FlatOut!
Image default
Lançamentos Zero a 300

Jeep Gladiator: a picape do Wrangler finalmente é revelada – e nós já queremos uma

Depois do Porsche 911 992, este talvez fosse o segundo lançamento mais aguardado do ano: a picape do Jeep Wrangler, batizada Gladiator. Foram alguns meses de flagras e teasers, como de costume, mas isto definitivamente não diminuiu o impacto no momento em que vimos o produto final. Pelo contrário: a Jeep Gladiator é exatamente como esperávamos que fosse. E, contando com o perdão de vocês pela imparcialidade, ficou animal.

Ainda não é assinante do FlatOut? Considere fazê-lo: além de nos ajudar a manter o site e o nosso canal funcionando, você terá acesso a uma série de matérias exclusivas para assinantes – como conteúdos técnicoshistórias de carros e pilotosavaliações e muito mais!

 

A nova geração do Jeep Wrangler, a JL, já nos deixou ansiosos por sua chegada ao Brasil. Com um novo chassi, mais leve e resistente, e visual que ficou ainda mais fiel ao original da década de 1940 sem parecer datado – além de um bem vindo motor turbo, garantindo mais potência e menor consumo de combustível.

Como dissemos mais acima, o estilo da picape não é exatamente uma surpresa, pois imagens oficiais da Gladiator já vazaram há mais de um mês. Por outro lado, todos sabemos que a Jeep não poderia se desviar muito do que vemos nestas fotos, pois boa parte do apelo do Wrangler sempre foi seu estilo tradicional, inspirado no Willys MB original. Além disso, já havia uma boa referência de como deveria ser executada a ideia: o conceito apresentado pela Jeep no Salão de Detroit 2005, feito sobre o Wrangler da geração JK:

autowp.ru_jeep_gladiator_concept_7 autowp.ru_jeep_gladiator_concept_3

Na época, a Jeep declarou que não tinha a intenção de colocar uma picape do Wrangler nas ruas, mas também não descartava a ideia para o futuro. Pois o futuro chegou.

Por questões de praticidade, a princípio a Jeep Gladiator será oferecia apenas com cabine dupla e espaço para cinco pessoas. E, da mesma forma que ocorre no Wrangler, as portas e o teto podem ser completamente removidos, tornando a Gladiator a única picape conversível no mercado atualmente. Uma capota de lona é opcional.

jeep_gladiator_5 jeep_gladiator_rubicon_82_013302cf06ed04ae jeep_gladiator_overland_217_012b00a1084f063e

O chassi, de acordo com a Jeep, é distinto daquele utilizado no Wrangler, porém também é feito com aço de alta resistência. Em relação ao Wrangler de quatro portas, a Gladiator tem entre-eixos 49,3 cm maior e 78,7 cm a mais no comprimento geral, totalizando 3,50 metros de entre-eixos e 5,57 metros de comprimento. De acordo com a Jeep, o entre-eixos mais longo e o fato de o centro da caçamba ficar atrás do eixo traseiro ajudam na distribuição de peso e contribuem para mais conforto ao rodar com a caçamba carregada.

jeep_gladiator_overland_9_0191011b080c0557 jeep_gladiator_rubicon_37_03e7018105020364

A caçamba, aliás, é feita de aço e possui quatro travessas (crossmembers) para reforçar sua estrutura. A capacidade de carga é de até até 725 kg, enquanto a capacidade de reboque é de 3.470 kg. Opcionalmente ela pode vir com uma tomada de energia de 115 volts. A Jeep cita como diferencial o fato de a caçamba ser mais baixas do que em uma picape tradicional. E ela pode ser acessada diretamente do interior quando o teto é removido, o que também pode ser uma mão na roda durante uma trilha. Os banco traseiro é dobrável e, sob ele, há um compartimento com isolamento térmico que pode ser utilizado para guardar objetos ou servir como caixa térmica.

jeep_gladiator_rubicon_89 jeep_gladiator_rubicon_84

O assoalho da picape é protegido por quatro barras de metal e quatro skid plates, a fim de evitar que componentes críticos como o tanque de combustível, a caixa de transferência e o reservatório de óleo do câmbio automático sejam danificados durante as trilhas. A suspensão é do tipo five link na traseira, enquanto a dianteira traz braços um braço de controle lateral e quatro braços longitudinais, todos feitos de aço forjado.

