frankfurt, o Land Rover Defender 2020 ganhou um novo kit Lego Technic.

Com 2.573 peças, pode-se montar uma miniatura com diversos elementos funcionais, incluindo um guincho, um motor de seis cilindros em linha, caixa de direção, suspensão independente nas quatro rodas e uma transmissão que, segundo a Lego, é a mais sofisticada já inclusa em um modelo Technic.

A Lego diz que o kit Technic do Land Rover Defender começará a ser vendido no dia 1º de outubro. (DH)

Ativistas do Greenpeace protestam contra SUV no Salão de Frankfurt

Nem só de lançamentos foi feito o Salão de Frankfurt, ativistas do Greenpeace estiveram presente no lado de fora do evento fazendo protesto. A ONG levou uma caminhonete e um balão preto que representa as emissões de CO2 dela. O protesto era pedindo o banimento de SUV e crossovers com motores a combustão, com finalidade de diminuir as emissões de poluentes na atmosfera.

Em declaração a agência Reuters a orgnaizaçao diz que “Enquanto SUV dominam o transporte automotivo no lugar de veículos elétricos pequenos, carros continuarão sendo os filhos problemáticos para nós ativistas climáticos.” Benjamin Stephan, representante do Greepeace, criticou também os veículo híbridos por ainda usarem motores à combustão que emitem gases poluentes. Stephan diz que a pegada de carbono de 2018 excedeu os limites da União Europeia.

Alguns representantes de fabricante responderam, o CEO do grupo Volkswagen, Herbert Diess, declarou que SUV são o que os consumidores querem. Ola Källenius, presidente da Mercedes-Benz, disse que seu fabricante está se eletrificando e a indústria está mudando. O Greenpeace tem outro protesto marcado para o Salão de Frankfurt marcado para o domingo (15). (ER)

Matérias relacionadas

Quais as diferenças entre gasolina comum, aditivada, premium e de alta octanagem?

Leonardo Contesini

Um brasileiro e um Dodge Challenger a caminho do topo de Pikes Peak

Leonardo Contesini

Este carro é a prova de que qualquer motor cai bem ao Chevette

Dalmo Hernandes