A Jeep Gladiator tem ângulo de ataque de 43,6°, ângulo de transposição de 20,3° e ângulo de saída de 26°. O vão livre do solo é de 28,2 cm, e a capacidade de atravessar terrenos alagados (water fording, em inglês) é de 76 cm.

jeep_gladiator_rubicon_48_0312014606250424

Assim como o Wrangler, a Jeep Gladiator utiliza alguns componentes de alumínio na carroceria – portas, dobradiças (que são externas), molduras dos para-lamas, moldura do para-brisa e a porta da caçamba – como forma de reduzir peso. Para isto também contribui a adoção de barras estabilizadoras ocas, além dos suportes do motor e dos componentes do sistema de direção feitos de alumínio.

jeep_gladiator_overland_68_00dc016908f4060b

A Jeep Gladiator será oferecida em quatro versões: Sport, Sport S, Overland e Rubicon. Apenas fotos da Overland e da Rubicon, voltadas aos adeptos do off-road, foram divulgadas. Inicialmente o único motor disponível é o V6 Pentastar de 3,6 litros a gasolina, com 289 cv e 35,9 mkgf de torque e acoplado a uma caixa manual de seis marchas – a já citada transmissão automática de oito marchas é opcional.

A partir de 2020, como modelo 2021, será oferecido o motor V6 EcoDiesel de três litros, com 263 cv e 61,1 mkgf de torque, sempre com câmbio automático de oito marchas. Não há previsão para a adoção do motor 2.0 turbo a gasolina de 271 cv disponível no Wrangler.

jeep_gladiator_overland_2_008e022607ae053b jeep_gladiator_overland_14_040a0325048c035c

O sistema de tração integral é o Command-Trac nas versões Sport, Sport S e Overland, com uma caixa de transferência de duas velocidades e relação de reduzida de 2,72:1, além de um diferencial Dana 44 de terceira geração nas dianteira e na traseira, com relação final de 3,73:1 no eixo traseiro. Já o modelo Rubicon, apto a encarar as trilhas mais severas, usa o sistema Rock-Track, com relação final de diferencial de 4:1 nos dois eixos e autoblocante Tru-Lok.

Ficou interessado? Nós também. Pois saiba que é possível que a Gladiator seja oferecida no Brasil, embora ainda seja cedo para falar em datas e preços. Nos EUA, a picape será fabricada em Toledo, Ohio e tem data marcada para estrear: o segundo semestre de 2019, já como modelo 2020 – o que significa que, caso seja vendida por aqui, certamente teremos de esperar um pouco mais. Por fim também especula-se que a Gladiator poderá servir como base para futuras picapes médias da Ram e da Fiat.

jeep_gladiator_rubicon_67_018901a0080c05722020 Jeep® Gladiator Rubiconjeep_gladiator_rubicon_469_0123025d06540434 jeep_gladiator_rubicon_9 jeep_gladiator_69_00c500370a33078c

 

Matérias relacionadas

Nissan lança GT-R Track Edition, Ford GT biturbo quebra recorde de velocidade, a nova limo de Vladimir Putin e mais!

Leonardo Contesini

Kawasaki Ninja H2R chega aos 400 km/h, Renault Alaskan será vendida no Brasil, Mercedes SL e SLC AMG chegam ao país e mais!

Leonardo Contesini

As novidades do novo programa de Clarkson, Hammond e May, vendas de carros caem 20%, Jeep Renegade ganha versão básica e mais!

Leonardo Contesini